SEO para Blog: principais dicas e plugins

seoblog.jpg

Para quem não sabe, SEO é a uma sigla conhecida no marketing digital que significa, em inglês, Search Engine Optimization e, em português, Otimização para Mecanismo de Busca ou Otimização de Sites.

Essa estratégia tem como principal objetivo potencializar e melhorar o rankeamento/posicionamento de uma página ou site nos mecanismos de buscas. O processo de otimização é realizado por meio de algumas técnicas e principalmente pela escolha de palavras-chaves específicas, que irão tornar o site mais fácil de ser encontrado pelos buscadores do Google.

Já o SEO para blog, também conhecido como SEO On Page, visa encontrar a melhor estratégia para melhorar o desempenho do seu blog diante desse mecanismo de busca. Para ajudar você a entender um pouco mais como usar essa técnica no blog da sua empresa, confira as principais dicas e plugins de SEO para Blog.

Dicas e plugins de SEO para otimização do seu Blog

  1. Pense no título

Mesmo parecendo pouca coisa, os títulos dos posts são decisivos para definir se o seu blog será um sucesso ou um fracasso. Ele fará com que seu conteúdo se destaque diante de outros milhares de textos publicados diariamente.

Os títulos podem aumentar o tráfego do seu blog, por isso é fundamental fazer algo diferenciado e atrativo para fazer com com que esse leitor clique em seu conteúdo. Entretanto, o Google também tem que gostar desse título a fim de fazer com que o seu texto fique bem ranqueado.

É preciso entender que existe uma diferença entre título para blog e título para ranqueamento no Google, porém é possível sim otimizar seus resultados para blog e chamar a atenção dos leitores. Confira algumas dicas para ranquear os seus textos:

  • Coloque a palavra-chave no título do seu conteúdo;

  • Utilize no máximo 65 caracteres;

  • Faça um título exclusivo para cada página;

  • Não utilize muitas vírgulas no título.

2. Separe seu conteúdo em tópico e subtópico

Para evitar que o leitor se canse do seu conteúdo é muito importante separá-lo em tópicos e subtópicos. As tags ou tópicos com a h1, h2, h3 e assim por diante servem para organizar e dar pontos de entrada aos leitores, a fim de tornar o texto mais rápido e menos cansativo.

Os mecanismos de busca são extremamente rigorosos referente aos tópicos e subtópicos, levando muito em consideração essa separação. Porém, é preciso ficar esperto a algumas aplicações, assim como:

  • Use as palavras-chave no tópico e subtópico;

  • Determine apenas um tópico ou tag h1 por página;

  • Utilize nas páginas apenas até o h3 (recomendado);

  • Não repita textos dentro dos tópicos ou dos subtópicos.

3. Utilize as palavras-chaves adequadas

Para ter um conteúdo bem ranqueado para os mecanismos de busca, é preciso que sejam utilizadas as palavras-chave adequadas.

A principal função delas é fazer com que os usuários que estão fazendo uma determinada busca e o próprio Google saibam qual o assunto que vocês estão falando naquele texto.

Desta forma, se torna extremamente necessário que seja feita uma busca para saber quais são as principais palavras-chaves relacionadas sobre aquele assunto para tentar acrescentá-las ao seu conteúdo. Veja como colocá-las em seu texto da melhor forma possível:

  • Aplique as palavras-chaves dentro das primeiras 100 ou 150 palavras do texto;

  • Coloque as em negrito para chamar a atenção dos leitores;

  • Faça uma pesquisa no Google Keyword Planner e no Google Trends, ferramentas gratuitas para saber qual o volume de busca mensal e a variação de pesquisa ao longo do tempo.

4. Não esqueça da Meta Description

Um item bastante importantes também para ter um bom ranqueamento do seu blog é a Meta Description. Ela funciona como um pequeno texto usado para descrever o conteúdo de uma página de forma reduzida, auxiliando os usuários que estão buscando sobre o assunto saibam que aquele conteúdo é exatamente o que está procurando.

Sendo assim, mesmo que o seu blog não esteja bem posicionado, os leitores vão saber sobre o que estão falando e irão clicar em sua página. Isso vai fazer com que o Google entenda que o seu conteúdo é mais relevante que os demais, subindo o posicionamento do seu texto.

O ideal é que esse texto tenha no máximo 155 caracteres para que ele não seja cortado pelo Google. Além disso, o uso da palavra-chave na meta description é muito importante, pois ela  ficará em negrito dentro do conteúdo, servindo como um atrativo para os leitores.

5. Otimize as URLs

URL nada mais é que o caminho que indica ao usuário onde te encontrar e essa otimização pode ser essencial para melhorar o seu SEO e torná-la amigável.

Essa otimização além de facilitar o trabalho do Google, vai ajudar os usuários a reconhecerem sobre o assunto da página apenas pelo slug. Confira as principais recomendações para otimização das URLs:

  • Use no máximo 5 palavras em sua URL;

  • Foque na palavra-chave;

  • Utilize hífen para separar as palavras de sua URL;

  • Não utilize palavras maiúsculas e nem acento.

6. Acrescente links internos

Fazer uma linkagem interna é muito importante para aumentar a sua autoridade dentro do mundo digital. Sendo assim, colocar um link de um conteúdo antigo para um novo é imprescindível para fazer o SEO do seu blog.

Veja abaixo como usar os links internos em seu blog:

  • Utilize os links internos com cuidado e moderação;

  • Aposte em estratégias de Link Building para aumentar a autoridade do seu blog no Google;

  • Use os links com outras cores para diferenciá-lo do restante do texto;

  • Contextualize o link ao longo do conteúdo para atrair um maior número de visitantes ao seu blog;

  • Adicione links em sua Home para as páginas mais importantes.

7. Use plugins para te ajudar com o SEO

Os plugins são essenciais para ajudar com o SEO do seu blog e torná-lo mais amigável para os mecanismos de busca. Eles conseguem mostrar se existem muitas palavras-chaves repetidas em sua página, ajudam a ver se sua "tag tittle" está adequada, entre outras diversas funções.

Confira abaixo alguns dos plugins mais utilizados e que ajudam a melhorar o ranqueamento do seu blog:

  • Yoast SEO: ótima ferramenta para rastrear e colocar o foco em uma determinada palavra-chave dentro dos posts do seu blog para saber se você já inseriu ela dentro do título, meta description, URL e no texto. Além disso, o Yoast SEO possui outras funcionalidades como análise da página, meta e links, integração com as redes sociais e Breadcrumbs;

  • All In One SEO Pack: seu foco é trabalhar os títulos, palavras-chaves, descrições e fazer a integração com Google, Bing e Yahoo. A ferramenta ainda evita que o conteúdo seja duplicado, elaborado de forma automática os títulos e as meta tags de suas postagens;

  • SEO Ultimate: essa ferramenta tem como principal objetivo recriar os título para melhorar o SEO do seu blog. A grande sacada do SEO Ultimate é que ele gera automaticamente as tags de Open Graph para sua home, páginas e postagens.


 

10 tipos de conteúdo que você pode produzir para o Blog da sua empresa

conteudoblog.jpg

Para ser realmente eficiente, uma estratégia de marketing de conteúdo precisa ter um blog como ponto de partida. Por meio dele, é possível atrair e aumentar o tráfego do seu site, gerar interatividade, melhorar o seu posicionamento no Google e ainda ajudar a marca a se tornar uma autoridade em seu segmento..

Os blogs são uma excelente ferramenta para gerar resultados para o site do seu negócio. Com eles, a empresa consegue entender as necessidades do seus clientes, se aproximando ainda mais do seu público-alvo a fim de estreitar o relacionamento e criar um vínculo.

Porém, para que ele tenha potencial para alcançar o sucesso desejado, deve-se antes de qualquer coisa, fazer um bom planejamento e criar conteúdo relevante e de qualidade, direcionados ao seu consumidor.

Para ajudar, separamos 10 tipos de conteúdo que você pode produzir para o Blog da sua empresa. Confira!

10 tipo de conteúdos que podem ser utilizados no Blog da sua empresa

  1. Posts Educativos

Essencial para educar sua audiência sobre o seu segmento, os posts educativos servem para ensinar seu público sobre o mercado em que os seus produtos e serviços estão inseridos.

O objetivo é adaptar e criar conteúdos que ajudem a sanar as dores de cabeça do seu público-alvo, mostrando que você realmente entende sobre o assunto abordado.

2. Notícias

Notícias sobre o mercado em que atua também podem ajudar a  aumentar a audiência do seu blog. O ideal é que esse tipo de conteúdo seja escrito de forma mais objetiva e clara, variando entre 150 e 500 palavras, acompanhadas sempre de uma imagem que auxilia na compreensão.

Mostre que está antenado sobre o mercado profissional, aproveitando o timing para criar conteúdos com base nas informações captadas. É preciso entender que notícias possuem caráter imediatista e prazo de validade, por isso é preciso ser rápido na hora de publicá-la em seu blog.

3. Entrevistas

Esse tipo de conteúdo pode ser incluído em seu blog tanto em formato de texto como em vídeo. Além disso, dependendo de quem for entrevistado, o conteúdo criado pode ser essencial para garantir um bom resultado de tráfego, aumentar a visibilidade e autoridade da página.

Por isso, convide para essa entrevistas pessoas influentes e personalidades que se enquadram dentro do seu segmento para falar sobre algum assunto relacionado ao mercado.

Uma dica é valorizar o entrevistado, fazendo com que ele se sinta importante dentro do conteúdo escrito.

4. Conteúdo de impacto

O conteúdo de impacto é aquele onde você acrescenta algo inspirador, emocionante ou que motive a sua audiência. Escrever algo que toque o leitor de alguma forma, é imprescindível para chamar a sua atenção e fazer com que eles pensem e sintam aquilo.

Uma forma de fazer isso é incluir dentro do conteúdo elaborado histórias que enfatizam suas experiências e que sejam capazes de despertar alguma emoção no público que te acompanha.

5. Conteúdo como fazer (How-to)

Direcionado ao público que não tem muito conhecimento técnico sobre os produtos e serviços abordados em seu blog, o conteúdo como fazer ou How-To serve como um manual escrito.

Mesmo não se aprofundando em  grandes detalhes teóricos, esse tipo de conteúdo tem como objetivo conseguir ensinar de forma simples e objetiva o leitor sobre um determinado assunto.

6. Guias

Já esse tipo de conteúdo aborda de forma completa um determinado assunto. Os guias têm como característica ser um conteúdo mais completo e detalhado, por isso é fundamental escolher um bom tema e quebrá-lo em diversas partes.

Você deve estruturá-lo, seguindo as seguintes perguntas: O que é, quando fazer, porque fazer, como fazer e onde fazer? Esses questionamentos vão servir como um ponto de partida para a elaboração e criação desse tipo de conteúdo mais completos e elaborados.

7. Posts Institucionais

Esse tipo de conteúdo deve ser incluído em seu blog, quando o assunto for realmente importante e relevante aos seus clientes, fornecedores e colaboradores.

Os posts institucionais pode ser uma atualização do seu produto, inclusão de novos serviços em seu catálogo, mudanças importantes em sua empresa ou um comunicado.

Não esqueça que esses posts devem ser feitos somente quando vão fazer alguma diferença para as pessoas envolvidas e sua audiência.

8. Curadoria

Por meio da curadoria, você consegue produzir um texto a partir de outro conteúdo já existente. Sendo assim, é possível que ele seja feito através de uma seleção de notícias sobre o mercado ou pela criação de um post sobre vários matérias que a sua empresa já tenha produzido.

Vale ressaltar que a curadoria não é uma cópia do material selecionado. é preciso ter cuidado e recriar um conteúdo com base na matéria escolhida e dar o crédito ao autor caso necessário.  Além disso, é recomendado que sejam feitas as linkagens, citações e sejam colocadas as imagens relacionadas.

9. Opinião

Para você que quer construir uma imagem e virar referência dentro do mercado, o ideal é criar conteúdos opinativos. Com isso, será possível educar, disponibilizar informações e dicas práticas ao seu público.

Porém, quando for elaborar esses conteúdos, é preciso que ele seja embasado apenas em argumentos sólidos, a fim de comprovar o tema abordado e convencer a sua audiência. Não basta, dar a sua opinião e não saber do que está falando.

10. Vídeos

Um dos tipos de conteúdo mais utilizados nos últimos tempos, os vídeos são uma ótima forma de transmitir seus textos em seu blog. Ainda mais se ele for bem elaborado, uma boa estratégia de vídeo pode aumentar a compreensão da sua audiência em 74%, segundo a Video Brewery, empresa de de vídeos online.

Isso se deve, pois muitos dos usuários preferem muito mais vídeos do que textos. Mas, é preciso que ele seja bem elaborado e diversificado, a fim de agradar e chamar a atenção do seu público e ajudar no SEO da sua página.

Você também, pode criar conteúdos e incluir o texto como uma forma de complementar o seu artigo e deixá-lo ainda melhor e mais elaborado.

Comment

Bibiana Riedhorst

Formada em Jornalismo, especialista em Comunicação Empresarial, atua há mais de 20 anos no segmento de Assessoria de Imprensa e Relações Públicas. Desde 2008, trabalha com mídias sociais para marcas, como AlphaGraphics, Fast Frame Molduras, Assist Card, etc. Além de comandar a PR Digital, Bibiana é mãe de três e compartilha suas memórias no Instagram pelo perfil @maedenegocios!

Como começar a anunciar nas redes sociais?

como_comecar_anunciar_redes_sociais

Você quer anunciar nas redes sociais e não sabe por onde começar? Nesse post eu vou te ajudar a entender um pouco de como funcionam os anúncios em cada uma delas. As principais redes hoje sabem do poder que têm nas mãos e tentam unir o útil ao agradável: rentabilizar em cima de sua base e gerar retorno às empresas que querem extrair mais do canal.

Facebook

Hoje é considerada a maior rede social do mundo. Os números ultrapassam os 1,23 bilhões de usuários no mundo com 61,2 milhões no Brasil. Você pode fazer direto pelo Gerenciador de Anúncios. Com valor acima de R$30 é possível ter a ajuda de um consultor do Facebook.

LinkedIn

A rede social é excelente por conhecer muito bem o perfil profissional de cada usuário. Basicamente o LinkedIn tem acesso a informações como cargo, empresa (tamanho, segmento, etc), experiência na função, escolaridade, etc. Dessa forma, é possível segmentar bem e encontrar perfis muito qualificados que dificilmente seriam encontrados com essa precisão em outros canais. Por isso é ótimo para atrair visitantes qualificados e gerar Leads.

Para anunciar você precisa de uma Company Page. O processo de gerar anúncios é no modelo self-service onde você mesmo pode criar. Ao gerar seu anúncio faça testes: crie com imagens e textos diferentes e veja qual funciona melhor.

Instagram

A rede social hoje possui mais de 300 milhões de usuários. O Brasil está entre os 5 países que mais usam o Instagram. Nele, todos os conteúdos pagos serão marcados com o rótulo “Patrocinado” acima da imagem. Os anúncios estão em fase experimental. Algumas agências já estão em fase de testes. Antes de inserir anúncios para todos os públicos, o Instagram está estudando os tipos de formatos a fim de garantir a melhor experiência para parceiros e usuários.

Twitter

Hoje a rede social possui 200 milhões de usuários onde a média de tweets por dia é de 400 milhões. Uma rede com muitos influenciadores e onde 60% dos usuários acessam via celulares.

No momento, os anúncios do Twitter no Brasil estão disponíveis somente via contato direto e contas maiores.

Youtube

A maior rede de vídeos do mundo é considerada também a segunda opção como mecanismo de buscas de informações, ficando atrás apenas do Google. Hoje o Youtube já ultrapassou a marca de 1 bilhão de usuários com mais de 48h de conteúdos novos por minuto. Anúncios em vídeo do YouTube são vinculados ao Google AdWords. Depois de criar uma conta, onde você vai gerenciar seus anúncios e ver resultados.

Lembre-se sempre, o mais importante é você definir a rede social de acordo com o seu orçamento para o canal que tem mais afinidade,  e atingir seus objetivos no marketing digital!

Ficou com alguma dúvida? Então deixe seu comentário!

Quais as vantagens da minha empresa ter um blog?

Facebook para Negócios (7) cópiaCom o ápice que vem ocorrendo na internet nos últimos anos, os blogs passam a estar presentes em praticamente todas as empresas, de pequeno, médio e grande porte, o que vem se tornando cada vez mais um diferencial importante no mundo corporativo e do marketing digital.

Possuir uma plataforma com conteúdo relevante e com credibilidade vem provando a cada dia mais o quanto pode ajudar no sucesso do seu negócio. Listamos aqui, quais as principais vantagens da sua empresa ter um blog:

Conteúdo Atualizado: muitas empresas pecam nesse aspecto, fazendo um blog que permanece sem atualização por muito tempo. Aproveite essa grande oportunidade, e atualize- o sempre, oferecendo conteúdo de qualidade, melhorando a taxa de atualização e consequentemente o SEO.

Comunicação direta: alguns posts podem ser feitos para expor um pouco mais as ideias da empresa, eventos realizados, fotos dos eventos, cursos de especialização, uma entrevista com o gerente falando sobre a empresa no geral ou algum conteúdo relevante sobre a área que atua.

Opinião: ter um blog lhe oferece a oportunidade de ter diálogos, conversas e coletar opiniões dos clientes a respeito de assuntos diversos e de seus próprios serviços.

Credibilidade: com um blog bem escrito, com uma boa taxa de atualização, sua empresa passará mais credibilidade aos clientes.

Antecipação: o blog pode ser usado para lançar novidades, dar dicas ou informações sobre novos produtos e serviços oferecidos.

Humanização: com um blog bem escrito, a empresa não parecerá tão distante da realidade, ou seja, ela terá um contato melhor com seus clientes, e consequentemente uma “face humana”, o que faz toda a diferença!

Ficou com alguma dúvida? Então deixe seu comentário!

Dicas para criar um blog corporativo

Seguem 5 dicas para criar um blog corporativo bem-sucedido em seu mercado:

 

  • Tenha um propósito: antes de começar o seu blog, defina qual será o propósito dele. Qual será o objetivo desse blog? Quero compartilhar informações com determinado público? Quero mostrar que os especialistas da minha empresa são bons no que fazem? Ao responder essas questões, você já terá uma idéia do propósito do seu blog. Você pode escrever sobre qualquer assunto, mas será que escrever sobre qualquer assunto vai beneficiar sua empresa? Por isso, escolha um tema no qual sua empresa é especialista. Pense no blog como um veículo de comunicação segmentado, escrito para determinado nicho de pessoas.
    • Atualização constante: quanto tempo você poderá se dedicar ao blog? Quem são as pessoas da sua empresa que irão escrever para o blog? Pense nisso antes de lançar seu blog, pois é muito comum começar um blog por empolgação e, depois de um tempo, abandoná-lo por não conseguir mantê-lo atualizado. Para que isso não aconteça com você, peça a colaboração de alguns especialistas da sua empresa e forme uma equipe de autores para o blog. Desta forma, sempre haverá alguém para postar, pelo menos, um novo artigo por semana.
    • Conteúdo relevante: há vários tipos de conteúdo em blogs. Você pode fazer comentários interessantes sobre notícias publicadas na mídia tradicional sobre seu setor, vídeos disponíveis no You Tube ou apresentações postadas no SlideShare. Nesses casos, você deve citar a fonte e incluir um link para a notícia original. Você também pode escrever artigos sobre eventos ou seminários que você participou. Desta forma, você estará compartilhando conhecimento sua área de informação com as pessoas que não puderam participar do evento. Outro conteúdo interessante para seu blog são artigos com dicas e informações sobre sua área de atuação. Seja qual for o conteúdo que você escolher para seu blog, escreva sobre algo que você realmente goste.
    • Link para outros blogs: os links são muito importantes na blogosfera. Ao fazer um link, você oferece ao seu leitor dicas de sites ou blogs que também podem interessar a ele e ainda ganha mais credibilidade com seu público. Além disso, os links ajudam você a divulgar o seu blog, já que o blogueiro que for lincado vai ficar sabendo da sua existência.
    • Relacionamentos com outros blogueiros: uma forma das pessoas descobrirem outro blog é por meio dos links em comentários. Por isso, faça comentários em blogs que tratam do mesmo assunto que seu blog e começe a criar relacionamentos com outros blogueiros.

    Quem quiser compartilhar mais algumas dicas para um blog bem-sucedido, envie um comentário pra gente.