#ElaéSocial: Laís Schulz

unnamed (1).jpg

Conheça um pouco mais da fotógrafa Laís Schulz, a criadora de conteúdo que compartilha suas fotos lindíssimas no perfil @lais_schulz.

1.       Quais seus 3 perfis favoritos no Instagram e por quê?

@saramelotti_ – é uma fotógrafa super inspiradora por trás das lentes. Além de produzir fotos lindas no seu IG pessoal ela tem um projeto lindo que busca redefinir a visão que temos sobre beleza, chamado Quest for Beauty.

@hbgoodie – ela tem fotos de viagens e praia que fogem de todas aquelas fotos que já estamos acostumados a ver. Eu meio que posso sentir a alegria através das fotos dela e eu adoro esse sentimento. 

@cesinha – é um fotógrafo brasileiro com um trabalho incrível. Me surpreendo com o quanto ele é criativo e com todas as coisas que ele faz. E acho ainda mais incrível o fato de a maioria das fotos dele no feed serem de celular – o que mostra que é possível, sim, fazer fotos lindas sem ter a melhor câmera.


2.       Como você começou seu perfil e o que a motivou a começar?

Eu comecei meu perfil de forma informal e pessoal. Há cerca de um ano e meio decidi torna-lo algo mais “profissional”. O objetivo era compartilhar dicas de fotografia e viagem. Eu queria ajudar as pessoas de alguma forma, dar dicas de como fotografar melhor, como começar na fotografia, etc. Mas, ao mesmo tempo tinha muita vergonha de me expor e escrever minha opinião, então no início acabava só compartilhando fotos que tirava nos finais de semana – tentando manter um feed bonitinho. Então, depois que comecei a viajar me senti mais confiante e mais feliz com o rumo que meu IG estava tomando. Foi aí que comecei também a produzir conteúdo para meu blog com mais frequência e também para o befreela – nosso site sobre nomadismo digital.


3.       Como você construiu sua comunidade atual nas mídias sociais?

Ela começou com os conhecidos e amigos, como toda comunidade nas mídias sociais. Mas, aos poucos, principalmente depois de começar a viajar, minha comunidade foi crescendo. Além disso, eu estudei bastante cada uma das redes da qual faço parte, entendendo o que cada público gosta de consumir e adaptando o conteúdo que crio à cada plataforma. Hoje, minha comunidade é resultado de muito trabalho em várias redes – blog pessoal, befreela, LinkedIn, Pinterest e o Instagram.


4.       O que você espera para seu negócio atual?

Eu espero que, a cada dia, eu possa crescer mais e que minhas mensagens cheguem a cada vez mais pessoas. Que possa ajudar mais gente a se desenvolver de alguma forma e a buscar seus sonhos. Um dos próximos passos – que já está acontecendo – é a criação de um curso. Mas, por enquanto, além disso, tenho buscado não criar muitas expectativas e ir trabalhando no que gosto de fazer. Desta forma, aos poucos os caminhos vão se abrindo e a gente vai encontrando as respostas para tudo.


5.       Qual sua forma favorita de engajar sua audiência?

Eu adoro usar o Instagram para isso, fazer perguntas nos Stories e ler o que as pessoas que me seguem estão pensando. Gosto também de manter uma conversa com todo mundo que comenta nas minhas fotos. Eu acho tão gostoso ter essa interação e entender um pouco do que está acontecendo do outro lado. Às vezes me surpreendo com as histórias que as pessoas contam ou com a forma que elas são tocadas pelas minhas mensagens. Eu gosto tanto quando alguém me deixa uma mensagem se abrindo, sabe?! Algumas pessoas me contam as dificuldades pelas quais estão passando, ou que viraram freelancers, ou que estão indo morar em outro país. É um sinal de que você vai além de ser apenas mais uma conta no Instagram, e isso, para mim, não tem preço.


6.       Conforme sua comunidade cresceu, veio alguma dificuldade com esse crescimento? Se sim, qual/quais?

Até hoje não passei por nenhum momento de dificuldade com relação ao crescimento.


7.       Há 5 anos você esperava estar fazendo o que faz hoje? E como as mídias sociais contribuíram para seu negócio atual crescer?

Há 5 anos eu achava que ainda iria estar infeliz no meu antigo emprego... haha Eu jamais imaginei que teria mais de 23 mil pessoas me seguindo no Instagram, nem que meu blog teria 90 mil acessos por mês. Jamais pensei que esse tanto de pessoas estaria interessada no que eu tenho a dizer, nas dicas que compartilho ou no meu trabalho. Eu, inclusive, não comecei mais cedo porque pensava “Quem é que vai querer ler o que eu escrevo”? ou “Minhas fotos não são boas o suficiente”. E sobre como elas contribuíram para meu negócio atual: eu acabei pegando uma fase muito ruim do Instagram – essa mudança de algoritmo logo depois que havia começado a postar “de verdade” –, então, tive que me virar do jeito que dava. Comecei a buscar alternativas, a usar o LinkedIn e o Pinterest, e eles sim me ajudaram demais. Hoje, são eles que ajudam meu Instagram a ter mais visibilidade e a ser encontrada por marcas e parceiros.

8.       Quais são os apps que não podem faltar no seu celular?

Instagram (óbvio), VSCO (para editar as fotos para os stories) e Unfold (para criar Stories bonitinhos e clean).

5 Dicas para Construir uma Audiência no Instagram

bloguettes-stockthatrocks-vdayoffice-00041.jpg

Com mais de 700 milhões de usuários ativos no Instagram, não há dúvida que essa rede social é importante para seu negócio ou blog.

Além de divulgar seus produtos e serviços de forma visual, o Instagram pode ser usado para construir uma comunidade de pessoas que pensam como você, tem os mesmos gostos e valores. Mas construir uma audiência engajada não acontece da noite para o dia.

Infelizmente não existe uma fórmula mágica (sorry!) para conquistar sua audiência e a verdade é que leva um certo tempo. Na vida real você não encontra alguém e já se apaixona à primeira vista, certo? Existe a fase de conquista. Acontece o mesmo no mundo online.

Mas não desanime, existem algumas estratégias que irão ajudar você e seu negócio a construir um relacionamento duradouro com sua audiência.

Aqui vão algumas dicas para ajudar você a ter uma comunidade engajada no Instagram:

1)     Use o Instagram Stories

Essa funcionalidade do Instagram permite que você mostre mais a sua vida real e os bastidores da sua empresa, o que fará as pessoas se identificarem mais rapidamente com você. Ao contrário do feed do Instagram, em que o ideal é mostrar imagens perfeitas da sua vida e do seu negócio, no Stories você pode mostrar um pouco mais da vida como ela é e não se preocupar tanto em ser perfeita.

Lembre-se que as pessoas querem fazer negócios com pessoas e não com marcas e logos. Então, aqui é a oportunidade de mostrar o lado humano da sua marca e criar uma conexão imediata com sua comunidade.

Se você tem mais de 10 mil seguidores, você ainda terá a chance de colocar links no Stories. Você pode compartilhar os posts do seu blog, seus vídeos do YouTube e as promoções do seu site!

2)     Seja Ativo!

Se as pessoas não comentam nem curtem seus posts, seja pró-ativo e vá você mesmo comentar em outros posts. Descubra perfis que tenham o mesmo público-alvo que o seu e comece a interagir genuinamente com eles. Faça isso pelo menos 30 minutos todos os dias e verá a diferença. Quanto mais você curtir e comentar os posts da sua audiência, mais ela irá curtir e comentar seus posts. É a lei da reciprocidade! Busque também perfis de influenciadores do seu segmento e comece a se relacionar com eles também.

3)     Use chamadas para Ação

Nas suas descrições peça para as pessoas interagirem com você. Pergunte a opinião delas sobre um assunto, o que irão fazer no feriado, etc... Você vai ver como elas irão começar a responder você.

4) Tenha uma hashtag própria

É importante você usar hashtags relevantes no seu mercado em todos os seus posts, mas é importante também você ter uma hashtag própria e incentivar as pessoas a utilizarem de acordo com o tema escolhido. Por exemplo,incentivar seus consumidores a postarem seu produto sendo usado usando sua hashtag para aparecerem no seu feed!

5)     Use Hashtags de forma estratégica

Escolha hashtags que tenham relação com o que você posta no seu perfil, use as hashtags que sua comunidade costuma usar e use as variáveis das hashtags.

Bom, aqui estão nossas dicas para você construir uma comunidade engajada com sua marca no Instagram. Você também alguma outra dica que funciona para você? Comente abaixo.

Copy of Copy of Camila Ferraz é colaboradora do blog Social Media Tips. Essa geminiana, formada em Marketing, cursa o último ano de Direito. Trabalha em um escritório de advocacia, mas sempre foi apaixonada por escre.jpg

 

 

Dicas para Melhorar Já seu Instagram

bloguettes_stock_1511351.jpg

Muitas pessoas desejam ter um melhor desempenho nas mídias sociais, com a intenção de aumentar vendas e lucrar mais. Nós já vimos que o brasileiro passa grande parte do seu tempo na internet, e que as redes sociais, de fato, são a forma mais ágil, eficiente e disponível de ter maiores resultados.

Mas aí vem a pergunta: por que o Instagram?

O Instagram é uma das redes sociais mais inovadoras que existe, e não é à toa que ele é o rei do engajamento. Possui uma taxa de engajamento 58 vezes maior do que o Facebook. Com o Instagram conseguimos ter uma visibilidade maior e atraímos mais clientes, diferente do Facebook, que é preciso investir em anúncios para ter maior engajamento.

Mas o que te impossibilita de crescer no Instagram? O que mais vemos são pessoas cometendo alguns erros que impedem de atingir bons resultados. Veja abaixo 4 dicas incríveis do que você DEVE EVITAR no seu Instagram:

1.  Querer vender o tempo inteiro

Redes sociais são redes de relacionamento e não de propaganda. Ofereça conteúdo relevante, seja autêntico e se relacione com seu público. Faça algo de valor com o conteúdo que vai ser compartilhado. A venda será consequência. ⠀⠀⠀

2.  Ficar preso a métrica da vaidade (fãs, seguidores, curtidas)

Ter audiência não significa ter cliente. Você deve se empenhar em conquistar pessoas com o perfil do cliente ideal. Lembre-se que nem todo seguidor pode ser seu cliente. Saber seus objetivos com clareza também te ajuda a selecionar e postar conteúdos que dialoguem com sua cultura e seus valores. Faça uma lista do tipo de conteúdo que você acha interessante postar e que pode te ajudar a gerar engajamento. ⠀⠀⠀

3.  Não diversificar o conteúdo⠀⠀⠀

Tem gente que posta diariamente a mesma coisa, só produto, só frase motivacional, só vida pessoal. Saiba manter o equilíbrio. Investir em conteúdo relevante significa compartilhar conhecimento, informar, divertir, mostrar bastidores do trabalho, benefícios, clientes satisfeitos. Tenha tudo isso bem planejado, do contrário o Instagram não trará os resultados que você tanto almeja.

4.  Não se atentar a qualidade dos arquivos postados

Óbvio que não é todo mundo que pode pagar um fotógrafo ou ter uma câmera profissional para tirar fotos maravilhosas, mas hoje em dia dá sim para postar fotos e vídeos com uma qualidade boa usando o próprio celular. Para isso que existem inúmeros aplicativos, basta encontrar um que use suas cores e mantenha sua estética, respeitando a identidade visual do seu ig.

Um perfil do Instagram com um bom visual e conteúdo é fundamental para alguém julgar de forma positiva o seu trabalho. Encare o seu perfil como uma vitrine daquilo do que você quer vender ou passar aos seus seguidores.

Quer aprender a criar uma estratégia de sucesso não só no Instagram mas também nas outras redes sociais? Inscreva-se no nosso próximo Workshop de Mídias Sociais!

Copy of Quer aprender a criar uma Estratégia nas Mídias Sociais- (1).png

5 Aplicativos para se Destacar no Instagram Stories

Você está usando o Instagram Stories para divulgar sua Empresa?

Se não, por favor comece a usar agora! Essa funcionalidade do Instagram está se tornando cada vez mais importante e cheia de novos recursos a cada dia.

Agora, além de poder colocar links nas suas histórias (se você tem o perfil profissional com mais de 10 mil seguidores), você pode usar os recursos de localização e hashtags para suas histórias serem encontradas mais facilmente, já que elas podem aparecer nas pesquisas do Instagram.

Os usuários do Instagram estão cada vez mais preferindo assistir as histórias do que rolar o feed do Instagram e isso pede que você adapte rapidamente sua maneira de usar essa plataforma.

Mas como fazer isso?

Com a ajuda de alguns aplicativos, você consegue deixar o conteúdo das suas histórias mais criativo e bonito para que se destaquem em meio ao mundo de conteúdo que existe no Stories. Vamos lá?

1)     Adobe Spark Post

Esse aplicativo é um dos nossos favoritos e usamos bastante para criar conteúdo visual. Com ele, é possível criar posts e vídeos lindos já no formato ideal para serem usados no Stories. Depois de criar, é só salvar no seu smartphone e postar no seu Stories.

2)     Typorama

Esse app não é novo, mas ele tem fontes maravilhosas e você consegue colocar textos nas suas fotos. Seu conteúdo vai ficar bem legal com ele.

3)      Videorama

Versão para Vídeos do Typorama. Com esse aplicativo você consegue criar e editar vídeos no tamanho ideal para o Stories. Vale experimentar.

4 ) Pocket Video

Esse aplicativo permite que você suba seu vídeo e adicione textos, figuras, gifs. Ou seja, tudo para deixar seu vídeo mais divertido no Stories.

5)     Snapchat

Como o Stories ainda não tem os mesmos filtros e funcionalidades do Snapchat, você pode criar vídeos muito divertidos por lá e subir no seu Stories. Vale sempre checar as novidades no Snapchat!

Bom, aqui estão nossos aplicativos favoritos para criar conteúdo para o Instagram Stories. E você, também tem algum aplicativo favorito para o Stories? Comente abaixo.

5 dicas para lidar com o novo algoritmo do Instagram

Em março do ano passado, o Instagram anunciou que faria mudanças em seu algoritmo que mostra as imagens e vídeos compartilhados na rede social. Com isso, as publicações deixaram de ser exibidas de maneira cronológica, passando a priorizar os interesses do usuário com base em suas preferências e interações pessoais.

Segundo o Instagram, por conta do grande volume de postagens na plataforma, os usuários deixam de ver cerca de 70% das publicações. A alteração serve justamente para garantir que o usuário veja aquelas atualizações que ele não deseja perder, como uma foto de seu melhor amigo ou um vídeo de sua banda favorita, embora ele não necessariamente veja todas as postagens.

Com o novo algoritmo adotado pelo Instagram, é preciso rever sua estratégia na rede social para garantir que seus posts continuem se destacando e aparecendo no feed de seus seguidores. Confira algumas dicas de como lidar com as mudanças e continuar engajando usuários:

5 dicas para lidar com o novo algoritmo do Instagram

1. Tenha uma identidade visual

Desenvolva um estilo visual que faça seus seguidores reconhecerem sua marca imediatamente. Lembre-se que o Instagram é uma rede social em que a imagem é muito mais importante e recebe mais destaque que o conteúdo escrito, e saiba usar isso a seu favor.

2. Não exagere nas postagens

A ideia do novo algoritmo adotado pelo Instagram é prezar pela qualidade, e não pela quantidade. Muitas atualizações seguidas são consideradas spam, fazendo com que o conteúdo seja considerado de baixa qualidade e acabe ficando mais para baixo do feed.

3. Estimule o engajamento

Em vez de muitas postagens, prefira elaborar postagens com informações relevantes e imagens cativantes. Chame a atenção do seu seguidor, estimulando-o a curtir e comentar suas publicações.

4. Não compre seguidores

Comprar seguidores cria uma ilusão de engajamento capaz de estragar suas análises de acompanhamento: você verá um grande número de seguidores, mas eles serão apenas “fantasmas” que não visualizam suas postagens e não são afetados por seu conteúdo.

5. Invista no Instagram Stories

O novo recurso do Instagram facilita a interação com seus seguidores, aumenta o engajamento e portanto ajuda seu perfil a aumentar o alcance dos posts.


E você, já utiliza alguma dessas dicas? Comente abaixo o que achou das dicas ou suas dificuldades com o Instagram. Queremos saber o que achou.

Por que você deve usar o Instagram Stories?

O Instagram acabou de lançar o Instagram Stories, um novo recurso que permite que o usuário compartilhe imagens e vídeos com uma frequência maior.

O Stories tem funções quase idênticas ao Snapchat e por isso recebemos diversos e-mails dos nossos leitores e alunos querendo saber se devem usar esse novo recurso, se devem sair do Snapchat, usar os dois, etc…

Antes de responder essas perguntas, precisamos analisar alguns pontos importantes:

  1. Você ou sua marca já usa o Snapchat?

Se já estiver no Snapchat e tiver uma audiência engajada por lá, recomendamos que continue a usar a rede social. Até porque não sabemos ainda como os usuários do Instagram irão interagir com esse novo recurso. Apesar de no momento o Stories tem um alcance enorme, não sabemos ainda se continuará assim. Mas também recomendo que aproveite o IG Stories, pois o alcance dele é fantástico no momento. Lembre-se que o Instagram tem atualmente 500 milhões de usuários ativos.

2. Você não está no Snapchat ou tem dificuldades com ele, mas já tem uma audiência no Instagram?

Então nesse caso o ideal é investir no Instagram Stories mesmo. Se já conhece o Instagram, tem uma audiência na rede social, aproveite esse novo recurso!

No Stories, o usuário pode compartilhar uma série de fotos e vídeos com seus seguidores que desaparecem em 24h. Você pode ainda desenhar, colocar stikers e textos sobre as imagens!

Aproveite para mostrar seus bastidores, da sua empresa, ser mais pessoal com sua audiência!

3. Seu público é menor de 35 anos?

Então lembre-se que os adolescentes do Snapchat não irão parar de usar essa rede social e voltar para o Instagram. No Instagram Stories todo mundo pode ver suas histórias, não há muita privacidade. E os adolescentes não querem que suas mães vejam suas imagens e vídeos, certo?

E no Instagram os usuários são um pouco mais velhos que a audiência do Snapchat. Portanto, essa questão é essencial para decidir se vai ou não desistir do Snapchat. Se seu público-alvo for de adultos e você tem dificuldades com o Snapchat, então aposte alto no Instagram Stories. Você vai conseguir mais visibilidade e mais engajamento com sua audiência.

E agora? Snapchat, Instagram Stories ou os Dois?

Enfim, avaliando essas questões acima, você vai conseguir decidir se deve usar o Instagram Stories, se deve continuar com o Snapchat ou se deve usar as duas redes sociais.

As semelhanças são imensas, mas o Instagram Stories não tem a função Memória nem os filtros incríveis que fazem sucesso no Snapchat. Entretanto, a grande vantagem do Instagram Stories é seu alcance e a audiência consolidada do Instagram.

Para nós, foi um grande lançamento do Instagram e até o momento o alcance dos das nossas histórias está sendo fantástico.

E você, já experimentou o Instagram Stories? 

O que é o Shadowban e 5 dicas para evitar a queda de engajamento no Instagram

Você notou uma queda no seu engajamento recentemente? Seus seguidores diminuíram? Não aparece em algumas hashtags? Então talvez sua conta tenha sido afetada pelo “shadowban” do Instagram.

Não tem ideia do que seja “shadowban”? Então leia esse post para entender o que é e como evitar ser atingido por esse banimento do Instagram.

O que é o “Instagram Shadowban”?

“Shadowban” é um termo em inglês usado para o ato de bloquear um usuário de uma plataforma online sem que ele perceba que ela foi banido. No caso do “shadowban” do Instagram, os posts das contas que foram atingidas não são mostrados para outros usuários, além dos seus seguidores.

Se você usa certas hashtags nos seus posts e for afetado pela “shadowban”, seus posts não serão mostrados para outros usuários se eles buscarem pelas mesmas hashtags que você usa. Com isso, suas possibilidades de ganhar mais seguidores, mais engajamento e mais alcance diminuem muito.

Bom, por isso, pesquisamos um pouco sobre esse “shadowban” do Instagram e selecionamentos algumas dicas para evitar ter sua conta impactada por ela:

1.    Não use robôs para aumentar seus seguidores

Se você usa algum software que utiliza robôs para curtir, comentar e aumentar seus seguidores, é bem provável que corra o risco de ser banido. O Instagram recentemente atualizou seu algoritmo para eliminar contas falsas e atividades de robôs, então o algoritmo dele está atento a contas que usam esses softwares.

2.    Não use hashtags banidas pela rede social

Existe uma lista enorme de hashtags que estão na mira do Instagram. São hashtags que foram denunciadas por uso inapropriado de usuários (nudismo, spam, preconceito).

3.    Não exceda o número limite para seguir e curtir

Não use nenhuma estratégia para crescimento rápido, como curtir vários posts e seguir vários perfis num dia só. Com isso, o Instagram pode entender que você está usando um robô e banir seu perfil.

4.    Evite ser denunciado por outros usuários

Se o seu perfil for denunciado por vários usuários, ele também estará na mira do Instagram. Por isso, não arrisque postar algo que não siga as regras da rede social nesse momento ou posts muito polêmicos ou que podem ser mal interpretados pelos seus seguidores.

5.    Cuidado com a quantidade de hashtags

Nesse momento, sugiro que não arrisque usar mais que as 30 hashtags que são permitidas pelo Instagram. Muita gente usa 30 hashtags em um comentário e outras 30 em outro comentário. Não faça isso!

Essas foram as dicas que pesquisamos até esse momento. Mas como o algoritmo do Instagram está mudando a todo momento, tudo isso pode mudar em pouco tempo. Se tiver mais alguma informação sobre o “shadowban” do Instagram, compartilhe conosco e comente abaixo.

Porque utilizar o Instagram para melhorar sua visibilidade

instagram Você sabia que o Instagram é uma rede social com mais de 200 milhões de utilizadores mensais ativos? Essa ferramenta pode ser a oportunidade perfeita para empreendedores que querem ser lembrados por seus consumidores. Para melhorar este envolvimento da marca com os usuários do Instagram, é necessário acima de tudo produzir conteúdos originais, ou seja, feitos pela própria empresa, para que o fluxo contínuo de imagens inspiradoras chegue até seus fãs e gerar compartilhamentos ou interações, como curtidas e comentários no caso do Instagram.

A hashtag (#) é uma forma de deixar seu conteúdo disponível para qualquer pessoa que procure o assunto pela hashtag visualize e passe a curtir o seu perfil. É importante lembrar que a criação de hashtags devem ser pensadas para “pegar” na internet. Estreitar a relação entre empresa e consumidor se tornou cada vez mais fácil, então lembre-se de agradecer comentários ou um re-gram, pois seu consumidor precisa saber que ele está sendo levado a sério.

Desta forma, o engajamento será ainda melhor. Os influenciadores sociais, muito conhecidos pelas suas enormes bases de dados de fãs e as suas imagens, podem acelerar a sensibilização e o envolvimento quando lhes permitir chegar até ao público desejado.

Portanto procure fazer parcerias entre estes influenciadores sociais, para aumentar seu leque de opções e públicos em seu perfil. Qualquer empresa deve ficar de olho nas movimentações que acontecem nas mídias sociais e encarar cada nova ferramenta ou rede que surge, como uma nova oportunidade para ganhar espaço no mercado.

É justamente isso que tem acontecido com o Instagram, a ferramenta que apenas aumenta a interação entre marca e consumidor.

6 maneiras de usar o Instagram para Empresas

insta-blogVocê gostaria de usar o Instagram para sua empresa, mas não sabe por onde começar? Tem dúvida se a rede social, que é considerada a quinta mais popular do mundo, é interessante para seu negócio? Não sabe como conseguir mais seguidores para sua marca?

Não existe nenhuma mágica para fazer o Instagram da sua empresa bombar, mas existem algumas técnicas que irão ajudar muito seu crescimento. Por isso, selecionei abaixo as principais dicas que usamos para os nossos clientes e que estão dando certo.

Antes de tudo, acredito que o Instagram é mais indicado para negócios que têm boas imagens para compartilhar, como restaurantes, moda, acessórios, arquitetura, decoração, designers, etc. Se você tem uma empresa nesses segmentos, estão leia as dicas abaixo:

6 Dicas Poderosas para Marcas no Instagram

1-    Seja fiel a sua marca. Tenha certeza que o conteúdo que está publicando tenha relação com o que sua empresa acredita. Se o seu diferencial é a inovação, tente privilegiar esse tema no seu conteúdo;

2-    Invista nas imagens. Não adianta você colocar uma imagem comum e esperar que ela vá viralizar. Invista nas suas imagens, use fotos profissionais, mostre os diferenciais do seu produto ou empresa. Também aproveite as datas comemorativas, como dia das mães, Natal, dia dos pais, etc...

3-    Use Imagens Divertidas. Não publique apenas imagens do seu negócio ou produtos, inclua também imagens divertidas na sua estratégia de conteúdo;

4-    Tenha um cronograma. Não é necessário atualizar a conta diariamente para não cansar seus seguidores, mas tenha uma programação para não se esquecer de atualizar;

5-    Use Hashtags Populares. Conecte sua conta ao Facebook e use hashtags populares para conseguir mais seguidores;

6-    Engaje seu Público. Siga outros usuários e curta suas fotos para engajar seu público.

Eu espero que essas dicas ajudem você a criar conteúdo para seu Instagram!

O que você achou das dicas? Você já usou alguma dessas táticas no seu Instagram? Conte-nos abaixo nos comentários.

Instagram para empresas

Instagram para empresasO Instagram é o aplicativo mais popular para compartilhamento de fotos do momento, podendo ser aproveitado, inclusive, como uma ferramenta de marketing digital para empresas. Até agora, uma das estratégias de marketing mais bem-sucedidas no Instagram tem sido a de incentivar o compartilhamento de fotos por meio de hashtags, que nada mais são do que palavras ou expressões, usadas ao lado do sinal de jogo da velha (#), com a finalidade de agrupar assuntos e aumentar a divulgação.

Ao todo são mais de 100 milhões de usuários no mundo, cerca de 30 milhões deles no Brasil. No total, 40 milhões de imagens são publicadas todos os dias no aplicativo. Como uma rede social, ele permite que o usuário acrescente filtros às suas imagens e as publique online. A grande vantagem do programa é sua facilidade de uso, com ferramentas simples, o usuário pode carregar uma foto do dispositivo ou tirar uma nova.

Esse instrumento permite que qualquer pessoa transforme fotos amadoras em profissionais. Outro fator interessante da aplicação está na possibilidade de interação entre os seguidores, curtindo e comentando as imagens postadas por eles. Além disso, o serviço é integrado com outras redes sociais, de maneira que o usuário não tenha a necessidade de sair do programa para colocar as fotos no Twitter, Flickr, Tumblr, Foursquare e no próprio Facebook, de uma forma simples e prática.

O Instagram, licenciado pelo Facebook, virou febre devido à instantaneidade da captura e compartilhamento de imagens entre amigos, familiares e até mesmo pelas empresas. A ferramenta também pode ser pensada como um grande banco de imagens. É possível ver as fotos mais comentadas ou procurar por uma hashtag específica e encontrar todas aquelas relacionadas ao tema. Em um ambiente profissional, essa ferramenta se tornou referência no que diz respeito à divulgação instantânea.

Segue alguma marca legal no Instagram? Compartilhe sua opinião conosco!

Tendências de Mídias Sociais para 2013

As tendências de Mídias Sociais para 20132012 foi um ano excelente para o mercado de Mídias Sociais. Os usuários, além de estarem cada vez mais presentes no Facebook, se renderam às redes de imagens como Instagram e Pinterest. E as empresas puderam perceber seu público utilizando  mais esses canais sociais, além de utilizá-los como forma de comunicação.

O ano também foi marcado pelos virais de pessoas desconhecidas se tornando web celebridades como a Luiza do Canadá, o trio do Para Nossa Alegria, Nissim Ourfali e muitos outros. Enfim, não temos mais como negar o quanto as mídias sociais estão presentes no dia a dia de usuários e empresas. Contudo, o que esperar para 2013? O que irá mudar? O que pode vir de novidade? O perfil do público poderá mudar? Ninguém melhor para responder isso do que os profissionais que estão envolvidos diariamente com as principais mídias sociais.

Confira a opinião de alguns profissionais da Big Bang sobre o que poderá ser tendência nas mídias sociais em 2013:

"Para mim 2013 será o ano das redes sociais de imagem. Instagram, Pinterest e outras redes multimídias deverão crescer cada vez mais neste ano. Por conta da imensa quantidade de conteúdo que é compartilhado nas redes sociais, criar conteúdo relevante e envolvente, principalmente visual, vai ser essencial para buscar o engajamento do usuário. Não vai mais adiantar colocar qualquer tipo de conteúdo nos canais sociais  e as marcas vão começar a usar cada vez mais as mídias sociais para produzirem e compartilharem belas fotos ou vídeos. Também acredito no crescimento do e-commerce por meio das mídias sociais. O Facebook deve melhorar cada vez mais o formato para vendas online e esse movimento de social ecommerce deve ir para outras redes."

Bibiana Riedhorst – Diretora Executiva

"Acredito que o impacto das mídias sociais ainda é grande e só tende a aumentar. A grande aposta será no conteúdo feito em imagens e que gerem, além do engajamento, uma maior identificação com o impactado. Da mesma forma, as redes sociais que continuam crescendo e outras que despontaram no mercado serão as apostas nesse meio como o Facebook e o Google+. O Youtube também possui um grande impacto pois deixou de ser apenas um canal de veiculação de vídeos para se tornar um meio onde influenciadores e formadores de opinião têm se expressado e isso se torna uma excelente ferramenta para empresas que desejam fortalecer a sua imagem e atrair novos públicos. O e-commerce tem sido uma das gratas surpresas e há espaço no Brasil para seu crescimento e com a ajuda das redes sociais e das plataformas para mobiles e smartphones, poderemos testemunhar um avanço no mundo dos negócios".

Bruno Arena – Assistente de Mídias Sociais

"O caminho é a convergência cada vez maior. Esse será um ano em que redes específicas como o LinkedIn e  Instagram serão cada vez mais consistentes, por serem redes de finalidades específicas. A imagem ainda terá bastante força junto aos conteúdos. Já os vídeo ainda sofrem dois problemas; a baixa qualidade de internet móvel que temos no Brasil e o tempo de exposição que o espectador precisa para absorver o conteúdo. Para o profissional de mídias sociais as mudanças dos palcos serão constantes. Hoje estamos nos envolvendo cada vez mais com o mobile. Eu acredito que a adequação para esse meio seja obrigatória para o conteúdo. Não há mais porque fazer um conteúdo sem pensar em todas as plataformas que ele vai transitar. A criatividade é o ponto chave. Não será diferente dos anos anteriores, mas como sempre precisamos ter ideias cada vez melhores e estudar o velho e o atual para criar o novo, há sempre essa necessidade nesse setor, a renovação quase que diária das ideias.

Se eu pudesse apostar em algo revolucionário seria a transformação do Facebook, dando a possibilidade de comprar algo pela rede. Essa mudança pode transformar todo o panorama do e-commerce e vir a dividir cada vez mais a preferência do consumidor sobre marcas e formas de compra".

Cassio Martinez – Assistente de Conteúdo

"Concordando com a Bibiana, acredito que as imagens terão ainda mais força esse ano. Imagens mais elaboradas, de fácil entendimento e que se auto explicam, sem depender, necessariamente, de um texto explicativo. O compartilhamento dessas será o objetivo, as pessoas precisarão se identificar e querer compartilhar o que elas representam. As fotos dinâmicas, como no Instagram, também serão uma ótima forma de divulgação. As pessoas gostam de ver o que acontece. E acredito que o Pinterest será utilizado com foco mais profissional, onde as pessoas/empresas postarão tendências de diversos segmentos e com fotos mais profissionais. Também acho que as campanhas online terão ferramentas novas e serão ainda mais focadas num nicho específico, o que trará um retorno mais positivo para os clientes.

Também apostaria no crescimento do acesso às mídias sociais através de dispositivos móveis, já que cada vez mais as pessoas permanecem conectadas por mais tempo em seus smartphones e tablets (tanto que a Tim deu acesso gratuito ao Facebook para quem é usuário de internet via modem). Por isso o dinamismo é importante, a troca rápida de informações, a praticidade, a objetividade".

Filipe Arantes – Webdesigner

"Acredito que 2013 será o ano da profissionalização das Mídias Sociais, as empresas percebendo os canais como essenciais e profissionais mais especializados e já com uma boa experiência no setor. Acredito que o Facebook continuará crescendo, mas talvez com um pouco menos de intensidade, como foi em 2012. A rede já enxergou seu potencial como ferramenta de publicidade e acredito que a tendência seja investir cada vez mais nisso, mais formatos de anúncios e a concorrência para “aparecer” no feed do usuário cada vez mais acirrada, obrigando os profissionais a investirem em conteúdo relevante e exclusivo. Acredito também que esse ano será forte para as redes de imagens como Pinterest e Instagram, essa primeira ainda um pouco mais exclusiva, mas crescendo, porém o Instagram se tornando mais popular e utilizado pelos mais variados públicos e pelas marcas também. Ainda aposto em um crescimento do Google+, mas sem apresentar riscos para o Facebook por enquanto.

Acho que o Twitter tende a voltar um pouco à suas origens, ou seja, apesar de diminuir o número de usuários, o pessoal que entrou para postar qualquer coisa, empresas que apostaram apenas em ofertas irão sair e ficarão apenas os usuários mais relevantes, que realmente utilizam a rede como fonte de informações. Também poderemos prestar um pouco mais de atenção no Linked in se posicionando como plataforma essencial pra negócios e carreira e nas novas redes surgindo como o Branch, por exemplo".

Laís Maciel – Gerente de Planejamento e Conteúdo

"Acredito que em 2013 a importância das redes sociais ficará ainda mais notável, muitas empresas deixarão de encará-las como um modo de divulgação e relacionamento independente, e vão começar a integrar algumas de suas estratégias online com suas estratégias offline, prática essa que já se iniciou e já está cheia de exemplos por aí. O mercado de mídias sociais também crescerá bastante, e junto a isso a competividade de profissionais e marcas que visam presença na web resultará em ótimos cases e ideias brilhantes.

Além disso, as marcas e empresas começarão a investir em novas redes sociais que ainda foram pouco exploradas, principalmente aquelas que oferecem ferramentas que permitam o uso de vídeos e imagens, vão explorar cada vez mais o mundo mobile, seja através de aplicativos ou programas inovadores, e investirão cada vez mais nos formadores de opinião, já que uma das principais características das redes sociais são a propagação de informação".

Mariane Sanefugi – Assistente de Atendimento e Coordenação

E para vocês, quais serão as tendências para as Mídias Sociais em 2013?