5 Dicas para selecionar influenciadores digitais no Instagram

influenciadordigital.jpg

O marketing de influência é uma das ferramentas mais eficazes atualmente para divulgação de produtos e/ou serviços.

Ele se utiliza dos famosos “influenciadores digitais” para chamar a atenção dos potenciais consumidores, uma vez que essas pessoas possuem um poder de influência e uma visibilidade enorme entre os usuários das redes sociais, principalmente no Instagram.

Contudo, para selecionar um influenciador no Instagram é preciso escolher aquele que mais se encaixa com o seu segmento e sua proposta, público-alvo e que consiga gerar um apelo de compra perfeito para gerar conversão e vendas para o seu negócio.

Para ajudar você nesse trabalho, separamos algumas dicas importantes para utilizar na hora de selecionar o influenciador digital para uma parceria com sua marca. Confira!

5 dicas para escolher um influenciador digital no Instagram

  1. Saiba qual é o público-alvo do influenciador

Na hora de escolher o influenciador que representará sua marca, uma das primeiras coisas que devem ser levadas em consideração é qual o público-alvo atingido por essa pessoa.

Pesquise e estude a fundo para saber quem são os usuários impactos por esse influencer para então decidir se ele se enquadra em seu segmento. Veja se existe alguma equivalência entre ele e os potenciais clientes que deseja alcançar, para que seja possível conseguir bons resultados.

2. Veja a sua relevância e a credibilidade dentro do segmento de atuação

Entenda que um influenciador com milhares de seguidores não quer dizer que ele seja a melhor escolha para sua marca. É fundamental optar por aquela pessoa que possua alguma relevância e credibilidade dentro do seu segmento de atuação, para que a sua campanha consiga gerar o resultado desejado.

Realize uma pesquisa sobre quais segmentos e área deseja impactar e observe quais são os influenciadores digitais relevantes no Instagram no nicho pretendido. Muitas vezes, o melhor é escolher aquela pessoa que possui menor audiência mais passa credibilidade e que seja imprescindível para um determinado grupo.

3. Confira se ele produz conteúdo de qualidade

Outro ponto muito importante no momento de selecionar o influenciador no Instagram, é conferir se ele produtos conteúdos relevantes e de qualidade. Muitas dessas pessoas a conseguem ter um nível alto de seguidores, graças à produção a um bom texto, vídeo e um podscast.

Portanto, escolhe aquele influenciador que produza um material que tenha alguma identificação com o que a sua marca pretende fazer para evitar resultados negativos. Procure um equilíbrio entre esses dois lados para que sua marca seja conhecida pelos consumidores e alcance o sucesso esperado.

4. Saiba qual é o seu engajamento

Ter milhares de seguidores não quer dizer que o influenciador esteja tendo um bom engajamento. Por isso, ao escolher o influencer tenha o máximo de atenção para avaliar se as suas publicações estão gerando atenção do público e impactando a sua audiência de forma positiva.

É preciso saber qual é o seu engajamento real, saber quais são os seus hábitos de interação e compartilhamento de conteúdo, afinal se o seu desejo é ter um bom engajamento, sua marca precisa de um parceiro capaz de alcança-lo e atrai-lo para o seu negócio.

5. Não esqueça do preço

 Esse ponto também deve ser analisado com bastante calma, afinal assim como qualquer outro aspecto de sua campanha o custo dessa parceria precisa ser levado em consideração em relação ao seu orçamento.

Claro que é sempre possível entrar em um acordo e negociar o valor do parceiro, porém tenha muita atenção pois o preço vai depender dos trabalhos combinados com o influenciador digital. Tenha sempre um contrato assinado, com todas as cláusulas e serviços que deverão ser prestados para evitar possíveis dores de cabeça.

 Pronto, após analisar e colocar na balança todas essas dicas, sua marca com certeza conseguirá escolher o melhor influenciador digital para sua empresa.

Ainda precisa de ajuda? Mande um e-mail para nós: suporte@prdigital.com.br!

 

Cópia de pinterest (1).png

 

Como fazer parcerias com outros perfis no Instagram

blushhome(6).jpg

Os influenciadores digitais vêm ganhando cada vez mais espaço, principalmente no Instagram. Segundo uma pesquisa realizada pelo YouPIX, plataforma focada em discutir a cultura da internet, cerca de 32% dos influenciadores se encontram nessa rede social.

O que é influenciador digital?

Um influenciador é uma pessoa que, por meio de seus conteúdos, consegue influenciar de alguma forma os seus seguidores sobre um determinado assunto e/ou tema abordado em seu canal. Geralmente essas pessoas possuem uma grande conexão e interatividade com seus seguidores.

Por conta disso, as empresas viram uma grande oportunidade de reforçar sua marca no mercado e ter um impacto positivo em suas vendas por meio de parcerias com esses influenciadores.

No entanto, é preciso tomar um certo cuidado e escolher bem a pessoa que representará sua marca. Você não vai querer ter a imagem da sua empresa vinculada a alguém que possa prejudica-la, certo?

Para ajudar você, separamos algum as dicas de como fazer parcerias com outros perfis no Instagram. Confira!

3 dicas para fazer parcerias com outros perfis no Instagram

  1. Decida qual o seu nicho de interesse

Para selecionar o influenciador correto é preciso conhecer muito bem seu público-alvo e nicho de interesse. A partir disso, você conseguirá selecionar os perfis que fazem parte desse nicho específico e que têm uma audiência alinhada com a sua.

2. Escolha o perfil do parceiro/influenciador certo

Para escolher o perfil do parceiro/influenciador certo no Instagram é preciso saber quais são os seus objetivos com essa parceria.

Você quer ganhar seguidores ou aumentar suas vendas? Mais visibilidade ou ter mais engajamento? Ao definir o que você busca, conseguirá escolher melhor seus parceiros. Além dos influenciadores digitais, você pode avaliar parcerias com pessoas ou empresas que ofereçam serviços complementares ao seus. Por exemplo, se você é uma maquiadora, pode fechar parcerias com empresas de cosméticos, salões de beleza, entre outros profissionais/empresas envolvidos com o mundo da beleza.

Uma boa forma de encontrar potenciais parceiros/influenciadores é utilizando ferramentas, como a Social Rank, por exemplo, que mostra quais são os perfis mais influentes que te seguem na plataforma, além de dar várias informações relevantes na hora de avaliar e escolher o parceiro certo, como número de seguidores, melhores posts e engajamento.

3. Crie um bom relacionamento com o seu parceiro

Fazer uma parceria com um perfil no Instagram não precisa necessariamente envolver contrato e cachê. Ela pode ser um pouco mais informal, mas para isso é preciso criar um relacionamento de confiança com essa pessoa.

Antes de fazer o primeiro contato, comece seguindo e interagindo com esse perfil. Dessa forma, quando você entrar em contato, já conhecerá um pouco mais o influenciador e poderá propor algo que faça sentido para ele e sua audiência.

O mais importante nesse tipo de parceria é que seja bom para ambas as partes! :)

E você, já fez alguma parceria no Instagram? Conte para nós o que achou!

Como trabalhar com o Marketing de Influência

marketingdeinfluencia.jpg

Com as mudanças no comportamento do consumidor, que fica cada vez mais online e não confia mais na  publicidade tradicional, as empresas estão encontrando novas formas de promover e divulgar seus produtos e serviços e se destacar no mercado.

E uma dessas formas é por meio do marketing de influência ou, em inglês, influencer marketing, que nada mais é do que usar o poder de influência de pessoas que já são referência na internet em uma área ou segmento para que elas compartilhem com os seus milhares de seguidores suas experiências e informações sobre uma determinada marca.

Por que adotar essa estratégia?

De acordo com a revista Entrepreneur, existem cinco motivos para as marcas implementarem o marketing de influência:

1.       Enfraquecimento da publicidade tradicional;

2.       Crescimento na adoção desse tipo de estratégia pelas empresas;

3.       Aproximadamente 92% dos consumidores acreditam mais nas recomendações de outros indivíduos do que das próprias marcas;

4.       Segundo uma pesquisa realizada pela Nielsen Catalina Solutions, o conteúdo gerado pelos influenciadores digitais gera 11 vezes mais resultados do que as campanhas tradicionais;

5.       Os produtos são divulgados e promovidos onde o seu público-alvo se encontra, uma vez que 74% dessas pessoas considera as redes sociais decisivas na hora de tomar uma decisão de compra.

Como trabalhar com o Marketing de Influência

Para implementar o marketing de influência na sua empresa é preciso se planejar e passar por diversas etapas, como mapeamento, contratação, ativação do influenciador digital e análise de resultados. Além disso, é muito importante ter bem definido o objetivo dessa campanha e quem é o público-alvo que se deseja atingir.

1.      Encontre um influenciador que combine com a sua marca (mapeamento)

Com o objetivo e o público bem definidos, é hora de encontrar um influenciador que combine com a sua marca. O ideal é fazer um mapeamento dos influenciadores que podem representar sua marca, que se enquadram em seu segmento e área de atuação e se comunicam com os consumidores que deseja atingir.

Para conseguir encontra-los existe plataformas e agências que disponibilizam uma base de dados com todos os influenciadores digitais do mercado e que contam também com métricas de engajamento e performance para que você acerte em sua escolha.

É preciso sempre optar por influencers que tenham um estilo de comunicação simples e direta, e que além de tudo produzam um conteúdo de qualidade, eficaz e autêntico para conseguir o engajamento esperado.

Outra dica é não levar em consideração se esse influenciador é consagrado nacionalmente ou mundialmente, pois existem diversos micro influenciadores locais e referências em seu segmento ou área que poderão ajudar a alcançar o resultado esperado de uma forma muito mais fácil, barata e rápida.

2.      Contrate o influenciador digital

Após selecionar os melhores influenciadores para divulgar sua marca, é o momento de contata-los. Caso você tenha escolhido alguém que não esteja utilizando os serviços de uma agência, esse contato deve ser feito de forma direta com esse influenciador ou assessoria.

É essencial se comunicar com o influenciador de fora clara, para explicar quais são os principais aspectos relacionados às atividades quanto o desenvolvimento do conteúdo, pagamento e resultados. Afinal, ele será a pessoa que irá criar o conteúdo para sua empresa, por isso é importante dar esse direcionamento e explicar o que pode e o que não pode ser feito, e o que deve e não deve ser feito para evitar possíveis prejuízos a sua marca.

Entretanto, o influenciador precisará ter a liberdade de criar esse conteúdo seguindo as suas exigências, porém da maneira que melhor servir para sua audiência. Sendo assim, evitará ruídos de comunicação, retrabalhos e frustações com os resultados finais.

3.      Ativação do influenciador digital

Agora o próximo passo é a ativação do influenciador, onde será feito de forma organizada um mapeamento e planejamento das ações a serem realizadas, assim como: timing da ação (datas das campanhas), alinhamento de todos os influenciadores contratados e o envio do pagamento para cada um deles.

Após tomada essas decisões é hora de iniciar a sua campanha, seguindo o planejamento realizado. Esse monitoramento serve para que você tenha um panorama de tudo que está dando certo e errado nessa ação e o comprometimento dos influenciadores para com a sua marca.

4.      Análise de resultados

Por fim, chegou a hora de analisar os resultados obtidos pela sua campanha. É muito importante mensurar os resultados alcançados, seja por meio das campanhas de branding, onde o intuito é conseguir mais exposição ou em campanhas de performance, medindo as vendas e os impactos causados pela ação.

O ideal é sempre acompanhar o antes e depois dessa campanha para entender a fundo os resultados e a influência desse tipo de estratégia, para compreender se a implementação do marketing de influência ajudou realmente no crescimento e na divulgação de sua marca.

Para acompanhar esses resultados e saber se está dando certo, você deve se basear em algumas métricas, como:

·         O número de visualizações em seu website;

·         O número de pessoas que visitaram o seu site por meio do trabalho do influenciador digital;

·         Brand buzz nas mídias sociais;

·         O alcance das publicações dos influenciadores;

·         Vendas online.

Para mensurar quem foram os visitantes que acessaram o seu site por meio dos influenciadores, você deve utilizar um pixel de trackeamento e/ou URLs parametrizadas. No caso das campanhas para e-commerces o ideal é disponibilizar cupons de descontos personalizados para esses influenciadores, pois com ele você conseguirá saber quantas vendas foram realizadas por cada um.

Com todas essas informações você conseguirá analisar todos os resultados e ter uma base caso precise mudar de estratégia. Sempre construa sua campanha em cima do que já fez e deu certo, assim você conseguirá evoluir constantemente.

6 Benefícios do marketing de influência

·         Cria confiança na marca;

·         Atinge o público de maneira efetiva e muito mais assertiva;

·         Aumenta o poder de alcance da marca;

·         Melhora a percepção da marca;

·         Influencia da decisão de compra do consumidor;

·         Enriquece a sua presença digital.

Quer saber mais como usar o Marketing de Influência para divulgar sua marca? Mande um e-mail para suporte@prdigital.com.br!

Como se Tornar um Influenciador Digital

bloguettes-stock-fluffer-1606007.jpg

Hoje em dia, com a grande abrangência da internet, o número de pessoas que querem se tornar influenciadores digitais cresce diariamente, e com isso, se cria uma necessidade maior de utilização de ferramentas e recursos corretos para conseguir a atenção nesse mercado.

Sabemos que a maior parte das pessoas passam mais tempo na internet do que fazendo qualquer outro tipo de atividade. E é aí que está a grande “sacada” em se tornar um influenciador digital, conseguir rentabilizar e fazer disso uma profissão.

Influenciadores digitais podem causar tanto ou maior impacto para uma campanha quanto uma peça publicitária de 30 segundos, em horário nobre da televisão aberta. Por compartilharem tudo em suas redes sociais, acabam aumentando a exposição do produto, adicionando valor a marca e mudando até padrões de consumo.

O problema é que, por ser uma profissão de fácil acesso, a maioria acha que é simples ser um influenciador, mas não é bem assim que funciona. Muitos não tem as informações corretas do que é necessário, ou até mesmo como conseguir parcerias, e acabam se queimando logo de início.

Se você pensa em ser influenciador digital, segue abaixo algumas dicas:

1-DEFINA SEU NICHO

A primeira coisa a ser feita é definir seu nicho, o público que você deseja atingir. Quanto mais direcionado, maiores as chances de ter sucesso nas redes sociais e o retorno se mantém sempre positivo. Mas é importante escolher um nicho no qual você já tenha afinidade e conhecimento para criar ações mais adequadas.

2-PLANEJE SEU CONTEÚDO

Após definir seu nicho, a segunda etapa é planejar seu conteúdo, pois as pessoas buscam cada vez mais conteúdo de qualidade. Um influenciador é um comunicador, os assuntos postados tem que ser coerentes, frequentes e diferenciados.

3-TENHA CONSTÂNCIA

Definido seu conteúdo, faça ao menos um post por dia. Não adianta postar só uma vez por semana, é preciso definir uma estratégia, ter um frequência, mas sem exageros. Se você tem engajamento e muito conteúdo a ser postado, vá com calma, faça ao menos três posts por dia.

4-SEJA PROFISSIONAL

Se você acredita que já pode dar resultados, seja profissional ao abordar seus parceiros. Envie mensagens expondo por que você acredita que a parceria pode ser favorável para o parceiro em potencial. Se atente aos erros de português.

5-TENHA UM MÍDIA KIT

O Mídia Kit é uma apresentação, pessoal, das suas redes sociais, com seus números de audiência e os resultados que já deu para outros parceiros. É um tipo de proposta comercial com sua estratégia de publicação para as parcerias conhecerem melhor seu trabalho.

6-DÊ A CARA A TAPA

Grave vídeos, stories, converse com seus seguidores, crie enquetes, faça com que as pessoas tenham interesse em participar dos seus posts.

7-FOCO NOS RESULTADOS

Fechada a parceria, esforce-se ao máximo para gerar resultados ao seu parceiro, pois as pessoas só contratam influenciadores que geram vendas.

8-USE A TECNOLOGIA A SEU FAVOR

É possível fazer tudo com seu celular, pois existem uma série de ferramentas e aplicativos gratuitos que ajudam a deixar suas redes sociais com um aspecto mais profissional. Abuse dessa vantagem!

Com qualidade, constância e coerência é possível se tornar um ótimo influenciador digital e ainda rentabilizar com isso.

Quer se tornar um influenciador digital e precisa de ajuda para começar? Clique aqui e agende uma consultoria conosco!

Camila Ferraz é colaboradora do blog Social Media Tips. Essa geminiana, formada em Marketing, cursa o último ano de Direito. Trabalha em um escritório de advocacia, mas sempre foi apaixonada por escrever, pelo mundo .jpg

Como trabalhar com Micro Influenciadores

O marketing de influência é uma tendência em constante crescimento, ainda mais com o poder da comunicação boca a boca que ganhou mais força com a chegada das redes sociais. São cerca de 83% de consumidores muito mais exigentes e criteriosos, que confiam e tomam decisões com base na opinião de outros consumidores.

Um estudo recente realizado com 500 mil perfis no Instagram identificou que influenciadores com até mil seguidores geram engajamento de até 9.7%, 5x o engajamento dos influenciadores que possuem mais de 100 mil seguidores. O estudo mostra que os micro influenciadores possuem maior engajamento e valor do que um influenciador digital mais conhecido, pois tem seus interesses focados em apenas um nicho, tornando-se mais relevantes para seus seguidores.

Uma empresa que escolhe trabalhar com um micro influenciador tem um custo mais baixo nas suas ações, pois eles são vistos como uma fonte confiável quando se trata de recomendações, causando um maior impacto no comportamento de outros consumidores, e essa relevância leva a um maior engajamento. O significado disso é que, além de gerar uma maior resultado, os micro influenciadores dão um valor maior ao dinheiro que foi pago.

Para trabalhar com um micro influenciador, como em qualquer outro negócio, é preciso conhecer seu público-alvo, e encontrar um micro influenciador que esteja voltado para o mesmo nicho que a empresa quer atingir, além de avaliar custos por engajamento.

Otimizando o desempenho de micro influenciadores do momento certo, aliado as respostas do marketing de conteúdo, é possível utilizar as melhores estratégias e alcançar melhores objetivos. Além de encorajar o consumo de maneira sensata e efetiva.

Enquanto as grandes empresas estão ocupadas buscando pesquisadores macro, você pode estar colaborando com esses tipos de influenciadores que não são tão caros, mas têm uma influência maior sobre seus seguidores.

Por isso, se está pensando em trabalhar com um micro-influenciador, primeiro você precisa saber como encontrar o mais adequado para sua marca:

5 dicas para encontrar micro influenciadores

1. Pesquise sua lista de seguidores

Antes de tudo, estude sua lista de seguidores nas suas redes sociais e veja se não existe algum influenciador que já conhece sua marca e talvez esteja mais disposto a ajudar a promover sua marca.

2. Pesquise hashtags do seu mercado

Você pode pesquisar por hashtags mais específicas (palavras-chave) do seu mercado para para encontrar micro-influenciadores que já se interessam pela sua área de atuação.

3. Procure blogueiros locais

Se o seu negócio for local, pode ser uma boa ideia buscar influenciadores da sua região.

4. Use ferramentas para pesquisar

Algumas ferramentas como Buzzsumo e Klear e pode ajudar com pesquisas rápidas de influenciadores em alguns segmentos.

5. Use o Google

E não esqueça de usar o Google para encontrar blogs e pessoas influentes no seu mercado.

Agora que você encontrou os melhores micro influenciadores para seu negócio, você pode começar a planejar sua campanha.

E você, já trabalhou com micro-influenciadores? Conte para nós suas dicas.