O uso de mídias sociais por empresas B2B

Embora muitas pessoas acreditem que o marketing de conteúdo e as mídias sociais sejam ferramentas de comunicação que podem ser usadas apenas por empresas que se relacionam diretamente com o consumidor, as marcas B2B têm obtido cada vez mais sucesso com este tipo de estratégia de marketing.

Isso acontece porque, embora o público B2B sejam outras empresas, essas organizações inevitavelmente são compostas por pessoas, e é justamente no relacionamento com esses indivíduos que uma empresa B2B deve investir. Ao estabelecer contato e oferecer conteúdo com seu público, a marca business to business amplia sua visibilidade na internet, abre portas para novos negócios, se torna referência no setor e passa a ter uma presença digital marcante — benefícios essenciais para o sucesso dos negócios.

Como empresas B2B podem usar as mídias sociais?

Embora o Facebook seja a rede social mais popular do País, este não deve ser o principal critério para escolher onde sua empresa B2B vai atuar. Antes de começar a investir em marketing de conteúdo, é preciso conhecer seu público e entender como ele utiliza e se relaciona nas mídias sociais.

Além disso, é necessário conhecer as características de cada plataforma, de modo a garantir que você desenvolva a melhor estratégia para o seu mercado e utilize a linguagem adequada tanto ao perfil das empresas que são suas clientes quanto à mídia escolhida. Descubra, a seguir, quais são as principais mídias sociais para o mercado B2B:

LinkedIn

Criado especificamente para os negócios, o LinkedIn é uma plataforma voltado ao mercado comercial e, por conta disso, permite uma maior liberdade para que sua empresa mostre o que faz de melhor. Crie conteúdo relevante para seu público e abra discussões a respeito de temas relevantes a sua área de atuação.

Facebook

A principal característica do Facebook é a promoção de relacionamentos que, no caso das empresas B2B, podem se tornar excelentes oportunidades de negócio. Ofereça conteúdo de valor para seu público, mostrando conhecimento a respeito do mercado, valorizando sua marca e sempre priorizando o relacionamento com o cliente.

Twitter

Mais ágil, o Twitter é uma plataforma acessada principalmente por usuários mobile, que são muito conectadas e esperam respostas rápidas de seus contatos. Faça seu conteúdo levando essas características em consideração e, sempre que possível, incentive a participação de seus seguidores. Não esqueça de avaliar se o seu público, aquele que você quer atingir dentro da empresa, está no Twitter.

YouTube

Por aliar imagem e som, o YouTube permite que você apresente seus produtos de forma dinâmica e fácil de ser digerida. Embora este seja um tipo de conteúdo mais trabalhoso de ser produzido, a grande vantagem dos vídeos é que você pode aproveitá-los em todas as outras redes sociais, ampliando o alcance de suas ações e intensificando o volume do seu conteúdo.

Independente do seu negócio, pense sempre na comunicação H2H (Human to Human). Na hora de criar o conteúdo para os seus canais, lembre-se que você está conversando com pessoas e as redes sociais foram criadas para isso, para promover o relacionamento entre pessoas, sejam amigos, parentes ou marcas, por que não?

Quer saber mais sobre criar uma estratégia de Mídias Sociais para o seu negócio? Conheça nossos cursos online: www.prdigital.com.br/cursos