3 formas de se diferenciar nas mídias sociais

A internet é um ambiente que está ao alcance de todos, e as redes sociais se tornaram um dos principais canais de interação em todo o mundo. Nessas plataformas, marcas de diferentes segmentos e portes dividem espaço com os usuários e brigam pela atenção do consumidor, que está cada vez mais atento e exigente em relação ao tipo de conteúdo que as empresas postam.

A aproximação da marca com seu público-alvo, entretanto, não é uma tarefa tão simples de ser executada — especialmente em um ambiente tão concorrido como as mídias sociais. Para atrair e conquistar a atenção do público, portanto, é necessário produzir e oferecer conteúdo relevante e diferenciado. Saiba como fazer isso a seguir:

3 formas de se diferenciar nas redes sociais

1. Seja criativo, divertido e interativo

Ter criatividade para sair da mesmice e oferecer conteúdo divertido é uma eficiente maneira de chamar a atenção dos usuários e diferenciar sua marca. Por isso, invista em intervenções criativas e conteúdos bem-humorados para abordar temas referentes a seus produtos, responsabilidade social e os assuntos mais comentados do momento.

Além disso, é importante sempre incentivar os usuários a interagirem com sua página por meio de postagens com perguntas ou que estimulem o compartilhamento. Sempre converse com seus seguidores, respondendo perguntas e construindo uma imagem mais humana de sua marca. Aproximar-se do consumidor é um excelente diferencial!

2. Tenha transparência e autenticidade

Uma vez que a comunicação na internet é multilateral, sua empresa certamente acabará recebendo críticas e reclamações. Saber administrar comentários negativos, responder críticas e dúvidas sempre que possível e resolver problemas diretamente nas mídias sociais é muito positivo para a imagem da sua marca.

Portanto, em vez de esconder ou ignorar críticas, sempre lide com elas de maneira transparente e confiável. Jamais invente respostas e justificativas que não estejam de acordo com a imagem, os valores e a realidade da sua marca. A autenticidade é tão importante quanto a sinceridade no que diz respeito à sua reputação online.

3. Não fale apenas de você

Não limite seu conteúdo a apenas seu negócio, seus produtos e vantagens que sua empresa oferece. Falar apenas sobre si mesmo faz com que sua página fique repetitiva, cansativa e até perca um pouco de credibilidade.

Em vez de apenas fazer propaganda, prefira mostrar um pouco do conhecimento que sua empresa possuía respeito do seu segmento de atuação. Poste conteúdo a respeito do mercado como um todo, mostrando como é a atuação da sua marca e indicando ao consumidor que a empresa está atenta às novidades e realmente entende aquilo que faz.

E aí, gostou das dicas? Tem alguma dificuldade para se diferenciar nas mídias sociais? Comente abaixo e iremos ajudar você!

5 Dicas de mídias sociais para franqueadoras

Apesar da crise econômica brasileira em 2016, as franquias conseguiram se destacar e ter um crescimento de 8,3%, chegando a faturar R$ 151,241 bilhões, segundo a Pesquisa de Desempenho do Franchising da Associação Brasileira de Franchising (ABF).

Porém, para que essas franquias se estabeleçam dentro do mercado e consigam atrair mais franqueados é muito importante a utilização das mídias sociais. Por meio delas é possível fortalecer a comunicação da empresa com os clientes, aumentando consideravelmente sua presença dentro desses canais.

Hoje mídias sociais como Twitter, Linkedin, Facebook e Instagram são excelentes ferramentas para divulgar sua marca e criar e nutrir novos relacionamentos com seus parceiros e clientes.  Entretanto, é essencial saber trabalhar dentro dessas mídias para que assim seja possível ampliar o alcance de sua franquia.  

Para ajudar, separamos algumas dicas direcionadas para franqueadoras.

5 Dicas de mídias sociais para franqueadoras

1) Mantenha suas redes sociais atualizadas

Sempre mantenha atualizado o conteúdo e as informações da empresa. Nunca esqueça de modificar no seu site, Facebook, Instagram, blog, Twitter e Linkedin, o número de telefone, e-mail, endereço em caso de mudanças. Além disso, é imprescindível gerar conteúdo com regularidade, para mostrar aos seus clientes a sua proximidade com eles.

2) Tenha uma página no Facebook

O Facebook é como um cartão de visita virtual e ter uma página dentro dessa rede social torna mais fácil para as pessoas terem acesso a sua empresa. Além de mostrar que a empresa é profissional e extremamente confiável. Esse canal ainda é uma ótima oportunidade para a franqueadora divulgar seus produtos e serviços, vender mais e interagir com os seus clientes.

3) Crie Conteúdo Relevante

Para manter a audiência e a interação de suas mídias sociais, é preciso desenvolver conteúdos relevantes para os seus clientes. O ideal é somente a franqueadora ter o canal social da marca. No entanto, se os franqueados tiverem contas separadas, é importante eles seguirem um manual de conduta e identidade visual da marca. 

4) Utilize o Instagram

Uma das redes sociais mais utilizadas em todo o mundo, o Instagram é uma ótima ferramenta para as franqueadoras. Através desse canal a empresa consegue atrair a atenção de seus clientes de seus consumidores e clientes em potencial que ainda não conhecem a marca. Uma dica é sempre utilizar as hashtags, caprichar nas imagens e vídeos para a divulgação de novos produtos e serviços.

5) Crie estratégias nos canais certos

Não adianta sair criando diversos perfis nas redes sociais, desenvolva apenas a sua estratégia nos canais que possuam uma relação com o seu negócio. Por isso, é muito importante saber quais os canais mais utilizados pelo seu público-alvo, para que assim você consiga desenvolver a melhor estratégia de divulgação para sua franquia.

E sua franquia, utiliza as mídias sociais para ampliar seu negócio? Conte para nós!

Como utilizar o Linkedin para captar clientes

Com mais de 25 milhões de usuários, o Linkedin registrou o ano passado um aumento de 25% em sua base aqui no Brasil. Direcionada para os profissionais fazerem networking, prospectar clientes, gerar leads e fazer contatos que podem ser importantes para sua carreira ou empresa, essa rede social se tornou a maior ferramenta de negócios de todo o mundo.

O Linkedin possui uma enorme base de dados, integração com ferramentas de Inteligência Comercial e várias maneiras para que as empresas consigam captar novos clientes. O Salesloft é uma delas, através desse dispositivo é possível puxar e-mails corporativos relacionados a uma conta da rede social e prospectar mais de 500 leads por dia.

Para ajudá-lo nessa captação de clientes, separamos algumas dicas essenciais para fazer essa prospecção.

4 Dicas para captar clientes através do Linkedin

1) Seja presente

Ter uma participação ativa dentro do Linkedin, pode ajudar em sua visibilidade, tornando você referência no setor. Sempre responda as questões abordadas relacionadas a seu ramo de atuação ou atividade.

Promova debates, compartilhe experiência e dê feedbacks mostrando a sua opinião sobre um determinado tema. Nunca esqueça, que essa ferramenta é uma rede direcionada exclusivamente para profissionais e quanto mais pessoas estiverem de olho em você, melhor para encontrar novos clientes.

2) Use o seu perfil para divulgação

Uma das grandes vantagens dessa rede é que você pode divulgar os seus produtos, serviços, trabalhos e projetos sem nenhum custo, além de conseguir gerar novas ideias e estratégias para conquistar e captar novos clientes para o seu negócio.

O ideal é aproveitar ao máximo dessa ferramenta e do seu funcionamento, adicionando fotos e incluindo informações com as descrições das atividades realizadas pela empresa e os produtos oferecidos.

3) Participe de grupos

Uma das melhores maneiras de captar novos clientes é entrar em grupos relacionados ao seu ramo de negócios. Porém, é muito importante que você participe de todos os debates e discussões postadas na página.

Escreva artigos, faça enquetes, obtenha feedbacks, para despertar o interesse das pessoas pelos seus serviços e produtos. O principal objetivo de participar desses grupos, é demostrar seus conhecimentos pelos assuntos abordados de forma que você vire referência sobre o tema.

4) Conquiste clientes via mensagem

Dentro do seu Linkedin assim como outras redes sociais, é possível entrar em contato com as pessoas através de mensagens. Você ainda pode utilizar a ferramenta de busca para encontrar os clientes perfeitos e ideais para sua empresa.

Após encontrar esses prováveis clientes, você pode enviar informações sobre o seu produto e o seu negócio via e-mail, tornando mais fácil o contato com eles.

Gostou das nossas dicas? Já usou o LinkedIn para captar clientes? Compartilhe conosco sua experiência nos comentários! 

 

5 ferramentas de mídias sociais que você precisa usar

As redes sociais são a principal ferramenta de marketing da atualidade. Essa tendência é justificada especialmente por conta da quantidade de usuários que acessam diariamente esse tipo de plataforma, consumindo e compartilhando conteúdo com seus amigos e conhecidos.

Os usuários estão constantemente expressando suas opiniões, compartilhando ideias e espalhando mensagens. Por isso, trabalhar uma marca nas redes sociais é a maneira mais eficiente de atingir seu público-alvo e espalhar sua mensagem.

Existem diversas ferramentas de gerenciamento de mídias sociais que otimizam sua participação nas redes sociais, ajudam a obter mais tráfego, aprimorar sua interação online e conquistar novos seguidores e clientes. Conheça cinco delas a seguir:

BuzzSumo

Esta ferramenta gratuita permite o monitoramento da audiência e levantamento dos assuntos que estão sendo mais comentadas no momento — ou seja, gerando mais “buzz”.

Esta é uma grande companheira do marketing de conteúdo, pois permite a identificação dos assuntos mais comentados em determinado segmento e realiza buscas específicas para diferentes plataformas (apontando o assunto de maior engajamento no Facebook ou Twitter, por exemplo).

Bitly

O Bitly é um encurtador de URL que permite a personalização do endereço. É uma excelente ferramenta para a publicação de links, especialmente em redes sociais em que as publicações têm limite de caracteres — como Twitter. A possibilidade de personalizar a URL é uma vantagem que deixa seu link mais atraente e possibilita a utilização de palavras-chave.

Hootsuite

Ideal para quem gerencia mais de uma rede social ao mesmo tempo, o Hootsuite reune todas as contas em um só lugar. A ferramenta permite agendamento de postagens para diferentes redes ao mesmo tempo, bem como acompanhamento de resultados, encurtamento de links e interação com os seguidores. Tudo isso em um mesmo painel.

Canva

O visual é muito importante nas redes sociais e, em geral, quanto mais bonitas e coloridas forem as imagens, mais atrativa é a postagem. O Canva é uma ferramenta que possibilita justamente a criação de imagens e gráficos de maneira prática e ágil. No formato gratuito, plataforma possibilita a criação de memes, banners, cartões, convites, anúncios e capas. Você só paga se baixar imagens pagas. Há uma versão paga mais completa.

Iconosquare

Excelente ferramenta para análise do seu perfil no Instagram. Ele mostra fotos mais curtidas, com maior engajamento, melhores horários para publicar, quantidade de fãs novos por dia e semana e informações de perfis concorrentes. Há uma versão gratuita por 7 dias que mostra diversas informações interessantes sobre seu perfil.

Later

Ferramenta para agendamento e gestão de posts no Instagram. Tem uma versão gratuita e pode ser usada no desktop e pelo smartphone.

Bom essas foram algumas ferramentas para ajudar você na gestão das suas redes sociais. E você, tem mais alguma que queira compartilhar conosco? Coloque nos comentários!

7 dicas para aumentar seu mailing com as mídias sociais

Com o marketing digital se destacando cada vez mais como principal canal de comunicação e interação entre marcas e seus clientes, a elaboração de um mailingqualificado se torna uma ação essencial para empresas que desejam se destacar no mercado e conquistar consumidores fidelizados. Este mailing consiste em uma lista de contatos que podem se interessar pelos produtos/serviços oferecidos pela marca, de modo a gerar melhores oportunidades de conversão.

Muitas empresas cometem o erro de comprar uma lista de e-mail pronta, com contatos aleatórios e que não estão necessariamente interessadas em fazer negócios com a organização ou não têm o desejo de manter um relacionamento com a marca. Esta é uma ação que compromete a estratégia de marketing porque essas pessoas não estão entre o público-alvo da empresa e tentar convencê-las a comprar pode ser desgastante para ambas as partes.

O ideal, portanto, é que você construa um mailing qualificado do zero. Isso pode ser feito com base nos consumidores que você já conquistou e por meio da geração de conteúdo de qualidade, capaz de gerar leads rapidamente. As mídias sociais podem ser de grande ajuda neste processo, contribuindo diretamente para aumentar seu mailing de forma assertiva. Confira algumas dicas de como fazer isso a seguir:

7 dicas para aumentar seu mailing com as mídias sociais

1. Direcione seu público

Incentive o público a ir aonde você deseja e tomar as ações que você espera. Isso pode ser feito de diversas maneiras, tais como: inserção de botões incentivando a assinatura do newsletter da empresa, criação de landind pages que peçam o contato do usuário, divulgação de e-books com conteúdo de qualidade para serem enviados por e-mail e até disponibilização de material que exige a entrada de um e-mail para ser acessado.

2. Utilize mensagens integradas

Incorpore alguns dos conteúdos da sua página, blog ou e-mail marketing à sua página nas redes sociais. Desse modo, você dá uma pequena prova do seu conteúdo ao consumidor, instigando-o a ir em busca de mais.

3. Incentive o compartilhamento

Oferecer conteúdo relevante, informativo ou promocional faz com que suas publicações sejam compartilhadas de maneira rápida e natural. Não se esqueça de sempre inserir links e convidar os usuários a curtir entrar em sua página e assinar sua newsletter, por exemplo.

4. Crie concursos culturais

Elabore concursos culturais que sejam do interesse do público e, no momento da inscrição, peça para que os candidatos informem um e-mail para contato. Esta também é uma excelente maneira para conseguir likes e aumentar o alcance da sua página.

5. Invista em conteúdo

Oferecer conteúdo relevante e de qualidade é, provavelmente, a melhor forma de atrair mais pessoas para seu negócio e aumentar seu mailing de forma eficiente. Um bom conteúdo traz audiência e engajamento, o que favorece o seu mailing e o desenvolvimento de relacionamento duradouros com o consumidor. Portanto, invista em blogs, e-books, vídeos e conteúdo de imagem.

6. Aposte no call to action

Sempre que possível, convide seus seguidores a se inscrever em sua página ou fornecer suas informações de contato de alguma forma. Tenha cuidado, apenas, para que isso seja feito de maneira que pareça natural, e não intrusiva ou insistente.

7. Reposicione e personalize seu conteúdo

Cada tipo de canal possui linguagem própria, e é importante adequar seu conteúdo a cada um desses locais. Uma excelente maneira de fazer isso é por meio do reaproveitamento do conteúdo, uma estratégia que consiste em dividir textos da sua newsletter em pequenas frases para o Twitter ou adaptar o conteúdo para sua fanpage, sempre convidando o leitor a se inscrever.

Que tal colaborar com o nosso mailing? rs Quer receber novidades e dicas de mídias sociais diretamente em seu e-mail? Inscreva-se em nossa newsletter 

O que é o Shadowban e 5 dicas para evitar a queda de engajamento no Instagram

Você notou uma queda no seu engajamento recentemente? Seus seguidores diminuíram? Não aparece em algumas hashtags? Então talvez sua conta tenha sido afetada pelo “shadowban” do Instagram.

Não tem ideia do que seja “shadowban”? Então leia esse post para entender o que é e como evitar ser atingido por esse banimento do Instagram.

O que é o “Instagram Shadowban”?

“Shadowban” é um termo em inglês usado para o ato de bloquear um usuário de uma plataforma online sem que ele perceba que ela foi banido. No caso do “shadowban” do Instagram, os posts das contas que foram atingidas não são mostrados para outros usuários, além dos seus seguidores.

Se você usa certas hashtags nos seus posts e for afetado pela “shadowban”, seus posts não serão mostrados para outros usuários se eles buscarem pelas mesmas hashtags que você usa. Com isso, suas possibilidades de ganhar mais seguidores, mais engajamento e mais alcance diminuem muito.

Bom, por isso, pesquisamos um pouco sobre esse “shadowban” do Instagram e selecionamentos algumas dicas para evitar ter sua conta impactada por ela:

1.    Não use robôs para aumentar seus seguidores

Se você usa algum software que utiliza robôs para curtir, comentar e aumentar seus seguidores, é bem provável que corra o risco de ser banido. O Instagram recentemente atualizou seu algoritmo para eliminar contas falsas e atividades de robôs, então o algoritmo dele está atento a contas que usam esses softwares.

2.    Não use hashtags banidas pela rede social

Existe uma lista enorme de hashtags que estão na mira do Instagram. São hashtags que foram denunciadas por uso inapropriado de usuários (nudismo, spam, preconceito).

3.    Não exceda o número limite para seguir e curtir

Não use nenhuma estratégia para crescimento rápido, como curtir vários posts e seguir vários perfis num dia só. Com isso, o Instagram pode entender que você está usando um robô e banir seu perfil.

4.    Evite ser denunciado por outros usuários

Se o seu perfil for denunciado por vários usuários, ele também estará na mira do Instagram. Por isso, não arrisque postar algo que não siga as regras da rede social nesse momento ou posts muito polêmicos ou que podem ser mal interpretados pelos seus seguidores.

5.    Cuidado com a quantidade de hashtags

Nesse momento, sugiro que não arrisque usar mais que as 30 hashtags que são permitidas pelo Instagram. Muita gente usa 30 hashtags em um comentário e outras 30 em outro comentário. Não faça isso!

Essas foram as dicas que pesquisamos até esse momento. Mas como o algoritmo do Instagram está mudando a todo momento, tudo isso pode mudar em pouco tempo. Se tiver mais alguma informação sobre o “shadowban” do Instagram, compartilhe conosco e comente abaixo.

5 maneiras de usar o Snapchat para sua empresa

snapchatempresa.png

Já pensou em usar o Snapchat para seu negócio? Popular aplicativo de compartilhamento de fotos e vídeos, o Snapchat possui um grande diferencial das demais redes sociais que oferecem um serviço semelhante: o conteúdo postado nesta plataforma fica disponível para ser visualizado por, no máximo, 10 segundos. Essas publicações não ficam armazenadas em nenhum lugar, desaparecendo completamente após o tempo limite de exibição. 

Essa característica muda completamente a relação do usuário com o conteúdo — que se torna muito mais dinâmico, criativo e divertido. Trata-se, portanto, de uma excelente ferramenta para a divulgação de uma marca: por meio do Snapchat é possível interagir com o público de maneira mais descontraída, gerando um engajamento maior também. O aplicativo também pode ser utilizado para divulgar promoções e até para realizar concursos em tempo real.

Confira, a seguir, 5 dicas de como usar o Snapchat para divulgar sua empresa:

Lançamento de produtos

Disponibilize previews de algum produto que ainda não foi lançado, despertando a curiosidade de seus seguidores. Para isso, você pode mostrar o produto sendo fabricado, como ele funciona e até trazer a reação das pessoas que estão entrando em contato com o item pela primeira vez.

Concursos e promoções

Faça snaps para avisar seus seguidores a respeito de alguma promoção, divulgando cupons de desconto. Além disso, é possível incentivar a interação com os seguidores por meio de concursos ou desafios que devem ser cumpridos diretamente no aplicativo. Você pode, por exemplo, solicitar o envio de desenhos criativos, uma foto com determinado produto ou até um pequeno vídeo divertido. Não esqueça de premiar os participantes.

Interação com fãs e clientes

Publique um pouco de conteúdo “despretensioso”, isto é: que não tem a intenção de divulgar ou vender nenhum produto específico, mas de apenas fortalecer a presença da marca junto com os seguidores. Lembre-se de ser divertido e de se mostrar ligado nas piadas da internet, sempre gerando uma boa experiência para o consumidor.

Divulgação de conteúdo exclusivo

Aproveite o Snapchat para mostrar os bastidores da sua empresa, registrando o que está acontecendo durante a preparação de algum evento, alguma brincadeira saudável entre seus funcionários e até o depoimento de algum cliente. Tenha o cuidado de escolher apenas momentos que não merecem ser eternizados, pois a publicação sumirá após alguns segundos.

Ações de venda

Sempre que alguma coisa estiver acontecendo na sua empresa, aproveite o Snapchat para avisar os fãs da sua marca. Queimas de estoque, promoções relâmpago e descontos especiais podem ser anunciados na plataforma com alguns dias ou horas de antecedência. Tome o cuidado, apenas, de não bombardear seus seguidores com anúncios de promoção. Tenha bom senso e saiba dosar interação com divulgação.

Bom, essas foram algumas dicas para você usar o Snapchat para sua empresa, mas existem muitas outras. Quer compartilhar sua dica conosco? Coloque nos comentários! E nos siga por lá: @prdigital!

Quer aprender mais sobre redes sociais? Baixe abaixo esse e-book com 16 dicas para criar um post de Sucesso no Facebook!

post-blog

O “Dislike” e sua Reputação Online

dislike_reputacao_onlineSe as pessoas podem dar um “joinha negativo” para meus posts, como isso irá influenciar a reputação da minha marca?

Essa semana, a internet foi a loucura com o provável anúncio de um botão “não curti” ou “dislike” no Facebook. Várias empresas desesperadas, as pessoas com medo de a rede virar uma guerra, gente já apagando aqueles posts mais duvidosos rs Antes de mais nada, calma! Nosso querido Mark Zuckerberg não confirmou que realmente irá existir esse botão, ele comentou que, claro, há algum tempo as pessoas questionam sobre isso e que estão fazendo alguns testes com novas ferramentas de interação, mas não necessariamente o “não curti”.

A preocupação dele é com posts que abordem uma tragédia, um momento de luto, algo triste e que hoje, a única forma das pessoas interagirem com essas mensagens é por meio do curtir ou então de um comentário. De qualquer forma, tudo isso está sendo testado e temos que esperar mais um pouco para entender como será essa nova forma de interação.

Contudo, toda essa discussão do dislike trouxe à tona a preocupação (ou não) das empresas com sua reputação online. Se realmente tivermos esse botão, as pessoas poderão manifestar que não gostam da minha marca? Como ficará minha reputação nessa história? Se você começou a se preocupar com isso apenas depois desse anúncio, já aviso que está tudo errado!

Muito antes de ter ou não esse botão, se seus clientes não estão satisfeitas com sua empresa, eles já possuem milhares de formas de manifestar isso na internet, de forma pública e bastante ampla! Seja por meio de uma publicação no Facebook, um vídeo, blog e outras diversas redes sociais, então antes de se preocupar com o tal “dislike”, fique atento com a reputação atual da sua marca.

Sempre comento aqui que independente da sua marca estar ou não nas redes sociais, as pessoas já falam de você, por isso o ideal é ter justamente o seu canal para canalizar essas menções e poder respondê-las, é claro!

Já parou para pensar no que seu público fala sobre você? Canais como Facebook, Instagram, Pinterest, Twitter são todos redes sociais, ou seja, redes de “conversa”, então quando você insere sua empresa neles, deve estar pronto não só para falar, como também ouvir. Por isso, monitore! Existem diversas ferramentas gratuitas, inclusive, aqui você pode baixar uma lista que preparamos com 30 delas, nas quais pode utilizar para monitorar não só o que falam só da sua marca, como de você, seus concorrentes e seu mercado.

Legal, estou monitorando aqui minha marca e tem várias menções sobre meu serviço ou meu produto, o que eu faço? Responda! Uma das principais formas de ter uma boa reputação online é dar atenção ao seu público, independente de ser uma reclamação, uma crítica, um elogio, um posicionamento neutro, uma dúvida, responda sempre! Mesmo que seja uma reclamação mais complexa, que você levará um certo tempo para conseguir resolver, RESPONDA! Informe que você está ciente desse problema e que está fazendo o possível para resolvê-lo. Mesmo que algumas pessoas estejam insatisfeitas com sua empresa, apenas o fato de dar atenção a elas e tentar buscar uma solução, já dará outra visão para o seu negócio.

Além do monitoramento, uma estratégia essencial para ter uma boa reputação online é por meio de conteúdo. Compartilhe conhecimento e produza conteúdo relevante e de qualidade, seja por meio de vídeo, imagens, posts no blog, identifique quais são as dores e dúvidas do seu público e crie conteúdo que colabore com o dia a dia dessas pessoas.

O fato de produzir conteúdo relevante com frequência, além de ampliar a divulgação da sua marca, também a ajudará a ter uma boa reputação online, afinal, ao buscar por assuntos relacionados ao seu setor, seu público encontrará diversas informações positivas, conteúdos de qualidade, ou seja, a credibilidade e confiança no seu negócio será muito maior.

Reputação Online não é criada do dia para a noite, mas pode ser destruída de uma hora para a outra, então independente de haver ou não um botão que permita que as pessoas expressem que não gostaram do seu conteúdo, sua reputação é algo que merece atenção sempre, pois muito além do tal “dislike”, já estão disponíveis aí outras diversas formas das pessoas manifestarem o “não curti” para o seu negócio.

E aí, se realmente tivermos essa nova funcionalidade no Facebook, o que acharam da ideia? Deixe sua opinião nos comentários!

o

5 Dicas para ter um Blog de Sucesso!

Muitos tem vontade de criar um blog, mas não sabem como começar ou como fazer o blog dar certo.

Por isso, chega de desculpas e comece agora o seu blog. ;-)

Para ajudar você a começar seu blog, separei as 5 dicas que usamos aqui na empresa. Aqui vão elas:

#1 – Construa Conteúdo Relevante

Foque na construção de conteúdo de qualidade. É melhor você atualizar menos o seu blog, mas com conteúdo que realmente vai chamar a atenção do que atualizar diariamente com qualquer conteúdo.

Como diz o blogueiro Henrique Carvalho, fundador do Viver de Blog, a consistência da publicação ajuda, mas muito mais importante que isso é a qualidade do que se publica. Quando você posta diariamente qualquer conteúdo vai ser só mais um no mar de conteúdo que existe na internet.

IMG_1621

O primeiro passo para construir um blog de sucesso é construir conteúdo relevante.

As pessoas estão sempre em busca da solução para seus problemas, portanto se você oferecer a solução para os problemas delas na sua área de atuação você terá sucesso no seu conteúdo.

Se você for útil para elas, elas irão se lembrar de você.

Descubra as dores do seu público-alvo e ofereça conteúdo que apresente a solução para elas.

#2 Tenha uma Frequência

Comece a postar pelo menos uma vez por semana. Não espere ser perfeito nos primeiros posts. Você vai demorar um pouquinho para escrever os primeiros artigos, mas depois pegará o jeito.

Para facilitar, escreva em arquivo todas as suas ideias para posts. E separe um dia para escrever vários posts de uma vez.

#3 Pense numa Estratégia de Divulgação

Se relacione com outras pessoas relevantes da sua área de atuação e crie uma estratégia de divulgação para seu blog. Você pode divulgar seus posts nas mídias sociais e até promover os posts pelo Facebook.

#4 Aprende um pouco de SEO

Realmente a melhor estratégia de SEO (Search Engine Optimization) é construir o melhor conteúdo sobre o tópico que está tratando, mas é sempre bom conhecer um pouco sobre as técnicas de SEO para otimizar seu blog no Google.

De qualquer forma, a dica é utilizar a ferramenta de palavras-chaves do Google para saber o que as pessoas querem saber sobre o tema e responder a dúvida delas no seu post.

Além disso, utilize um plugin de SEO no seu blog. Existem vários. Com ele, você já consegue analisar se seu post está seguindo as técnicas de SEO.

#5 Pense no longo prazo

Não espere resultados imediatos com seu blog.  Seu blog vai demorar um pouco para começar a aparecer nas primeiras posições do Google e você precisa investir tempo na construção da sua audiência.

E você, já tem um blog? Está pensando em começar um? Deixe um comentário abaixo para nos contar se essas dicas funcionaram para você! Queremos saber... ;-)

post-blog

 

5 maneiras de fugir da crise com o Marketing Digital

Como fugir da criseCRISE! CRISE! CRISE! Ela está em toda parte! Atualmente, basta dar uma olhada no jornal, na internet, assistir TV que com certeza você verá essa palavra em algum lugar. E se eu disser que esse é o melhor momento para você alavancar o seu negócio?  Acredito que me achará doida, certo? rs Mas é possível sim! Tanto que nos últimos meses, além de todos os pontos negativos que esse momento do país trouxe para muitos empresários, foi possível observar empreendedores que utilizaram a crise como oportunidade! Afinal, são nos momentos mais difíceis que acabam surgindo as melhores ideias!

Uma das formas de fugir dessa crise é por meio do Marketing Digital, que exige um investimento bem menor que o marketing tradicional e ainda abre portas para diversas outras oportunidades. Quer saber como?  Veja essas 5 maneiras abaixo.

1. Amplie seu alcance e consiga mais clientes

Mais de 90 milhões de brasileiros possuem acesso a internet, já pensou em ter o seu negócio visível para boa parte dessas pessoas? Independente de ser uma empresa B2B ou B2C, a internet tem um grande potencial para você ampliar o alcance do nome da sua marca e consequentemente conseguir mais clientes. Comece com um site, é uma forma de fazer com que aquela divulgação local de seus produtos e serviços seja  nacional.

O próximo passo é fazer com que as pessoas encontrem esse site, aí é a hora de trabalhar com SEO, estratégias que fazem com que seu endereço apareça em boas posições em sites de busca na procura por palavras chaves relacionadas ao seu negócio. Escolha uma plataforma que facilite o gerenciamento do seu canal sem depender sempre de um profissional, como o próprio wordpress, por exemplo.

Deixe suas formas de contato bem visíveis e caso tenha um endereço físico, não esqueça de incluí-lo no Google Maps. Ampliar o alcance e ser encontrado, essa é a chave de utilizar a internet para alavancar o seu negócio!

E-mails! Com uma lista bem segmentada de e-mails de pessoas interessadas no seu negócio, sem sair de casa, você já tem aí diversos possíveis clientes.

2. Reduza Custos

Já parou para pensar no alcance e nos custos de um anúncio no jornal, revista ou até mesmo na TV e no rádio? Quantas pessoas você conseguirá impactar? Bom, garanto que o número de pessoas impactadas é bem menor e o custo maior do que uma divulgação na internet. Só com os anúncios do Facebook, por exemplo, com 5 reais diários, você já consegue divulgar o seu negócio para mais de 1 bilhão de usuários da rede em todo o mundo.

Com o marketing digital, você também pode reduzir custos com sua estrutura, divulgando e fazendo negócios online, a necessidade de um local para atender clientes e manter uma grande equipe acabam não sendo mais necessários.

A internet também proporciona diversas formas de divulgação do seu negócio de forma gratuita, como por meio das mídias sociais e criando sua autoridade através de conteúdo relevante.

3. Use as Mídias Sociais a seu favor

Conforme comentei no tópico anterior, você não precisa pagar para estar no Instagram, Facebook ou no YouTube. Que tal utilizar isso a seu favor? Afinal, provavelmente o seu público-alvo utiliza uma dessas plataformas e existem diversas formas de você se aproveitar disso.

Utilize as mídias sociais para se aproximar do seu público-alvo e se relacionar com ele, compartilhe conteúdo relevante, troque informações, apresente seu negócio como uma solução para as principais dúvidas e problemas dessas pessoas (apenas cuidado para não tornar seu canal muito comercial).

As mídias sociais também são uma forma de criar uma boa reputação online para você e seu negócio. Lembre-se sempre que as pessoas só compram seu produto ou contratam seu serviço se confiarem em você, então ter uma boa reputação é essencial. Não seja apenas mais um canal, ofereça informação de qualidade e que realmente faça a diferença no dia a dia das pessoas.

4. Crie sua autoridade por meio de conteúdo

Lembra no tópico anterior, quando comentei que as pessoas só compram se elas confiarem em você? Então, ser uma autoridade no meio digital é essencial. E para isso, você precisa contratar uma super agência,ter milhares de pessoas, várias ferramentas caras, certo? Não! Você pode se tornar uma autoridade por meio de conteúdo relacionado ao seu setor, e compartilhar conhecimento, adivinha? É gratuito! Isso ninguém pode tirar de você :)

Quando você tem alguma dúvida ou busca por informações sobre determinado tema, qual a primeira coisa que você faz? Busca na internet, certo? Bom, tenha certeza que seu público faz a mesma coisa. Crie um blog, vídeos para o YouTube, alimente suas mídias sociais com o seu conhecimento.

Imagine um advogado, se você não tem nenhuma referência dele e ao buscar por informações sobre uma dúvida jurídica, encontra um profissional com diversos vídeos, posts em blogs, artigos, participações em fóruns online compartilhando seu conhecimento? As chances de pelo menos querer conhecer melhor o trabalho dele são muito maiores, concorda?

5. Encontre novas oportunidades

A crise é o melhor momento para encontrar novas oportunidades de negócio e a internet é o lugar ideal para isso, tanto para iniciar algo novo, quanto para complementar e consequentemente melhorar seu negócio. Reflita sobre sua estrutura atual, nos produtos e serviços que comercializa, existe alguma forma de otimizar processos e levar isso para a internet?

Já pensou em criar produtos digitais? Que tal começar a compartilhar seu conhecimento por meio de ebooks e palestras?  Lembre-se que na atualidade, o que as pessoas mais buscam é facilidade e o marketing digital pode proporcionar isso, uma solução a poucos cliques.

Lembre-se que você está investindo no futuro, com os celulares, a internet está cada vez mais presente em todos os lugares e durante todo o tempo na vida das pessoas, então essa é sua chance de sair na frente da concorrência e conquistar seu espaço.

E aí, como vocês estão lidando com a crise? Compartilhe com a gente nos comentários!

#TuesdayTips: Como escolher a melhor rede social para sua Empresa!

como escolher a melhor rede social para sua empresa  

Muita gente acha bonito criar várias redes sociais para sua marca, mas não tem tempo nem dinheiro para investir em todas elas. Muitas vezes acaba deixando as redes sociais abandonadas.

A boa notícia é que sua empresa não precisa estar em todas as redes sociais que existem. Você deve escolher somente aquelas que irão dar um retorno para sua marca. Não sabe como fazer isso?

Então não perca esse episódio da #TuesdayTips!

tt

Quero muito saber o que achou dessas dicas nos comentários abaixo. Conte sua experiência, sua história ou compartilhe suas dúvidas conosco!

Se você gostou desse vídeo, por favor compartilhe com todos os seus amigos, parceiros, clientes – qualquer um que você achar que poderia aproveitar esse conteúdo para crescer pessoalmente ou profissionalmente.

Obrigada e um grande abraço! ;-)

Bibiana

post-blog

 

 

 

#TuesdayTips: Como Construir Autoridade mesmo Tendo Começado seu Negócio Agora!

tt Acabou de abrir sua empresa, mas não sabe como mostrar sua Autoridade no Mercado?

Isso pode ser bem difícil mesmo, já que você não tem clientes, cases de sucesso e nem uma reputação ainda.

Por isso, selecionei 3 dicas para você conseguir construir sua Autoridade mesmo tendo começado agora seu negócio.

Assista esse episódio da #TuesdayTips, pois tenho certeza que vai te ajudar!

tt12

Quero muito saber o que achou dessas dicas nos comentários abaixo. Conte sua experiência, sua história ou compartilhe suas dúvidas conosco!

Se você gostou desse vídeo, por favor compartilhe com todos os seus amigos, parceiros, clientes – qualquer um que você achar que poderia aproveitar esse conteúdo para crescer pessoalmente ou profissionalmente.

Obrigada e um grande abraço! ;-)

Bibiana

post-blog

 

 

 

 

#TuesdayTips: Como usar as Mídias Sociais para um E-Commerce!

tt2Costumamos dizer que você não precisa estar em todas as redes sociais que existem, mas sim onde seus clientes estão. No caso de um e-commerce, em os clientes estão com toda a certeza na Internet e nas redes sociais,  é essencial ter uma estratégia nas mídia sociais. Muitas lojas virtuais erram ao colocar conteúdo muito comercial e promocional. Lembre-se que sua audiência só irá comprar de você se ela CONHECER, GOSTAR E CONFIAR em você!

Por isso sua estratégia deve ser conquistar seus fãs e seguidores nas mídias sociais. Para responder como uma e-commerce pode aproveitar as mídias sociais, gravamos esse episódio da #TuesdayTips! Não perca! thumbtt

Quero muito saber o que achou dessas dicas nos comentários abaixo. Conte sua experiência, sua história ou compartilhe suas dúvidas conosco!

Se você gostou desse vídeo, por favor compartilhe com todos os seus amigos, parceiros, clientes – qualquer um que você achar que poderia aproveitar esse conteúdo para crescer pessoalmente ou profissionalmente.

Obrigada e um grande abraço! ;-)

post-blog

Como Lidar com Comentários Negativos nas Redes Sociais!

como lidar com comentários negativosSe você já recebeu um comentário negativo nas mídias sociais, você sabe o quanto isso pode ser complicado!

No entanto, como não somos perfeitos, não estamos livres de receber uma crítica na internet.

Um comentário negativo não pode ser ignorado e existem formas mais estratégicas para lidar com ele.

No vídeo, falo sobre como lidar com comentários negativos da melhor forma! Portanto, não perca esse episódio!

Como lidar com comentários negativos na internet

Quero muito saber o que achou dessas dicas nos comentários abaixo. Conte sua experiência, sua história ou compartilhe suas dúvidas conosco!

Se você gostou desse vídeo, por favor compartilhe com todos os seus amigos, parceiros, clientes – qualquer um que você achar que poderia aproveitar esse conteúdo para crescer pessoalmente ou profissionalmente.

Obrigada e um grande abraço! ;-)

post-blog

 

#TuesdayTips: Como escolher entre um site e uma fanpage!

como escolher entre ter um site e uma fanpageVocê está iniciando um negócio e não sabe se deve criar um site ou uma fanpage? Muitas pessoas tem essa dúvida e não sabem se ainda vale a pena investir em um site. O que costumamos dizer é que hoje realmente é possível ter uma empresa sem um site, mas não é possível ter um negócio sem fanpage!

O mundo ideal seria ter os dois, por diversos motivos, mas não sempre há verba para isso quando se está começando...

Bom para responder essa dúvida, assista o episódio dessa semana da #TuesdayTips, em que respondemos qual é a melhor opção para seu negócio. Como escolher entre uma fanpage e um site Quero muito saber o que achou dessas dicas nos comentários abaixo. Conte sua experiência, sua história ou compartilhe suas dúvidas conosco!

Se você gostou desse vídeo, por favor compartilhe com todos os seus amigos, parceiros, clientes – qualquer um que você achar que poderia aproveitar esse conteúdo para crescer pessoalmente ou profissionalmente.

Obrigada e um grande abraço! ;-)

#TuesdayTips: Como escolher a melhor rede social para sua empresa!

tt9-2 Você está confuso sobre qual rede social escolher para sua empresa?

Antes de sair criando vários canais sociais para sua marca, pense antes e escolha as redes sociais que mais irão dar resultados para sua empresa.

O importante é que você se identifique com as redes sociais escolhidas e esteja onde seus clientes estão!

Mas se você ainda não sabe qual a melhor rede social para estar presente, assista a esse episódio da #TuesdayTips, em que respondemos a dúvida de uma leitora do blog que quer saber como escolher as melhores redes sociais para sua empresa!

Copy of Copy of Copy of Copy of Perdeu a palestra- (1) cópia

Quero muito saber o que achou dessas dicas nos comentários abaixo.

Conte sua experiência, sua história ou compartilhe suas dúvidas conosco! Se você gostou desse vídeo, por favor compartilhe com todos os seus amigos, parceiros, clientes – qualquer um que você achar que poderia aproveitar esse conteúdo para crescer pessoalmente ou profissionalmente.

Obrigada e um grande abraço! ;-)

5 Dicas para você usar o Periscope para seu Negócio

Copy-of-Perdeu-a-palestra-cópia.png

Você já começou a usar o Periscope para sua Empresa? Apesar de ter sido lançado há poucos meses pelo Twitter, o app de transmissão ao vivo pelo celular, já está sendo usado de forma criativa por alguns empreendedores para aumentar a visibilidade dos seus negócios, criar uma audiência e aumentar suas vendas e resultados.

Mas antes de começar suas transmissões ao vivo, um aviso: como toda mídia social, você precisa oferecer algo de valor para sua audiência para que os resultados apareçam!

Nesse post selecionei 5 dicas fáceis e práticas para você iniciar suas transmissões ao vivo e surpreender sua audiência. Não me considero uma especialista no Periscope, pois entrei na ferramenta há pouco tempo e ainda estou testando e achando o caminho, como a maioria das pessoas que está lá. O app foi lançado há poucos meses e estamos todos testando.

Convido você a fazer a mesmo. Vamos?

5 DICAS PARA USAR O PERISCOPE PARA SEU NEGÓCIO

1 – USE SEU PERFIL DE FORMA INTELIGENTE

Preencher seu perfil da forma correta é uma das melhores maneiras de conseguir mais seguidores no Periscope e aumentar sua visibilidade. Não deixe apenas seu perfil do Twitter, crie um perfil específico para o Periscope. Inclua o assunto que irá tratar nas suas transmissões e inclua alguns emotions para chamar mais a atenção. O Periscope não é uma plataforma em que você posso colocar links, mas no seu perfil é possível fazer isso. Então, aproveite para incluir o link do seu site ou do seu blog no perfil. Ao fazer suas transmissões, você poderá facilmente divulgar seu site.

2 – ASSISTA ALGUMAS TRANSMISSÕES ANTES

É claro que antes de sair fazendo alguma transmissão, o ideal é que você assista algumas antes para ver o que as pessoas estão fazendo, o que está dando certo e pegar algumas ideias. Apesar de ser uma plataforma nova, tem bastante gente que já está encontrando seu caminho e fazendo coisas criativas. Recomendo que siga o Euro Maestro, que está tendo muito sucesso na plataforma fazendo transmissões de Paris. Veja que ele nem mesmo mostra seu rosto... E está fazendo transmissões muito legais.

3 – CRIE UMA CHAMADA ATRATIVA PARA SUA TRANSMISSÃO

Quando você se sentir confortável para começar a fazer suas transmissões, escolha o assunto que irá abordar e crie uma chamada atrativa. Fale especificamente sobre o que irá tratar, mas deixe algum mistério também. Faça com que sua audiência tenha vontade de assistir sua transmissão!

4 – ESCOLHA ASSUNTOS QUE VOCÊ AME FALAR 

Não sabe sobre qual assunto falar? Escolha algum tema em que seja apaixonado e fale sobre ele. Vai ser mais fácil para você e também vai ajudar a engajar sua audiência. Como queremos aumentar a visibilidade do seu negócio, então esse assunto precisa ter relação com sua área de atuação. Se você tem uma loja de roupas femininas, que tal dar dicas de moda? Ou então transmitir ao vivo o lançamento da sua coleção? Especialista em finanças? Dê dicas financeiras para sua audiência! Ou Faça uma sessão de tira-dúvidas ou mostre os bastidores da sua empresa. As possibilidades são infinitas! 

5 – ENVOLVA SUA AUDIÊNCIA

O Periscope é interativo. Lembre-se sempre de envolver sua audiência. Comece sua transmissão conversando com as pessoas, perguntando de onde elas são, tirando dúvidas e agradecendo por elas estarem com você. As mídias sociais tem tudo a ver com pessoas, então se você conseguir encontrar uma maneira de se conectar com sua audiência no Periscope você vai se dar bem na plataforma!

Bom, essas foram algumas dicas rápidas para você começar a usar a plataforma para sua empresa. Transmissões ao vivo ainda estão começando, mas já estamos vendo o quanto elas podem ajudar os negócios.

Caso tenha alguma dica de como usar a rede social para negócios, compartilhe conosco! E caso esteja no Periscope, compartilhe seu perfil nos comentários para que eu possa seguir você!

E aguardo você nas nossas transmissões! ;-)

Utilize o Pinterest para aumentar suas vendas

Pinterest para aumentar suas vendasPinterest já mostrou ser muito mais do que uma ferramenta de compartilhamento de imagens. Conhecida por suas famosas wish lists, tem atraído um grande número de seguidores com potencial comercial. Por isso, listei aqui como você pode utilizá-lo para aumentar as suas vendas e o seu marketing digital:

1. Escolha o melhor ângulo: A boa utilização começa pelo site de sua empresa. Atente para as imagens postadas nele. Fotos criativas e de alta qualidade além de atrair usuários motivam o compartilhamento;

2. Lembre-se sempre que marca não é uma pessoa, você deve criar uma página para ela e não um perfil;

3. Explore conteúdos diferenciados: Tente enxergar além do próprio umbigo. Seu perfil não deve conter apenas imagens e murais relativos à sua marca. Siga e compartilhe outros perfis populares de estilo semelhante;

4. Ilustre vantagens: Além de fotografias tradicionais, produza infográficos sobre sua marca. Que tal compartilhar estatísticas de uso dos serviços que você oferece? Você também pode criar gráficos listando vantagens sobre o uso de seu produto;

5. Melhore seu ranqueamento: Para que seu perfil seja facilmente encontrado em sites de buscas, ou na própria pesquisa do Pinterest, é essencial que você cadastre palavras-chave em cada postagem. Estas devem ser totalmente relativas ao seu conteúdo. Além disso, uma boa descrição também complementa a experiência e ajuda na procura do usuário;

6. E por último, atente-se para a ferramenta de métricas disponibilizada pelo Pinterest. Desta maneira, você verifica o número de acessos à sua página, o que vem dando certo, e o que deve ser modificado.

Ficou com alguma dúvida? Então deixe seu comentário!

Como começar a anunciar nas redes sociais?

como_comecar_anunciar_redes_sociais

Você quer anunciar nas redes sociais e não sabe por onde começar? Nesse post eu vou te ajudar a entender um pouco de como funcionam os anúncios em cada uma delas. As principais redes hoje sabem do poder que têm nas mãos e tentam unir o útil ao agradável: rentabilizar em cima de sua base e gerar retorno às empresas que querem extrair mais do canal.

Facebook

Hoje é considerada a maior rede social do mundo. Os números ultrapassam os 1,23 bilhões de usuários no mundo com 61,2 milhões no Brasil. Você pode fazer direto pelo Gerenciador de Anúncios. Com valor acima de R$30 é possível ter a ajuda de um consultor do Facebook.

LinkedIn

A rede social é excelente por conhecer muito bem o perfil profissional de cada usuário. Basicamente o LinkedIn tem acesso a informações como cargo, empresa (tamanho, segmento, etc), experiência na função, escolaridade, etc. Dessa forma, é possível segmentar bem e encontrar perfis muito qualificados que dificilmente seriam encontrados com essa precisão em outros canais. Por isso é ótimo para atrair visitantes qualificados e gerar Leads.

Para anunciar você precisa de uma Company Page. O processo de gerar anúncios é no modelo self-service onde você mesmo pode criar. Ao gerar seu anúncio faça testes: crie com imagens e textos diferentes e veja qual funciona melhor.

Instagram

A rede social hoje possui mais de 300 milhões de usuários. O Brasil está entre os 5 países que mais usam o Instagram. Nele, todos os conteúdos pagos serão marcados com o rótulo “Patrocinado” acima da imagem. Os anúncios estão em fase experimental. Algumas agências já estão em fase de testes. Antes de inserir anúncios para todos os públicos, o Instagram está estudando os tipos de formatos a fim de garantir a melhor experiência para parceiros e usuários.

Twitter

Hoje a rede social possui 200 milhões de usuários onde a média de tweets por dia é de 400 milhões. Uma rede com muitos influenciadores e onde 60% dos usuários acessam via celulares.

No momento, os anúncios do Twitter no Brasil estão disponíveis somente via contato direto e contas maiores.

Youtube

A maior rede de vídeos do mundo é considerada também a segunda opção como mecanismo de buscas de informações, ficando atrás apenas do Google. Hoje o Youtube já ultrapassou a marca de 1 bilhão de usuários com mais de 48h de conteúdos novos por minuto. Anúncios em vídeo do YouTube são vinculados ao Google AdWords. Depois de criar uma conta, onde você vai gerenciar seus anúncios e ver resultados.

Lembre-se sempre, o mais importante é você definir a rede social de acordo com o seu orçamento para o canal que tem mais afinidade,  e atingir seus objetivos no marketing digital!

Ficou com alguma dúvida? Então deixe seu comentário!

Os principais erros que as empresas cometem no Facebook

Os principais erros que as empresas cometem no FacebookSempre recebo e-mails de diversas empresas informando que não têm resultado com o Facebook e ao analisar esses canais, percebemos que isso ocorre devido alguns erros comuns cometidos nas Fan Pages. Por isso, hoje selecionei aqui alguns dos principais erros que as empresas cometem no Facebook.

#1 FALTA DE INTERAÇÃO

Se quer usar as redes sociais para o seu negócio, é preciso entender que são canais de relacionamento, não é um monólogo e sim uma conversa. A empresa deve entender que ao abrir uma página no Facebook é porque está se colocando à disposição para conversar com o usuário. Se a marca não está preparada para essa conversa, é melhor não ter o canal.

#2 FALTA DE BOM SENSO

Com certeza esse é um dos principais erros cometidos pela empresa, problema que com 10 segundos de reflexão poderia ser evitado.

Antes de publicar algo no canal, reflita: eu colocaria isso em um outdoor para todo mundo ver? Falaria isso pessoalmente para o meu consumidor? Bom senso é fundamental e esses 10 segundos de reflexão pode ser essencial. O usuário é cada vez mais exigente e uma palavra, uma imagem ou um vídeo mal interpretado pode provocar uma crise com enormes prejuízos para a empresa.

#3 PREOCUPAÇÃO EXCESSIVA COM VENDAS

Sim, as redes sociais são ótimos canais para vender produtos ou serviços, mas se você tentar fazer apenas isso, sua estratégia está errada! O usuário não entra no Facebook, por exemplo, para ficar vendo propaganda de empresas, é a mesma coisa que estar em um bar com amigos e entrar alguém no meio da roda querendo te empurrar um produto.

Ofereça valor ao seu fã, dicas e informações que serão uteis para o seu dia a dia. Ao invés de vender um quadro e falar que ele é o melhor do mercado, por que não mostrar esse quadro dentro de um ambiente decorado, o quanto ele pode tornar um ambiente mais sofisticado?

Ao invés de falar diariamente o quanto você é o melhor dentista da região, por que não compartilhar dicas e informações sobre cuidados com os dentes, a importância de ver um dentista regularmente e os benefícios que isso pode trazer para sua saúde.

Muito melhor, não? Você não deixou de falar do seu produto ou serviço, mas também não encheu o usuário com posts excessivos querendo vender alguma coisa.

#FALTA DE PLANEJAMENTO E OBJETIVO

Por que você colocou sua marca no Facebook? Só porque “todo mundo está lá” ou porque realmente possui um objetivo e um planejamento, mesmo que simples, de como irá utilizar o canal.

Você não precisa ter um super planejamento de 50 páginas com diversos estudos e pesquisas, principalmente quando falamos de pequenas empresas e profissionais liberais, mas definir um objetivo, conhecer seu público e ter em mente qual o conteúdo será utilizado no canal é essencial. Além de trazer mais resultados para o seu canal, também irá facilitar muito o trabalho de quem gerencia a página, que sabe “onde a empresa quer chegar”.

#ABANDONO DA PÁGINA

Quando você inicia uma conversa com alguém, quer “conquistar” uma pessoa, você fala com ela hoje e depois nunca mais? Acredito que não. Bom, o Facebook funciona da mesma forma, é uma rede de conversa, então exige que você, claro, converse com as pessoas. Esse erro tem muita relação com o anterior, falta de planejamento e objetivo.

Diversas empresas entram na rede para estar na moda, seguir “a onda”, mas justamente pela falta de conhecimento, de um planejamento e de um objetivo específico, acaba abandonando a página, ou seja, aquela “conquista” que começou a fazer quando entrou na rede é jogada fora.

O mesmo acontece com algumas empresas que atualizam hoje e depois voltam a atualizar depois de um mês, as pessoas são bombardeadas de conteúdo diariamente e sua função é  conquistá-las aos poucos com o seu conteúdo e isso leva um templo, é claro. Por isso, não abandone seus fãs, crie sua página apenas quando estiver com um objetivo e um planejamento claro e crie um engajamento a médio/longo prazo com seus fãs.

Aqui falei apenas alguns dos principais erros que as empresas cometem no Facebook, se sua empresa está cometendo algum deles, é importante rever sua estratégia.

Também fizemos um vídeo sobre esse assunto, veja abaixo:

E aí, se identificou com algum desses erros? Qual sua principal dificuldade no Facebook? Deixe seu comentário!