Como trabalhar com o Marketing de Influência

marketingdeinfluencia.jpg

Com as mudanças no comportamento do consumidor, que fica cada vez mais online e não confia mais na  publicidade tradicional, as empresas estão encontrando novas formas de promover e divulgar seus produtos e serviços e se destacar no mercado.

E uma dessas formas é por meio do marketing de influência ou, em inglês, influencer marketing, que nada mais é do que usar o poder de influência de pessoas que já são referência na internet em uma área ou segmento para que elas compartilhem com os seus milhares de seguidores suas experiências e informações sobre uma determinada marca.

Por que adotar essa estratégia?

De acordo com a revista Entrepreneur, existem cinco motivos para as marcas implementarem o marketing de influência:

1.       Enfraquecimento da publicidade tradicional;

2.       Crescimento na adoção desse tipo de estratégia pelas empresas;

3.       Aproximadamente 92% dos consumidores acreditam mais nas recomendações de outros indivíduos do que das próprias marcas;

4.       Segundo uma pesquisa realizada pela Nielsen Catalina Solutions, o conteúdo gerado pelos influenciadores digitais gera 11 vezes mais resultados do que as campanhas tradicionais;

5.       Os produtos são divulgados e promovidos onde o seu público-alvo se encontra, uma vez que 74% dessas pessoas considera as redes sociais decisivas na hora de tomar uma decisão de compra.

Como trabalhar com o Marketing de Influência

Para implementar o marketing de influência na sua empresa é preciso se planejar e passar por diversas etapas, como mapeamento, contratação, ativação do influenciador digital e análise de resultados. Além disso, é muito importante ter bem definido o objetivo dessa campanha e quem é o público-alvo que se deseja atingir.

1.      Encontre um influenciador que combine com a sua marca (mapeamento)

Com o objetivo e o público bem definidos, é hora de encontrar um influenciador que combine com a sua marca. O ideal é fazer um mapeamento dos influenciadores que podem representar sua marca, que se enquadram em seu segmento e área de atuação e se comunicam com os consumidores que deseja atingir.

Para conseguir encontra-los existe plataformas e agências que disponibilizam uma base de dados com todos os influenciadores digitais do mercado e que contam também com métricas de engajamento e performance para que você acerte em sua escolha.

É preciso sempre optar por influencers que tenham um estilo de comunicação simples e direta, e que além de tudo produzam um conteúdo de qualidade, eficaz e autêntico para conseguir o engajamento esperado.

Outra dica é não levar em consideração se esse influenciador é consagrado nacionalmente ou mundialmente, pois existem diversos micro influenciadores locais e referências em seu segmento ou área que poderão ajudar a alcançar o resultado esperado de uma forma muito mais fácil, barata e rápida.

2.      Contrate o influenciador digital

Após selecionar os melhores influenciadores para divulgar sua marca, é o momento de contata-los. Caso você tenha escolhido alguém que não esteja utilizando os serviços de uma agência, esse contato deve ser feito de forma direta com esse influenciador ou assessoria.

É essencial se comunicar com o influenciador de fora clara, para explicar quais são os principais aspectos relacionados às atividades quanto o desenvolvimento do conteúdo, pagamento e resultados. Afinal, ele será a pessoa que irá criar o conteúdo para sua empresa, por isso é importante dar esse direcionamento e explicar o que pode e o que não pode ser feito, e o que deve e não deve ser feito para evitar possíveis prejuízos a sua marca.

Entretanto, o influenciador precisará ter a liberdade de criar esse conteúdo seguindo as suas exigências, porém da maneira que melhor servir para sua audiência. Sendo assim, evitará ruídos de comunicação, retrabalhos e frustações com os resultados finais.

3.      Ativação do influenciador digital

Agora o próximo passo é a ativação do influenciador, onde será feito de forma organizada um mapeamento e planejamento das ações a serem realizadas, assim como: timing da ação (datas das campanhas), alinhamento de todos os influenciadores contratados e o envio do pagamento para cada um deles.

Após tomada essas decisões é hora de iniciar a sua campanha, seguindo o planejamento realizado. Esse monitoramento serve para que você tenha um panorama de tudo que está dando certo e errado nessa ação e o comprometimento dos influenciadores para com a sua marca.

4.      Análise de resultados

Por fim, chegou a hora de analisar os resultados obtidos pela sua campanha. É muito importante mensurar os resultados alcançados, seja por meio das campanhas de branding, onde o intuito é conseguir mais exposição ou em campanhas de performance, medindo as vendas e os impactos causados pela ação.

O ideal é sempre acompanhar o antes e depois dessa campanha para entender a fundo os resultados e a influência desse tipo de estratégia, para compreender se a implementação do marketing de influência ajudou realmente no crescimento e na divulgação de sua marca.

Para acompanhar esses resultados e saber se está dando certo, você deve se basear em algumas métricas, como:

·         O número de visualizações em seu website;

·         O número de pessoas que visitaram o seu site por meio do trabalho do influenciador digital;

·         Brand buzz nas mídias sociais;

·         O alcance das publicações dos influenciadores;

·         Vendas online.

Para mensurar quem foram os visitantes que acessaram o seu site por meio dos influenciadores, você deve utilizar um pixel de trackeamento e/ou URLs parametrizadas. No caso das campanhas para e-commerces o ideal é disponibilizar cupons de descontos personalizados para esses influenciadores, pois com ele você conseguirá saber quantas vendas foram realizadas por cada um.

Com todas essas informações você conseguirá analisar todos os resultados e ter uma base caso precise mudar de estratégia. Sempre construa sua campanha em cima do que já fez e deu certo, assim você conseguirá evoluir constantemente.

6 Benefícios do marketing de influência

·         Cria confiança na marca;

·         Atinge o público de maneira efetiva e muito mais assertiva;

·         Aumenta o poder de alcance da marca;

·         Melhora a percepção da marca;

·         Influencia da decisão de compra do consumidor;

·         Enriquece a sua presença digital.

Quer saber mais como usar o Marketing de Influência para divulgar sua marca? Mande um e-mail para suporte@prdigital.com.br!

E-mail marketing: como essa estratégia ainda funciona em 2018

emailmarketing.jpg

Parte da estratégia de marketing digital, o e-mail marketing já é utilizando há muito tempo pelas empresas, a fim de atrair novos leads qualificados, construir um relacionamento com eles, para então conseguir vender para esse público.

Mas afinal uma estratégia de e-mail marketing ainda funciona em 2018? Sim! Desde que ela seja feita da forma correta e bem estruturada, ela é uma poderosa ferramenta de vendas.

Por muito tempo, o e-mail marketing foi confundido com o famoso SPAM. Mas uma verdadeira estratégia de e-mail marketing não tem nada a ver com essa forma invasiva de publicidade. Hoje em dia, existem técnicas, estratégias e ferramentas para que essa comunicação passe bem longe do SPAM.

É preciso entender que a utilização do e-mail marketing tem uma série de vantagens para as empresas, como uma excelente forma para captar dados como endereços de e-mail/leads e aumentar o relacionamento com seu consumidor. Além disso, existem outros benefícios em usar essa ferramenta, tais como

  • Maior alcance;

  • Formato flexível;

  • Baixo custo de investimento;

  • Aumento nas vendas;

  • Traz maior valor para a empresa;

  • Maior retenção de clientes;

  • Acompanhamento de resultados.

Antes de elaborar uma boa estratégia baseada no email marketing, é imprescindível saber quais são os diferentes tipos de email que a sua empresa pode enviar.

  • Atualização do blog: tem o intuito de anunciar para seus clientes novos conteúdos e postagens novas em seu blog;

  • Newsletter: tem como principal objetivo enviar para as pessoas atualizações mensais ou semanais de notícias, postagens e divulgar promoções em sua página ou blog;

  • Nutrição de leads: serve para nutrir os seus antigos contatos, por meio do envio de conteúdos relevantes e segmentados.

Entretanto, para enviar um email marketing assertivo e que irá despertar interesse nesses consumidores, é preciso saber quem é o seu público-alvo, saber quais são seus interesses, usar a linguagem certa e que não seja invasiva, fazer algo personalizado e criativo, planejar-se e ter certeza do que está oferecendo.

Além disso, é preciso saber como se comunicar e como escrever um email marketing da melhor forma possível para atingir e captar esses clientes, os levando até o seu negócio.

Crie conteúdos curtos e objetivos

Diversos estudos realizaram mostraram que a cada dia a atenção das pessoas está cada vez menor, chegando a 8 segundos nos dias de hoje. Com isso, enviar um email marketing com um texto curto é a melhor forma para atingir esses consumidores.

Uma dica antes de enviá-lo é muito importante revisá-lo e fazer as alterações que forem necessárias para que chegue até o seu cliente de forma clara e objetiva.

Utilize o tom de voz correto

Conhecer o seu público-alvo é fundamental para que o conteúdo enviado tenha a linguagem correta. Por isso, saber quem são os seus clientes  é determinante para saber o tom de voz que deve utilizar, a fim de evitar possíveis gírias, expressões e jargões inadequados.

Principais ferramentas de automação para envio de email marketing

Hoje existem diversas ferramentas de automação para envio de email marketing. Elas são desenvolvidas para facilitar e melhorar o desempenho dos processos, para que as empresas alcancem com  maior facilidade o seu clientes e criar uma relação mais próxima com eles. Confira abaixo algumas das principais ferramentas:

Aweber: bastante simples de ser usada, ela possui ótimos resultados e permite que as empresas criem campanhas de email marketing, além de ter auto-responders, disponibilizar métricas e resultados, formulários e templates;

MailChimp: auxilia nos primeiros passos das campanhas de email marketing;

E-Goi: ferramenta que possui plano gratuito e planos com envio de email marketing ilimitados, mensais e mensagens pré-pagas ideais para divulgação do seu negócio;

ActiveCampaing: a Active Campaing possui diversos planos onde será possível criar envios automáticos de email marketing. Além disso, terá disponíveis diversas ferramentas para criar diversas estratégias e configurações personalizadas.






 

Como Atrair Leads Qualificados por meio das Mídias Sociais

IMG_1576.JPG

Hoje em dia atrair leads qualificados, ou seja, potenciais clientes para seus produtos ou serviços, é essencial para qualquer estratégia de negócios. 

Sendo assim,  separamos algumas dicas importantes para sua empresa conseguir atrair leads qualificados para seu negócio por meio das mídias sociais. Confira!

1. Defina sua persona

Antes de qualquer coisa o mais importante é definir a persona do seu negócio, para então conseguir elaborar estratégia de marketing digital assertiva e realmente eficaz.

Saiba quem são seus potenciais consumidores, o que eles gostam e quais conteúdos são de seu interesse, para que assim seja possível focar em ações voltadas ao interesse dessas pessoas.

2. Escolha a melhor rede social para o seu negócio

Após a definição do público-alvo, é imprescindível escolher a melhor rede social para o seu negócio. Para que isso seja possível, faça uma pesquisa para saber onde o seu público está, para então elaborar a melhor campanha para geração de leads.

3. Crie e compartilhe conteúdos relevantes

Para conseguir ter uma boa conversão de leads em suas redes sociais, outro item muito importante é a criação de conteúdo relevante. Não basta postar qualquer coisa e esquecer de criar conteúdos que realmente interessam o seu público-alvo.

Mostre que você entende do assunto e é perito naquilo que está falando. Não esqueça de fazer uma pesquisa para saber o que interessa ou não aos seus seguidores, para que assim seja possível aumentar a audiência da sua página e os leads.

Como aumentar os leads?

Depois de seguir esses passos, agora é preciso transformar os seus seguidores em leads qualificados para sua empresa. Um dos recursos mais utilizados para conversão de leads é o direcionamento de leads pelos links, já que eles conseguem direcionar essas pessoas para seu site, landing page, blog e páginas com formulários, a fim de conseguir informações básicas como e-mail, nome e telefone.

Por isso, as redes sociais são uma das melhores ferramentas para atrair esses potenciais clientes para sua empresa. Invista em bons conteúdos, ações e compartilhe links e matérias interessantes que despertem a atenção dos seus seguidores.

Como utilizar cada rede social para atrair lead qualificados

1. Facebook

O Facebook é extremamente importante para as marcas que desejam gerar leads qualificados. Isso porque, muitas das pessoas estão dentro deste canal e ele permite que seja feita uma segmentação, direcionando serviços e produtos apenas para aquelas pessoas que tem interesse naquilo que está oferecendo.

Existem 3 formas de utilizar o Facebook para atração de lead, confira:

  • Grupos segmentados no Facebook: são importantes, pois é uma fonte gratuita de interação, pode ser segmentada e torna mais fácil o direcionamento e elaboração de conteúdo;

  • Facebook Ads/Remarketing: Por meio do Face Ads é possível encontrar de forma rápida e fácil o seu público-alvo, auxiliando a alavancar e aumentar a audiência da sua página, e consequentemente na captação de leads;

  • Postagens: mesmo perdendo sua força nos últimos tempos, as postagens ainda conseguem ser uma ferramenta preciosa para geração de leads, afinal é possível se aproximar e conversar com o seu seguidores. Compartilhe conteúdos relevantes e links que façam com que eles sejam direcionadas a uma landing page.

2. Instagram

Direcionado para publicação de imagens e vídeos, o Instagram recentemente abriu espaço para que as empresas utilizem a plataforma e consigam criar anúncios pagos, assim como a inserção de links para direcionamento para landing pages, blogs e sites. Isso, com certeza, está auxiliando na atração e geração de leads qualificados e realmente interessantes para as marcas.

3. LinkedIn

Uma das principais ferramentas de B2B e direcionada para interesses profissionais, o LinkedIn pode ser um ótimo canal para geração e atração de leads. Bem parecido com o Facebook, por meio dele é possível criar um perfil pessoal e uma fanpage sa sua empresa, além de conseguir compartilhar conteúdos interessantes que irão chamar a atenção dos seus seguidores.

Pelo LinkedIn, também existem 2 formas de atrair leads:

  • Grupos: com os grupos de profissionais, você consegue compartilhar conteúdos relevantes ao seu público-alvo e direcioná-los para uma landing page, site ou blog. Com isso, será possível gerar leads qualificados, com um baixo custo;

  • LinkedIn Ads: Com esse recurso é possível utilizar 2 formas de anúncios para geração de lead. A primeira são as postagens patrocinadas focadas na segmentação de mercado B2B e a segunda são os anúncios segmentados mais focados em venda , direcionando seus seguidores para o seu site. O único problema é que o CPC mínimo da plataforma é de 2 dólares.

Gostou das dicas? E sua marca, tem uma estratégia para atrair mais leads qualificados para seu negócio? Comente abaixo.


 

 

 

Como criar anúncios para seu e-commerce

bloguettes-stockthatrocks-office-5.jpg

O mercado publicitário online vem se tornando uma das principais ferramentas para os e-commerces nos dias de hoje. Essa mudança segue as novas tendências do mercado trazidas pela internet, assim como melhora nas oportunidades de otimização dos investimentos, segmentações mais assertivas, maior transparência e maior proximidade com o público-alvo.

No entanto nem todas os e-commerces sabem hoje como otimizar suas campanhas de mídia e quais os tipos de anúncios mais eficazes. Por isso, separamos algumas dicas importantes. Confira!

Principais tipos e anúncios para e-commerce

1. Google Adwords

A plataforma de publicidade do Google pode ser separada basicamente em duas modalidades de compra de anúncio. São elas:

·         Rede de pesquisa: modalidade de compra que será exibida ao usuário nos resultados de sua pesquisa no Google. Esse tipo de estratégia é fundamental, pois possui uma alta relevância, impactando o cliente quando ele for buscar por um determinado produto ou serviço;

·         Rede display: modalidade de compra que serão exibidos em milhões de sites parceiros do Google. Com essa estratégia é possível inserir imagens nos anúncios e ser encontrado pelos clientes interessados em um determinado tema no qual a loja está presente e inserida.

2. Facebook Ads

Nessa modalidade, os anúncios serão exibidos ao público-alvo quando ele acessar seu perfil, podendo ser exibido no feed de notícias, na barra lateral direita, no messenger, entre outras diversas opções. Essa ferramenta de anúncios é muito importante para sua empresa, pois é possível inserir imagens e segmentar seus anúncios conforme o perfil do seu público-alvo.

3. Instagram Ads

Os anúncios no Instagram  podem ser feitos  por meio de imagens, fotos e vídeos e são exibidos quando a pessoa visualiza seu feed ou nos Stories.  Com essa estratégia a empresa consegue segmentar os anúncios conforme o perfil do público, assim como o Facebook.

Como criar um anúncio para e-commerce eficiente

1. Aposte em boas imagens

Criar anúncios com boas imagens é fundamental para conseguir atingir e alcançar o seu público-alvo. Escolha aquela que passa realmente as características dos produtos e serviços oferecidos, seguindo sempre a identidade visual da marca.

O ideal é que as imagens sejam atraentes e chamem a atenção das pessoas para que elas cliquem no seu anúncio. Além disso, é importante utilizar imagens próprias ou de sites especializados para não tropeçar e se prejudicar com os direitos autorais.

2. Crie conteúdos de qualidade

O ponto chave de um bom anúncio, além das imagens, é o conteúdo. Ele deve ser chamativo e ser diferenciado, contendo poucos caracteres, para não prejudicar o seu engajamento e o alcance.

É preciso entender que o texto é muito importante em caso de anúncios do Google Adwords em rede de pesquisa, afinal eles são o único elemento do seu anúncio. Vá sempre direto ao ponto e fale sobre os benefícios que o seu produto ou serviço apresenta, fazendo isso por meio de uma promoção, desconto ou solução de um problema.

3. Segmente seus anúncios

A segmentação do anúncio deve ser feita para atingir e alcançar os clientes que realmente estão interessados pelos seus produtos e serviços. Só assim ele será direcionado corretamente para o seu público-alvo, tornando sua campanha mais assertiva e aumentando as chances de conversão.

4. Acompanhe as métricas e resultados

Uma das principais vantagens das mídias online é que você tem a possibilidade de mensurar os resultados obtidos pela sua empresa. Por isso, é imprescindível analisar com muito cuidado todas as ações que foram realizados para que assim seja possível identificar as melhores plataformas para anunciar.

E sua empresa, já investiu em anúncios online? Conte sua experiência para nós!

5 dicas de Mídias Sociais para o setor de TI

bloguettes-stockthatrocks-office-00151.jpg

Não há dúvida de que as mídias sociais são as melhores ferramentas hoje em dia para a divulgação de uma marca. Por meio dessas plataformas é possível trocar informações e se conectar ainda mais com seu público-alvo, além de melhorar a segmentação do público, gerar mais tráfego para os sites e leads qualificados e ter um menor custo de divulgação do que as mídias tradicionais.  

Com tamanho alcance, diversos setores vêm utilizando as mídias sociais para suas estratégias de marketing digital e para melhorar e aproximar o seu relacionamento com os clientes, assim como o setor de TI. Mas, muitas empresas ainda não sabem como usar esses canais e se perguntam quais são as plataformas mais indicadas e como utilizá-las da melhor forma possível.

Para ajuda-los nesse processo, separamos abaixo algumas dicas de mídias sociais para o setor de TI. Confira!

5 dicas de mídias sociais para o setor de TI

1. Tenha um blog

Os blogs são ideais para ter uma comunicação mais direta entre empresa e cliente. Porém, para que ele consiga ter um engajamento é preciso que o conteúdo seja educativo e relevante ao seu público-alvo.

O setor de TI possui um público com um perfil mais tecnológico, por isso é interessante criar um blog que contenha um conteúdo voltado para o mercado, novidades, ideias e inovações, de modo a conseguir transmitir aos clientes potenciais os serviços oferecidos.

2. Crie um canal no Youtube

Como os vídeos estão em crescente ascensão entre as pessoas, criar um canal do Youtube é uma ótima opção para o setor de TI, uma vez que essa plataforma é considerada uma grande vitrine de mercado.

Por meio do Youtube, é possível ganhar maior visibilidade no mercado, credibilidade, ser reconhecido como autoridade dentro do setor e produzir valor para a audiência com conteúdos de qualidade. Por isso, invista em vídeos com conteúdos focados em sua área de atuação e que chamem a atenção de seu público para conseguir ter ainda mais audiência a respeito de seu segmento.

O ideal é que essa plataforma esteja em suas estratégias de marketing digital e em seus planos e projetos.

3. Crie uma Página no Facebook

Com um pouco mais de 2 bilhões de usuários em todo o mundo, o Facebook se tornou uma das principais ferramentas de divulgação das empresas. Por meio desse canal as empresas conseguem criar suas próprias páginas de negócios, produtos e serviços, além de conseguirem se conectar ainda mais com seus clientes potenciais.

Para o setor de TI o Facebook é a mídia social ideal, pois com ela é possível interligar suas outras mídias sociais, mostrando os conteúdos e vídeos disponíveis em seu site, blog ou canal no Youtube.

4. Faça uma página da empresa no LinkedIn

Uma das maiores redes profissionais de todo o mundo, o LinkedIn é extremamente importante para todos os setores. Dentro dessa plataforma é possível aproximar profissionais, recrutadores e empresas e promover um networking voltado o mercado de trabalho.

As oportunidades existentes dentro do LinkedIn são enormes, e pelo que tudo indica, as chances de aproximação e interação entre os profissionais presentes no canal tendem a crescer ainda mais em nesse ano que se inicia.

5. Não esqueça do WhatsApp Business

Por ser um canal de comunicação muito rápido, o WhatsApp é ideal para criar uma conexão mais rápida entre você, os seus clientes e parceiros. Recentemente foi lançado o WhatsApp Business, aplicativo ainda melhor para os profissionais do setor de TI e outros segmentos.

Com ele, fica ainda mais fácil a interação entre os clientes, fornecendo diversos benefícios para as empresas, assim como: respostas mais rápidas, mensagem automatizadas, perfil comercial e estatísticas de fluxo de mensagens.

O WhatsApp Business ainda pode ser uma ótima oportunidade para melhorar a sua estratégia de marketing digital, pois ele vem com diversas funcionalidades que ajudarão em sua aproximação e fidelização de seus clientes potenciais.

Trabalho no setor de TI? Comente abaixo a experiência da sua empresa nas mídias sociais! Caso precise de ajuda para montar sua estratégia de marketing digital, mande um e-mail para nós: suporte@prdigital.com.br!

 

 

Como usar o Pinterest para levar tráfego para seu blog

pinterestmarketing.jpg

Pouco explorado pelas empresas, profissionais autônomos e empresários, o Pinterest vem crescendo aos poucos aqui no Brasil. Criada em 2010, a rede social conseguiu em 2015 atingir a marca de 100 milhões de usuários ativos por mês e com um crescimento anual de 80%.

Normalmente o Pinterest é utilizado pelas pessoas para pegar referências e dicas por meio de imagens de decoração, culinária e para planejar compras e viagens. Porém, o que poucos sabem é que o Pinterest pode ser o principal de meio de levar o tráfego de seu blog ou site.

Dentro do Pinterest você pode incluir suas próprias imagens como infográficos, fotos e tutoriais sobre os conteúdos disponibilizados em seu blog. Para que você consiga levar tráfego para sua página, separamos abaixo algumas dicas para ajuda-lo nesse processo.

6 dicas como usar o Pinterest para levar tráfego para seu blog

1. Invista em imagens otimizadas para SEO

Para que sua imagem se destaque na rede social, o ideal é que seja implementada uma pequena descrição para que as fotos sejam otimizadas. Use sempre uma linguagem natural e simples para descrever o seu conteúdo e para fazer suas pesquisas.

Outra dica muito importante é não esquecer de acrescentar palavras-chaves em suas descrições, pois só assim os usuários conseguiram te encontrar e serem direcionados ao seu blog.

2. Redirecione os seus usuários para o seu Blog

Um dos principais erros cometidos pelas empresas quanto a utilização do Pinterest é deixar de preencher o Source do pin com o endereço do seu blog para o redirecionamento do usuário para sua página.

Sem essa função você perderá todo o tráfego e as visitas que aquela função poderia trazer para o seu blog. Coloque sempre um lembrete para que na hora que for subir o conteúdo e a imagem você acrescente o pin para que o usuário redirecionado corretamente.  

3. Veja o que os seus seguidores têm a dizer sobre sua marca

O Pinterest disponibiliza uma função onde é possível descobrir quais são os conteúdos postado por você mais pinados pelos usuários. Assim, você saberá o que o público está falando sobre o seu blog e conseguirá fazer mudanças para engajar ainda mais sua página.

Esta, com certeza, é uma forma de ouvir seus usuários e assim conseguir entender quais são os assuntos que mais interessam o seu público-alvo.

4. Faça postagens regularmente

O ideal é postar imagens regularmente em sua conta empresarial, pois o algoritmo do Pinterest leva em conta se você está realmente ativo na rede social. De acordo com uma pesquisa realizada pela Quinty, os usuários do Pinterest fazem cerca de 18 pins por dia, o que torna fundamental colocar sua marca dentro dessa plataforma.

Tente passar diariamente cerca de 10 a 15 minutos desenvolvendo pins e interagindo com os outros usuários presentes do Pinterest, assim você conseguirá levar mais tráfego para seu blog.

4. Incorpore o botão Salvar no seu Blog

Se o seu objetivo é levar tráfego até sua página, o melhor a ser feito é estimular o compartilhamento de seus conteúdos e fotos dentro da rede social. Por isso, é bastante interessante adicionar o botão Salvar em seu Pinterest.

Esse botão ficará do lado esquerdo nas imagens do seu blog e funcionará como um marketing boca a boca. Com certeza, essa é a melhor forma de saber se o seu público está gostando ou não do conteúdo publicado por você.

6. Siga pessoas e marcas influentes no mercado

Para criar maior interação e tráfego, é essencial seguir pessoas e marcas influentes no mercado, e compartilhar os seus conteúdos publicados. Assim, você conseguirá atrair um número maior de usuários interessados no que você está postando em seu Pinterest.

A plataforma possui uma função onde te mostra algumas sugestões de pessoas e marcas semelhantes à sua para você seguir. Uma dica importante é ter uma interação maior com os perfis que você segue para que eles também compartilhem os conteúdos do seu blog.

Dica Importante: Não esqueça de incluir o Pinterest Analytics em sua estratégia, pois essa ferramenta é extremamente importante para você saber se a linha que está seguindo está ou não dando certo. Além disso, ele te dará métricas do alcance e do crescimento da sua página, para que assim você consiga fazer as melhorias necessárias em seu blog e disponibilizar para seus usuários conteúdos relevantes.

Para você que deseja migrar sua conta pessoal para uma conta empresarial, basta acessar o link e clicar em “Convert Now”.

E você, já utiliza o Pinterest para sua marca? Comente abaixo o que acha dessa rede social.

5 Tendências de Mídias Sociais para 2018

5tendenciasmidiassociais2018.jpg

Imaginando quais são as tendências de mídias sociais para 2018?  

Enquanto em 2017 o mercado de mídias sociais girou em torno dos live streaming de vídeos, chatbots, realidade virtual e aumentada, aumento do conteúdo personalizado e maior utilização de influenciadores sociais, 2018 já mostra que terá algumas tendências fortes.

Aqui vão as 5 principais tendências para este ano.

5 Tendências de Mídias Sociais para 2018

1. Utilização das Mídias Sociais como ferramenta de busca

Com o crescente uso das mídias sociais em todo o mundo, a busca dentro desses canais está ganhando força e promete se estabelecer neste ano. Um bom exemplo dessa consolidação foi a mudança feita no feed de pesquisa do Google, que torna os resultados obtidos mais interativos e dinâmicos, aproximando-se ainda mais das redes sociais.

2. Aplicativos de mensagens em alta

Hoje mais de 2 bilhões de pessoas utilizam algum tipo de aplicativo de mensagem para se comunicar assim como o Whatsapp, Messenger e Kik. Por isso em 2018, as empresas e marcas presentes no mercado precisam se posicionar e desenvolver novas formas de se comunicar e alcançar esse público.

Mesmo ainda sendo um desafio para as marcas saber como utilizar esse tipo de aplicativo, uma vez que eles são vistos pelos usuários como algo particular, este ano o Messenger do Facebook, disponibilizará um suporte para a comunicação entre empresa e cliente, o que facilitará ainda mais essa interação.

3. Aumento no uso dos Stories do Instagram

Não tem como falar de mídias sociais e não citar os Stories do Instagram. Essa plataforma superou o Snapchat, precursor da ideia, com mais de 20 milhões de visualizações diárias onde os usuários divulgam vídeos curtos que somem após 24 horas.

Desta forma, é essencial que as empresas comecem a pensar em novas estratégias dentro desse canal, para divulgar sua marca para esse público. O ideal é criar vídeos criativos e com hashtag que contenham palavras-chaves relevantes para que sua mensagem chegue até o seu público-alvo.

4. Atente-se a geração Z

A geração Z está dominando as mídias sociais e esses usuários são extremamente importantes para o sucesso das empresas, pois 80% de suas compras são influenciadas pelo que encontram e veem nesses canais. Isso facilita muito mais a difusão de informações de um determinado produto ou serviço, afinal é através desse público que as marcas se tornam conhecidas no mercado.

5. Destaque ainda maior para os conteúdos audiovisuais

Os conteúdos audiovisuais estão em crescente ascensão desde o ano passado, porém em 2018 eles terão ainda mais destaque.

Hoje é impossível entrar nas redes sociais e não ver diversos vídeos. Segundo uma pesquisa realizada pelo Cisco, em 4 anos, 80% de todo o tráfego na internet será gerado apenas pelos conteúdos audiovisuais, o que facilitará a vida das marcas. Porém, para se destacar é fundamental pensar fora da caixinha e se diferenciar da concorrência para chegar até o cliente potencial e chamar a sua atenção para que ele queira realmente adquirir seus serviços e produtos.

2018 está se mostrando como um grande ano para as Mídias Sociais, em especial para o Instagram Stories. E estamos super animadas para saber quais as próximas novidades do Instagram e vocês?

 

 

 

5 Dicas para você gerenciar várias contas nas mídias sociais

ferramentasgerenciarmidiassociais.jpg

Como estamos vivendo em uma era totalmente online,  é fundamental que as empresas estejam presentes nas mídias sociais para criar um vínculo eficaz com seu público.

Contudo, nem sempre fácil atualizar todas as redes sociais ao mesmo tempo de forma otimizada, eficiente e organizada. Por isso, os profissionais de marketing adotam ferramentas, planos estratégicos, relatórios com métricas, etc.

E ajudar você a otimizar seu trabalho de atualizar suas redes sociais, vamos compartilhar algumas ferramentas que usamos aqui na PR Digital e que os profissionais de marketing digital utilizam para gerenciar vários canais sociais ao mesmo tempo.

5 Dicas para gerenciar várias contas nas mídias sociais

1. Crie uma estratégia para sua empresa

Um dos primeiros passos para o gerenciamento de suas mídias sociais é a criação de uma estratégia para sua empresa, pois somente a partir dela você conseguirá planejar seus conteúdos e postagens de forma adequada.

Para isso, é preciso definir sua persona, saber quem são os seus clientes potenciais, quais são seus hábitos, dúvidas e desejos diante dos produtos e serviços oferecidos pela sua empresa. Tendo essas informações, você poderá criar postagens que interessarão seu público, promover engajamento e gerar um tráfego maior para seus canais.

Entretanto, você precisará sempre ficar atento as características de cada mídia social, pois elas possuem formatos, linguagens e dinâmicas de postagens que se diferenciam uma das outras. Por isso, sempre adapte os seus conteúdos a cada plataforma digital, de forma a atrair o interesse do público.

2. Tenha sempre um calendário de postagens

Ter um calendário de postagens é extremamente importante para o gerenciamento de suas contas nas mídias sociais, pois ele resultará em uma maior economia de tempo. Por meio desse recurso, você organizará a quantidade e quais postagens irão ao ar por dia, semana e até ao mês, além de mostrar quais são os melhores horários para colocar cada postagem. Você também conseguirá por meio desse calendário planejar com antecedência algumas ações promocionais ou datar comemorativas, sem perder nenhum prazo para promover e divulgar seus produtos e serviços.

Para que você consiga organizar adequadamente o seu calendário de postagens, é preciso listar todas as mídias sociais ativas, anotar a frequência de postagens de cada uma delas e começar a desenvolver e organizar seus conteúdos. Só assim, será possível ter tudo planejado e bem organizado dentro de suas plataformas.

3. Determine um fluxo de trabalho

Um dos principais problemas das empresas em gerenciar várias contas ao mesmo tempo é manter todas atualizadas. Afinal, cada mídia social tem seu próprio estilo e característica e se você não souber como fazer a gestão de cada uma delas, isso pode se tornar um problema.

Para ter um fluxo de trabalho eficiente, utilize ferramentas que auxiliem nesse processo. Uma delas é o Trello, ferramenta gratuita fundamental no gerenciamento de fluxo de trabalho, armazenagem de informações e comunicação com clientes. Dentro dessa plataforma, é possível criar listas de tarefas e atribuir trabalhos ou relatórios para cada um de seus canais.

4. Otimize seu trabalho utilizando ferramentas de gestão para mídias sociais

Para ajudar no gerenciamento de suas várias contas, existem diversas ferramentas que facilitam o seu trabalho ao administrar suas contas nas mídias sociais. Veja abaixo as principais:

Hootsuite

Plataforma que permite gerenciar várias contas em um só lugar. Ela que possibilita que você agende, publique e apague postagens, além de poder acompanhar o feed e as mensagens de suas mídias sociais. Ele também conta com outras funcionalidades para que você efetue análises e mensure os seus resultados.

Feedient

Por meio dessa ferramenta você conseguirá gerenciar seus perfis por apenas uma página. Porém, não são tantas opções como o Hootsuite, pois em algumas você poderá postar e em outras apenas observar os feeds de notícias.

SumAll

Exclusiva para mensurar resultados nas redes sociais, como engajamento, curtidas, comentários e crescimento dos perfis, o SumAll permite que você otimize seu tempo na hora de desenvolver relatórios, uma vez que a ferramenta exporta todos os documentos em PDF.

5. Busque e mantenha a eficiência e a produtividade dos canais

Ao manter sua organização e utilizar essas ferramentas para auxiliar no seu gerenciamento de mídias sociais, você conseguirá zelar pela eficiência do seu trabalho. Isso porque será possível garantir uma frequência de publicações e postagens para mostrar aos seus usuários que você está presente regulamente dentro desses canais. Além disso, você dará sequência à sua estratégia de marketing digital do jeito que planejou no começo, sem perder sua produtividade.

E você, utiliza alguma ferramenta para gerenciar suas mídias sociais? Se sim, comente abaixo qual você usa e como ela ajuda você.

 

 

 

Como usar o Google Adwords – Dicas Básicas

anunciosgoogleadwords.jpg

Hoje estar bem posicionado na busca orgânica do Google é essencial para qualquer empresa. Mas, no caso do site ainda não está nos primeiros lugares no mecanismo de busca, você pode avaliar trabalhar com os links patrocinados do Google, o Google Adwords.

O Google Adwords é a plataforma de publicidade do Google, onde os usuários conseguem criar campanhas de anúncios que serão exibidos quando alguém fizer algum tipo de busca usando as palavras-chave escolhidas para os anúncios aparecerem.

Normalmente esses anúncios são exibidos acima e abaixo dos resultados de pesquisas orgânicas e estão diretamente ligados às palavras-chave utilizadas neste tipo de busca. Dentro dessa plataforma, o usuário ainda consegue encontrar outros formatos de anúncios, assim como banners e vídeos, que auxiliam as empresas para que suas campanhas tenham resultados positivos.

Hoje em dia o Google Adwords é uma incrível opção para que as empresas divulguem o seu negócio, produto ou serviço de uma maneira direcionada, segmentada e também mensurável. Além disso, ele oferece diferentes formas de segmentação para exibição do seu anúncio, assim como:

·         Palavras-chave;

·         Por tópicos e canais;

·         Público-alvo;

·         Local de exibição do anúncio;

·         Idade, local e idioma;

·         Programação (dias, horários e frequência);

·         Por dispositivos.

Para que você consiga usar da melhor forma possível o Google Adwords, separamos algumas dicas básicas. Confira abaixo as principais!

Dicas para usar o Google Adwords

·         O primeiro passo é criar uma conta. Caso já tenha cadastro no Google é só colocar login e senha;

·         Após isso, é preciso escolher uma forma de investimento. O adwords disponibiliza dois modelos o CPC (Custo por clique), onde você define o valor a ser pago por cada clique dado no anúncio ou o CPM (Custo por mil impressões), onde o pagamento é feito pelo número de exibições do anúncio. A escolha deve ser baseada no estilo de campanha que deseja criar, mas comece usando o mais simples, o CPC.

·         Agora é hora de elaborar a sua campanha e será necessário definir o público-alvo que deseja atingir e o idioma em que o anúncio será exibido;

·         Feito isso, você precisa criar o anúncio, que será constituído de um título, duas linhas de texto e o endereço do site. Atualmente, o Google Adwords tornou possível que o usuário insira imagens do seu produto, serviço ou marca; No anúncio, seja objetivo, direto e mostre a grande vantagem para o usuário clicar no seu anúncio. Exemplo: Frete Grátis, Algum desconto, etc...

·         Finalizada a criação do anúncio, é preciso definir as palavras-chave que deseja que seus anúncios apareçam para quando o internauta estiver procurando pelo seu site, blog, empresa, serviço ou produto;  aqui escolha palavras-chave mais específicas, como, por exemplo, comprar ração para cães são Paulo ao invés de apenas ração para cães. Nesse caso, você terá uma concorrência menor e acabará pagando menos pelo clique.

·         Pronto, agora para que o seu anúncio seja vinculado e publicado você precisa escolher uma forma de pagamento, que pode ser pré ou pós paga. Assim, que ele for aprovado seu anúncio estará disponível.

E você, já criou anúncios no Adwords? Tem mais alguma dica para compartilhar conosco?

5 Dicas de mídias sociais para profissionais liberais

Todos sabem que é internet é uma das mais importantes aliadas para os profissionais liberais, não é mesmo? Desta forma, as ferramentas digitais como as mídias sociais são uma ótima solução de comunicação e divulgação de sua marca pessoal.

Se você é médico, fisioterapeuta, advogado, nutricionista ou exerce outras atividades de forma autônoma, sabe que é extremamente importante para conseguir novos clientes, ter uma boa reputação, já que não estamos falando de uma marca e sim do seu nome. Por isso, saiba que da mesma forma que a internet pode arruinar a sua carreira, ela é essencial para consolidá-la.

Para ajudar você nessa tarefa, separamos algumas dicas de mídias sociais para divulgação do seu negócio.

5 Dicas de mídias sociais para profissionais liberais

1) Crie uma Página no Facebook

O Facebook é uma das redes sociais com maior número de usuários do mundo, por isso o primeiro passado para você profissional liberal divulgar o seu trabalho de uma forma extremamente eficiente é criando uma fanpage.

Por meio desse canal você consegue divulgar produtos e serviços, linkar conteúdos do seu blog ou site, compartilhar novidades e informações sobre sua área de atuação e receber mensagens, abrindo um canal de comunicação com seus clientes e possíveis clientes em potencial.

2) Aposte em um Blog

Uma das melhores formas de construir uma boa reputação na internet é criando um blog. Esse canal é uma alternativa para mostrar ao seu público que você realmente entende sobre um determinado assunto. Porém, é muito importante produzir um conteúdo atual, relevante e atrativo. Para isso, é essencial conhecer o seu público alvo através de enquetes e pesquisas para que assim você consiga se consolidar no mercado.

3) Tenha um canal no Youtube

Dependendo do ramo do profissional liberal, ter um canal no Youtube pode ser a melhor alternativa para mostrar seus produtos e serviços, e também tratar dos mais diversos assuntos da sua área de atuação.

Para que o canal funcione, é muito importante postar vídeos de qualidade com bastante frequência, para que os usuários já inscritos comecem a vê-lo como uma referência no seu segmento e, eventualmente, se tornem seus clientes.

4) Utilize o Instagram

O Instagram é uma das ferramentas mais poderosas para divulgar sua imagem. Sendo assim, você profissional liberal pode utilizá-la a seu favor. Através de postagens de fotos e vídeos de boa qualidade, você consegue mostrar todos os produtos e serviços oferecidos. O canal ainda permite que você troque mensagens com os seus seguidores, compartilhe suas imagens instantaneamente no Facebook e foque apenas em seu público-alvo.

5) Mantenha suas mídias sociais atualizadas

Todos estão cientes de que na internet as coisas mudam rapidamente. Por isso, sempre mantenha suas mídias sociais atualizadas, criando assim um relacionamento com os seus clientes.

O profissional liberal que mantém suas mídias sociais atualizadas, com certeza está um passo à frente de seus concorrentes, pois conseguirá mostrar e trazer para seus clientes informações relevantes sobre sua área de atuação.  

Mais alguma dicas para profissionais liberais? Comente abaixo.

 

 

 

5 Dicas de mídias sociais para consultores

 

Trabalha com consultoria e não tem ideia de como usar as mídias sociais para divulgar sua marca e atrair mais clientes?

Saiba que mesmo que seus clientes sejam empresas é essencial nos dias do hoje você construir sua autoridade nas mídias sociais. Antes de contratar seus serviços, seus possíveis clientes irão buscar seus canais sociais para entender um pouco do que você já fez, seus cases, clientes etc...

Por isso, atualmente é preciso estar sempre presente dentro das mídias sociais da forma correta para se mostrar profissional e atualizado no mercado.

Mas, para isso, a entrada nesses canais deve ser muito bem planejada. Caso contrário, não terá resultados ou pode até mesmo prejudicar sua imagem, no caso de uma abordagem errada ou pouco profissional.

Para ajudar você a selecionar as melhores mídias sociais para sua marca e a saber utilizá-las corretamente, separamos abaixo algumas dicas para seu mercado.  

5 Dicas de mídias sociais para consultores

1) Crie uma página de empresa usando seu nome no Facebook

Uma das redes sociais mais utilizadas em todo o mundo, o Facebook é um canal onde o consultor tem a possibilidade de consolidar no mercado, devido as suas diversas ferramentas de comunicação, por suas facilidades em gerenciamento de campanhas no Facebook Ads e por facilitar a promoção e divulgação de seus serviços de forma rápida e prática.

Dentro do Facebook o consultor poderá, por exemplo, dar dicas sobre a consultoria oferecida, divulgar imagens e vídeos, interagir com os seus clientes, além de fazer a integração com sites e blogs relacionados.

2) Tenha um Blog

O blog é uma ferramenta de comunicação e compartilhamento muito utilizada pelas empresas, pois com ela é possível estreitar o seu relacionamento com os clientes, criar um vínculo, ajudar no SEO (posicionamento de busca orgânica), fidelizar novos clientes através dos serviços prestados e ainda conhecer melhor seu público.

Com esse canal o consultor consegue ainda gerar mais visibilidade ao seu negócio, aumentar sua reputação online e a entender melhor suas falhas, para assim melhorá-las.  Um blog agrega credibilidade para sua marca e aumenta a popularidade do seu site.

3) Use o LinkedIn para networking

Rede social voltada para âmbitos profissionais e empresariais, o LinkedIn é uma plataforma com diversos recursos e funcionalidades ótimas para divulgação do seu trabalho. Assim como o Facebook, dentro desse canal é possível criar um perfil, possibilitando que o consultor torne seus relacionamentos mais estritos, faça networks, desenvolva novas parcerias e encontre investidores e clientes.

Entrar em grupos e comunidades também é muito importante para divulgar sua marca e mostrar para seus clientes o quão você entende sobre o assunto abordado Desta forma, participar de debates e interagir com outros profissionais pode ajudá-lo a aprimorar o seu negócio e buscar novidades no mercado.

4) Invista no Youtube

Essa plataforma permite que o consultor converse com os seus clientes por meio de vídeos e streaming (ao vivo), dando suporte para empresas e profissionais liberais, crie uma maior interação com o público e possibilite a monetização do seu conteúdo. No Youtube, o consultor ainda consegue planejar seus conteúdos, integrar seu site e blog dentro do canal e ter as métricas e avaliações das estratégias desenvolvidas.

Claro, que é essencial que seja desenvolvido materiais interativos, com informações e conteúdos relevantes e que atendam às necessidades dos seus clientes. Somente dessa forma você conseguirá ganhar visibilidade e credibilidade dentro do mercado.

5) Mantenha sua reputação online

Para que todas essas redes sociais consigam exercer os seus papeis na divulgação dos seus serviços oferecidos e consolide seu nome dentro do mercado, é muito importante manter sua reputação online. Para isso, é preciso sempre atualizar seus canais de comunicação, compartilhar dicas e informações sobre a área em que atua com frequência, elaborar um planejamento adequado e principalmente priorizar os seus clientes.

Precisa de ajuda para criar um plano estratégico nas mídias sociais para sua marca? Entre em contato conosco para saber como podemos ajudar você!

Como conseguir aumentar o engajamento nas redes sociais

Hoje em dia as redes sociais são essenciais para a criação de relacionamento entre as empresas e os consumidores e divulgação de produtos e serviços. Entretanto, não adianta a empresa ter milhões de fãs e seguidores e nenhum engajamento com eles. Mas, afinal, o que é engajamento?

Engajamento é a ligação, interação, relacionamento com a marca, que vai além do número de curtidas ou seguidores dentro das redes sociais. Através dele, é possível ter uma noção de como os visitantes estão interagindo dentro dos seus canais de comunicação. 

Por isso, é essencial conseguir fãs e seguidores engajados. Mas, como conseguir aumentar o engajamento nas redes sociais? Veja abaixo algumas dicas para você aumentar o engajamento com sua audiência.

5 Dicas para aumentar o engajamento nas redes sociais

1) Conheça o seu público-alvo

Para qualquer empresa ter sucesso nas estratégias de comunicação, ela deve saber quem é o seu público-alvo. Por meio dessas informações, é possível ter muito mais êxito no momento de traçar uma estratégia que realmente desperte o interesse dessas pessoas para a sua marca.

2) Elabore uma boa estratégia

Elaborar uma boa estratégia pode ser essencial na captação e fidelização de clientes para sua marca. Crie também um planejamento de conteúdo para seu público e uma rotina para ter mais qualidade nas informações publicadas.

Defina temas, abordagens, estilo de linguagem, formato de postagens, horários de publicações, entre outros cuidados tirando como base o seu público-alvo. Porém, fique sempre atento nas expectativas que o seu cliente tem de você, estabelecendo assim uma relação de confiança e interação.

3) Desenvolva conteúdos de qualidade

Desenvolva conteúdos realmente relevantes e de qualidade para os seus clientes. Com a agilidade e a correria do dia a dia as pessoas estão muito mais suscetíveis a distrações, por isso o conteúdo criado pela sua empresa dentro das redes sociais deve prender a atenção de forma que ele sinta que está “em casa” ao navegar pela sua página. Invista também em conteúdos criativos e que permitam a interação do leitor.

4) Escolha a hora certa para postagens

O conteúdo elaborado deve ser acrescentado em suas redes sociais na hora certa, caso contrário, ele se perde dentro de sua página. Existem horários específicos onde os índices de audiências são maiores, mas claro que ele vária em cada rede para cada perfil de público.

Para descobrir esses horários, é preciso pesquisar e analisar os melhores períodos para alcançar o seu público-alvo.

5) Acompanhe e meça os resultados

Acompanhar frequentemente os resultados da sua interação nas redes sociais, é muito importante para verificar como está sendo a aprovação de sua marca em relação ao seu público. Só através desse monitoramento, você consegue ampliar os acertos e minimizar os erros de sua estratégia, e claro aumentar os resultados obtidos pela sua empresa.

E você, tem mais dicas para aumentar o engajamento com sua audiência?

 

5 dicas de Mídias Sociais para PERSONAL ORGANIZER

O personal organizer é um profissional que oferece assessoria prática para pessoas que não têm tempo ou paciência para organizar seus pertences e ambientes residenciais ou comerciais. Trata-se de um prestador de serviço que proporciona conforto, bem-estar, produtividade, praticidade e economia para o dia a dia de seu cliente, permitindo que ele tenha tudo o que precisa sempre à mão e não perca tempo ou espaço com bagunça.

Uma vez que a correria do dia a dia tem feito com que sobre cada vez menos tempo para que as pessoas se dediquem à organização pessoal, o trabalho de otimizar espaços e organizar tarefas/objetos tem se mostrado cada vez mais importante. Apesar disso, aprofissão de personal organizer ainda é pouco conhecida no Brasil, exigindo que os organizadores se dediquem à divulgação de seu trabalho para conquistar clientes.

A internet oferece um ambiente perfeito para personal organizers que precisam difundir a qualidade de seu trabalho, especialmente as mídias sociais — que favorecem a interação social e aumentam exponencialmente a visibilidade de uma marca. Se você é um organizador profissional e deseja divulgar seu trabalho na internet, confira as dicas a seguir:

Dicas de mídias sociais para personal organizer

1. TENHA UM BLOG

O blog é uma das principais ferramentas do marketing de conteúdo para gerar tráfego para um site. Este é um espaço em que você poderá disponibilizar material exclusivo e relevante para seus clientes em potencial, permitindo que você trabalhe palavras-chave utilizadas pelos consumidores que utilizam mecanismos de busca.

2. APOSTE NO INSTAGRAM

Por ser baseado no compartilhamento de fotos e vídeos curtos, o Instagram é a rede social perfeita para mostrar seu trabalho como personal organizer. Aproveite o espaço para colocar não apenas imagens do resultado final, mas também do processo de organização e do seu dia a dia profissional. Tome cuidado apenas para não misturar a conta profissional com seus assuntos pessoais.

3. FAÇA VÍDEOS

A divulgação de vídeos é uma maneira muito eficiente de estabelecer uma conexão com o público, uma vez que este tipo de conteúdo geralmente é mais fácil de ser consumido e absorvido. Portanto, produza vídeos rápidos com dicas de organização, de modo a conquistar o cliente e mostrar a ele um pouco do seu conhecimento a respeito do assunto.

4. INVISTA EM RELACIONAMENTO

Em vez de criar e oferecer conteúdo repetitivo a respeito de seu trabalho e dos benefícios que você pode oferecer ao cliente, prefira criar um relacionamento com o público. Isso pode ser feito por meio de interação, disponibilização de conteúdo útil, troca de e-mails e estímulo à participação dos seguidores.

5. DÊ DICAS

Oferecer dicas relevantes e úteis para seu cliente é uma maneira muito eficiente de mostrar que você entende do assunto e ainda fazer com que ele se mantenha interessado naquilo que você tem a dizer e oferecer. Portanto, em vez de guardar todos os segredos de organização para você, dê dicas valiosas para o consumidor e faça com que ele queira se relacionar com sua marca.

Quer saber mais sobre como divulgar seu trabalho de Personal Organizer? Participe do nosso Workshop Exclusivo para Mulheres: http://bit.ly/workshopmidiassociais

Facebook Ads X Google Adwords

Para ter sucesso na internet, é necessário muito mais do que apenas criar um site e esperar que ele atraia clientes por conta própria. Além de trabalhar técnicas de SEO e conteúdo, é essencial investir em publicidade online por meio de anúncios que atraiam o cliente, aumentem a visibilidade da sua marca, gerem tráfego para sua marca e potencializem suas chances de concretizar vendas.

O Google Adwords e o Facebook Ads são as principais ferramentas para criação e divulgação de anúncios online. Embora as duas plataformas ofereçam um serviço parecido, baseado em anúncios pagos, cada uma possui particularidades que podem favorecer suas ações de marketing digital. Entenda a seguir como essas ferramentas funcionam e saiba como identificar a melhor para seu negócio:

Facebook Ads ou Google Adwords?

Facebook Ads: o que é e como funciona
Ferramenta de anúncios pagos da principal rede social da atualidade, o Facebook Adspermite a criação de anúncios com foto, título e texto, podendo direcionar o usuário para uma fanpage ou diretamente para seu site. Caso você opte por divulgar fanpage da marca, é possível promover os anúncios por meio de histórias patrocinadas.

Um dos grandes diferencias do Facebook Ads é a possibilidade de escolher com bastante precisão o público que será captado pelos anúncios. Isso porque as características de perfil dos usuários da rede social favorece a segmentação do público de acordo com o sexo, localidade, idade e preferências pessoais.

Google Adwords: o que é e como funciona
O Google Adwords, por sua vez, é a ferramenta de anúncios do maior mecanismo de busca da internet: o Google. Esta plataforma permite a divulgação de dois tipos de anúncio: um que é vinculado a palavras-chave e exibido dentro do próprio site do Google sempre que o termo escolhido é buscado por um usuário, e outro que é exibido em displays instalados em portais que se cadastraram para exibir anúncios.

A maior vantagem desse serviço é o fato de os anúncios serem exibidos para um público que está procurando ativamente por determinado produto ou assunto, o que significa que o consumidor já tem interesse naquilo que será anunciado.

Qual é melhor?

Uma vez que as duas ferramentas atuam de maneiras diferentes e oferecem vantagens distintas, não é possível eleger uma delas como a melhor opção para seu negócio. Sua escolha deverá ser baseada em seus principais objetivos como anunciante online: caso a ideia seja aumentar as conversões, por exemplo, o Google Adwords pode ser o mais indicado. Porém, caso o plano seja consolidar sua marca, criar um relacionamento com o consumidor e aumentar seus leads, o Facebook Ads é uma opção mais acertada.

Vale lembrar que, dependendo de suas intenções de negócio e de quanto você pode investir, é possível utilizar as duas ferramentas de maneira complementar e eficiente.

E você, já investiu em anúncios nessas ferramentas? Comente abaixo!

Como aproveitar datas comemorativas nas Mídias Sociais

As datas comemorativas representam excelentes oportunidades para alavancar as vendas e criar uma relação mais próxima com o público, especialmente para marcas que estão presentes nas redes sociais.

Elaborar conteúdo que faz referência a esses dias especiais é uma maneira divertida e criativa de mostrar que a empresa está ligada nos acontecimentos e, assim, se aproximar do consumidor.

Além das celebrações tradicionais — como Dia das Mães, Dia dos Namorados e Dia das Crianças, Natal —, existem diversas datas especiais e que fazem alusão a profissões, eventos, objetos ou ideais específicos, e muitas podem ser aproveitadas nas mídias sociais.

Confira, a seguir, algumas dicas que vão te ajudar a usar as datas comemorativas para vender mais:

Como aproveitar datas comemorativas nas redes sociais

1. Identifique as datas que tenham relação com seu negócio

Comece elaborando uma lista com todas as datas comemorativas existentes no calendário, o que inclui não apenas as mais conhecidas, mas até as celebrações não oficiais — como o Dia do Orgulho Nerd ou Black Friday. A partir dessa lista, identifique as que possuem alguma relação com sua marca ou produto e selecione todas as festividades que podem ser aproveitadas.

2. Planeje as ações de marketing com antecedência

Após ter identificado todas as datas que farão parte do seu calendário de ações, planeje todas as ações de marketing que serão colocadas em prática quando a ocasião estiver chegando. Planeje campanhas inovadoras e que explorem os pontos mais importantes da data, tornando-a especial para o cliente de forma que ele tenha vontade de comprar.

3. Prepare seu estoque

Determinados produtos são considerados mais atraentes em determinadas épocas do ano e datas comemorativas. Por isso, é importante que você se prepare antecipadamente para atender essa demanda, evitando que o cliente se decepcione com a falta do produto em estoque. Caso você tenha planejado uma promoção especial, o cuidado com o estoque se torna ainda mais essencial.

4. Ofereça diferenciais

Tenha em mente que as datas comemorativas são boas oportunidades não apenas para você, mas para seus concorrentes — que certamente também estão pensando em formas de aumentar as vendas. Por isso, é fundamental oferecer promoções exclusivas para a data e investir em diferenciais como frete grátis, descontos e brindes.

5. Avise seu público

Garanta que seu cliente fique sabendo que você preparou um conjunto de ofertas especiais para a próxima data comemorativa e considere sua marca como uma das opções para comprar o produto.

E aí, gostou das dicas? Já pensou na sua divulgação para o fim do ano? Comente abaixo. 

Como fidelizar seus consumidores pelas mídias sociais

Conquistar e fidelizar clientes é uma estratégia muito vantajosa e lucrativa paras as empresas, uma vez que a criação de um relacionamento duradouro com o consumidor garante a continuidade das vendas e incentiva a propagação de uma boa imagem para sua marca.

Transformar um comprador em um cliente fiel, entretanto, não é uma tarefa simples. No processo de fidelização, é fundamental estabelecer um vínculo com o cliente de modo que ele se relacione com sua marca e se identifique com ela —seja pela qualidade dos serviços prestados, pelo tipo de item comercializado ou pelo valor agregado ao produto.

Com a popularização das mídias sociais, elas se tornaram excelentes aliadas para empresas que desejam fidelizar seus consumidores por meio do marketing de relacionamento. Confira, a seguir, algumas dicas de como conquistar clientes fiéis com ajuda das mídias sociais:

1. Marque presença nas principais redes

Identifique as redes sociais que seus consumidores mais usam e faça perfis em cada uma delas, adaptando a linguagem e o tipo de conteúdo considerado ideal para cada plataforma. Em geral, as redes sociais que valem a pena trabalhar atualmente são: Facebook, Instagram, LinkedIn e YouTube.

2. Conheça seu público

Definir e conhecer profundamente o público-alvo é a regra de ouro para fidelizar clientes. Isso porque saber como seu cliente se comporta e quais são seus interesses permite que você crie conteúdo que seja capaz de suprir os anseios do consumidor e criar um relacionamento duradouro com ele.

3. Interaja

Fazer perguntas e responder aos comentários são ações perfeitas para interagir e se envolver com o consumidor, que se sente atendido e valorizado. Além disso, é importante se mostrar sempre disposto a sanar dúvidas, solucionar problemas e promover um bom atendimento a partir das redes sociais.

4. Crie conteúdo com impacto emocional

As pessoas são movidas pelas emoções. Uma eficiente maneira de conquistar o cliente, portanto, é por meio de conteúdo que gere empatia e proporcione uma experiência de identificação. Por isso, invista em conteúdo com impacto emocional, fazendo com que os clientes encontrem o lado humano da sua marca e se sintam conectados com ela.

5. Monitore os resultados

Para todas as mídias sociais que você escolher trabalhar, é necessário acompanhar os resultados alcançados a partir das ações e campanhas de marketing colocadas em prática. O monitoramento de resultados permite que você identifique o tipo de conteúdo que agrada o cliente e quais as melhores estratégias para que o público seja cada vez mais fidelizado e engajado com sua marca.

E você, utiliza alguma estratégia para fidelizar seus clientes? Comente abaixo!

Como utilizar o Linkedin para captar clientes

Com mais de 25 milhões de usuários, o Linkedin registrou o ano passado um aumento de 25% em sua base aqui no Brasil. Direcionada para os profissionais fazerem networking, prospectar clientes, gerar leads e fazer contatos que podem ser importantes para sua carreira ou empresa, essa rede social se tornou a maior ferramenta de negócios de todo o mundo.

O Linkedin possui uma enorme base de dados, integração com ferramentas de Inteligência Comercial e várias maneiras para que as empresas consigam captar novos clientes. O Salesloft é uma delas, através desse dispositivo é possível puxar e-mails corporativos relacionados a uma conta da rede social e prospectar mais de 500 leads por dia.

Para ajudá-lo nessa captação de clientes, separamos algumas dicas essenciais para fazer essa prospecção.

4 Dicas para captar clientes através do Linkedin

1) Seja presente

Ter uma participação ativa dentro do Linkedin, pode ajudar em sua visibilidade, tornando você referência no setor. Sempre responda as questões abordadas relacionadas a seu ramo de atuação ou atividade.

Promova debates, compartilhe experiência e dê feedbacks mostrando a sua opinião sobre um determinado tema. Nunca esqueça, que essa ferramenta é uma rede direcionada exclusivamente para profissionais e quanto mais pessoas estiverem de olho em você, melhor para encontrar novos clientes.

2) Use o seu perfil para divulgação

Uma das grandes vantagens dessa rede é que você pode divulgar os seus produtos, serviços, trabalhos e projetos sem nenhum custo, além de conseguir gerar novas ideias e estratégias para conquistar e captar novos clientes para o seu negócio.

O ideal é aproveitar ao máximo dessa ferramenta e do seu funcionamento, adicionando fotos e incluindo informações com as descrições das atividades realizadas pela empresa e os produtos oferecidos.

3) Participe de grupos

Uma das melhores maneiras de captar novos clientes é entrar em grupos relacionados ao seu ramo de negócios. Porém, é muito importante que você participe de todos os debates e discussões postadas na página.

Escreva artigos, faça enquetes, obtenha feedbacks, para despertar o interesse das pessoas pelos seus serviços e produtos. O principal objetivo de participar desses grupos, é demostrar seus conhecimentos pelos assuntos abordados de forma que você vire referência sobre o tema.

4) Conquiste clientes via mensagem

Dentro do seu Linkedin assim como outras redes sociais, é possível entrar em contato com as pessoas através de mensagens. Você ainda pode utilizar a ferramenta de busca para encontrar os clientes perfeitos e ideais para sua empresa.

Após encontrar esses prováveis clientes, você pode enviar informações sobre o seu produto e o seu negócio via e-mail, tornando mais fácil o contato com eles.

Gostou das nossas dicas? Já usou o LinkedIn para captar clientes? Compartilhe conosco sua experiência nos comentários! 

 

Como criar conteúdo que engaje e converta em vendas

O marketing de conteúdo é uma das mais eficientes estratégias de engajamento online, e consiste na criação de conteúdo que seja capaz de atrair e envolver os consumidores, criando um relacionamento mais emocional entre marca e cliente e aumentando seu tráfego e leads. Trata-se de um método que aumenta significativamente as vendas e gera mais receita para a empresa.

Para que esta estratégia de marketing funcione conforme o esperado, é fundamental produzir um conteúdo que seja realmente relevante para seu público, gerando engajamento e conversão em vendas. Confira como fazer isso a seguir:

Como criar conteúdo que converte?

1. Planeje

O primeiro passo para criar um conteúdo que resulte em conversões é o planejamento. Antes de começar a escrever, você precisa definir quais temas serão abordados no seu blog ou site e entender a relação entre esses assuntos e o serviço oferecido por sua empresa. A própria internet pode ajudar nessa etapa, uma vez que existem diversos sites que apontam os temas mais relevantes do momento e as buscas referentes a seu negócio.

2. Defina seu público-alvo

Após definir o tema principal do seu site, você deve identificar o perfil das pessoas que compõem seu público-alvo. Desse modo, você poderá entender para quem seu conteúdo é destinado e, assim, criar textos que atendam às expectativas, necessidades, anseios e dúvidas deste público.

3. Otimize a experiência

Além de interessante e relevante, seu conteúdo deve ser de fácil entendimento e estar adequado ao momento e à sua audiência. Por isso, evite usar palavras e frases difíceis e preocupe-se em organizar seu conteúdo de forma estratégica, garantindo que o leitor encontre o que está procurando de maneira simples e intuitiva.

4. Promova seu conteúdo

Um excelente conteúdo que se mantém escondido não traz os resultados esperados. Portanto, tenha o cuidado de compartilhar seus textos após a publicação. Aposte no Facebook, Twitter, LinkedIn e em qualquer outra rede social que seja relevante para seu público-alvo. Se possível, promova o conteúdo em campanhas de e-mail marketing e incentive seus clientes e contatos a passar seus textos adiante.

5. Acompanhe os resultados

Verificar a performance do seu conteúdo é fundamental para saber se suas ações de marketing estão sendo realizadas corretamente e identificar aspectos em que é preciso melhorar. Por isso, sempre acompanhe as visitas que seu site recebe e quais são os textos mais lidos e procure por eventuais falhas e oportunidades. Além disso, esteja sempre atento a possíveis problemas técnicos que podem deixar seu site inacessível ou lento demais.

E você, concorda com essas dicas? Tem mais alguma estratégia para criar conteúdo para seu blog ou site? Comente abaixo o que achou das dicas ou suas dificuldades! Queremos saber o que acha.

5 técnicas para produzir conteúdo relevante para seu blog

Oferecer conteúdo relevante é uma poderosa maneira de atrair, envolver e estimular o cliente a se identificar com sua marca. Trata-se de uma eficiente estratégia de marketing de conteúdo, que serve como isca para trazer o consumidor até o blog da empresa, criando um relacionamento saudável com o cliente e aumentando as chances de conversão.

Para que essa estratégia realmente funcione conforme o esperado, trazendo receita para sua empresa, é fundamental aplicar algumas técnicas para produzir conteúdo que seja realmente relevante. Saiba quais são a seguir:

1. Conheça seu público-alvo

O segredo para oferecer conteúdo relevante é conhecer profundamente as pessoas para quem seus textos são destinados. A partir do entendimento das expectativas, necessidades e anseios do público-alvo, é possível criar conteúdo que seja do interesse do cliente.

Ao oferecer um conteúdo que traga a solução certa para os problemas do consumidor, sua empresa informa e se torna uma autoridade no segmento em que atua, destacando-se em meio à concorrência.

2. Seja claro e facilite a leitura

Utilize a mesma linguagem que seu público, evitando palavras difíceis — que só servem para deixar seu conteúdo tedioso e gerar ruído na mensagem. Usar palavras e frases fáceis permite que o leitor compreenda e se identifique com seu texto.

3. Crie listas

A internet possui linguagem mais prática e ágil, e as listas são um tipo de conteúdo que reproduzem bem estas características. Em geral, esse é um formato de post que sempre agrada o leitor, pois é informativo, organizado e fácil de entender.

4. Aproveite temas que estão em alta

Se algum acontecimento, meme ou “assunto do dia” está relacionado ao assunto do seu site, não deixe de aproveitar o tema para criar um conteúdo no seu blog. Assuntos polêmicos e que estão em alta sempre atraem a atenção do público e geram interação, o que é ótimo tanto para a relação com o consumidor como para seu posicionamento nos mecanismos de busca.

5. Interaja

A interação é justamente um dos objetivos do blog. Por isso, não deixe de interagir com seus leitores: faça perguntas, estimulando-os a pensar e pedindo para compartilharem sua opinião sobre o assunto. Se possível, sempre responda aos comentários, fazendo com que o blog seja um canal de comunicação entre sua marca e o cliente.

E você, concorda com essas dicas? Tem mais alguma estratégia para criar conteúdo relevante? Comente abaixo o que achou das dicas ou suas dificuldades! Queremos saber o que acha. 

Como identificar minha persona ideal

Você sabe quem é sua persona?

Saiba que conhecer sua persona, ou seja, o representante ideal do seu público-alvo é essencial para uma estratégia de sucesso nas mídias sociais.

A persona é um personagem fictício criado para representar o consumidor ideal de uma marca, reunindo todas as características físicas, sociais e psicológicas desse cliente. Trata-se de um modelo representativo construído a partir de pesquisas quantitativas e qualitativas que identificam o comportamento de um grupo de consumidores: o que eles querem, do que necessitam, como eles compram.

Uma empresa pode ter mais de uma persona, e a identificação desses perfis de público permite que o consumidor seja compreendido de maneira profunda, favorecendo a criação de estratégias de marketing específicas para esses clientes. Como consequência, a comunicação da marca pode ser potencializada de modo a aprimorar a relação entre empresa e cliente, favorecendo as vendas.

Como identificar a persona ideal?

Definir a persona ideal não é uma tarefa simples, e exige uma análise cuidadosa das características do público-alvo. Para isso, o primeiro passo é coletar informações sobre seu cliente, o que pode ser feito por meio da aplicação de questionários pós-compra ou com a realização de pesquisas.

Com as informações obtidas, é possível identificar aspectos como:

– Idade;

– Classe social;

– Região geográfica em que reside;

– Cargo e faixa de renda;

– Quais assuntos são de seu interesse;

– Que tipos de mídia costuma usar;

– Nível de escolaridade;

– Quais lugares frequenta;

– Como é sua rotina;

– Que fatores influenciam suas decisões.

Após analisar esses dados, você conseguirá montar um ou mais perfis que identifiquem seu público consumidor. Visualize esta persona como uma pessoa de verdade, com toda a complexidade e as alterações comportamentais que um ser humano pode ter.

A partir daí, você pode criar conteúdo e gerir suas campanhas de marketing de modo a refletir os interesses das personas identificadas, aumentando suas chances de conversão e aprimorando a relação com o cliente.

E você, já tem sua persona definida? Deixe abaixo seu comentário!