5 maneiras de ajudar sua empresa a crescer (mesmo sem ter uma grande verba de marketing)

5maneirasdeajudarsuaempresaacrescer.jpg

Qual empreendedor não quer que sua empresa cresça e alcance o tão sonhado sucesso, não é mesmo?

Claro que muitas delas conseguem isso com maior facilidade, pois tem uma boa verba para investir em marketing e contratar bons profissionais para ajudar na divulgação. No entanto, mesmo que você não possua uma grande verba para seu negócio, sempre é possível se destacar em seu segmento sem gastar muito. Confira nossas dicas!

5 maneiras de ajudar sua empresa crescer

  1. Invista nas redes sociais

Para quem não tem uma grande verba para investir em marketing uma ótima alternativa é focar nas redes sociais. Com a grande capacidade de direcionamento de suas ações para o seu público-alvo, as redes sociais podem ajudar muito sua divulgação e ainda atrair diretamente seus clientes potenciais.

Esses canais proporcionam uma série de possibilidades para quem tem o objetivo de crescer e alcançar seu público de maneira realmente eficiente. Vale ressaltar que é muito importante fazer uma análise para encontrar quais as redes sociais ideais e direcionadas para o seu tipo de negócio e fazer uma planejamento estratégico de conteúdo para que suas ações nesses canais deem certo.

2. Estimule sua equipe

Outra forma de fazer o seu negócio crescer é estimulando a sua equipe de vendas. Para isso, você pode implementar premiações e bonificações, a fim de levantar a moral e estimular os seus funcionários. Ou ainda disponibilizar treinamentos e cursos para capacitação de sua equipe, colaborando positivamente tanto no crescimento profissional dessas pessoas como no de sua empresa.

3 Produza conteúdos relevantes

Investir no marketing de conteúdo pode trazer diversas vantagens, tais como educar os usuários, demonstrar a usabilidade de seus produtos e serviços, trazer tendências e gerar maior credibilidade para o seu negócio.

Você pode gerar conteúdos de diversas formar, como por vídeos, textos, podcasts, imagens, entre outros, e ainda publicá-los em vários canais, como dentro de suas redes sociais e/ou blog. Diante de tantos meios de divulgação, vale dedicar o seu tempo para criar um conteúdo que seja realmente relevante, para conseguir gerar valor ao seu público e se destacar.

4. Faça contatos

Para conseguir crescer e se tornar conhecido, é preciso fazer o famoso networking. No mundo dos negócios, ser conhecidos é muito importante para consolidar sua imagem e divulgar a sua empresa de forma orgânica e com pouco investimento.

Entretanto, para fazer esses contatos é preciso frequentar eventos, feiras e cursos de seu segmento, a fim de trocar conhecimento e experiências, que com certeza irão ajudar o seu negócio, dando a oportunidade e fazer o famoso marketing boca a boca. Investir no networking online também é importante. Construa relacionamentos pelas mídias sociais, curtindo e comentando nos posts das pessoas que são importantes para seu negócio.

5. Realize parcerias

Uma ótima maneira para crescer e divulgar o seu negócio sem gastar muito é realizando parcerias com outros negócios que estejam no mesmo segmento e atendam os mesmos clientes que você.

Isso, com certeza, poderá ajudá-lo a alcançar de forma rápida e fácil um público maior, afinal o esforço de marketing vai ser compartilhado entre as duas empresas, reduzindo os custos com esse tipo de estratégia.

Essas foram algumas ideias de como divulgar seu negócio, mesmo sem ter uma grande verba de marketing. E você, tem outras dicas para nós? Comente abaixo!



5 dicas importantes para quem quer abrir seu negócio em 2019

dicasparaabrirnegocio2019.jpg

Tem o sonho de abrir seu negócio? Apesar das várias vantagens de ser um empreendedor, abrir um negócio requer muito planejamento e dedicação para que dê resultados. Pensando nisso, selecionamos algumas dicas essenciais para quem quer começar a empreender ainda neste ano. Confira!

5 Dicas para abrir o seu negócio em 2019

  1. Invista em capacitação e conhecimento

Ao iniciar sua jornada empreendedora, você precisa saber qual será sua atuação dentro do negócio e entender se suas experiências profissionais anteriores estão ligadas ao seu propósito.  

Invista em cursos, treinamentos, ebooks de gestão e marketing (existem vários cursos e materiais online e gratuitos disponíveis atualmente na internet) para entender melhor os problemas que enfrentará no dia a dia e como funciona o marketing hoje em dia. Entenda que a jornada de compra do consumidor atual mudou com a evolução da internet e das redes sociais e que. se você não souber usar esses canais sociais, não terá um negócio sustentável e lucrativo.

2. Elabore um plano de negócio

Outro ponto bastante importante ao abrir um negócio é realizar um plano de negócio para entender a fundo o seu cenário e definir qual será a estrutura operacional da empresa. Crie um plano financeiro detalhado com o total que será investido, capital de giro, custos e previsão de rentabilidade do 1º até o 3º ano do seu negócio.

Além disso, vale criar um plano estratégico de marketing para identificar quem é o seu público-alvo, ter um diagnóstico exato do mercado atual e de seus concorrentes e encontrar ações de venda para os produtos e/ou serviços que serão oferecidos pela sua empresa. 

3. Agregue valor ao seu cliente e encontre seu posicionamento de marca

Para entrar no mercado e se destacar da melhor forma possível é preciso levar em conta a importância de ter um diferencial e agregar valor aos seus potenciais clientes.

Para implementar uma estratégia que seja assertiva e encontrar soluções para alcançar o seu público-alvo, você tem que responder as seguintes perguntas: O que meus clientes precisam? Por que os clientes me dariam preferência? Qual é o meu diferencial? O que eu posso fazer para me destacar dos concorrentes?, Qual é o meu propósito?. Após isso, você conseguirá encontrar um posicionamento que fará com que o seu negócio se diferencie dos demais concorrentes e se torne uma referência em seu segmento.

4 Fortaleça o seu networking

Ao abrir um negócio é preciso praticar o networking e fortalecê-lo da melhor forma possível. Por isso, é de extrema importância estabelecer quem são as pessoas influentes e quais são as principais empresas a procurar nesse começo.

Após isso, com certeza, será possível listar os melhores contatos, colocar seu plano seu plano de ação em prática e organizar-se para que essas pessoas consigam ajudá-lo nessa nova jornada. Comece o relacionamento com essas pessoas chave por meio das redes sociais, curtindo e comentando nos posts delas. Aos poucos, você se aproximará delas e construirá um bom relacionamento.

5 Aposte em sua liderança e não desista

Essa dica é importantíssima para quem está querendo abrir um negócio em 2019. Geralmente quando tempos uma ideia e queremos tirá-la do papel, já imaginamos o negócio funcionando perfeitamente. Contudo, a realidade não é bem essa, uma vez que os processos sempre estarão sujeitos a falhas e ajustes.

Sendo assim, é preciso sempre manter os pés no chão, entender todos os processos da empresa, saber lidar com os possíveis fracassos nesse início de projeto e não desistir diante da primeira barreira que aparecer. Aposte em seu poder de liderança, em seu plano de negócio e em seu autoconhecimento para conseguir alcançar os seus objetivos.

E principalmente, tenha coragem de começar com o que você tem no momento. :)

Precisa de ajuda para começar seu negócio? Mande um e-mail para nós e entenda nossos serviços de marketing digital para empreendedoras: suporte@prdigital.com.br

Como escolher o nome ideal para sua empresa

comoescolheronomedasuaempresa.jpg

A escolha do nome da empresa é uma das etapas mais complicadas e importantes do processo de branding, uma vez que é preciso saber qual o segmento de atuação, nicho no mercado e quem será o seu público-alvo para trazer um direcionamento para esse tipo de definição.

Entretanto para evitar perder tempo ao escolher o nome da sua empresa, é imprescindível pensar em algumas diretrizes importantes:

  • Precisa transmitir a originalidade da marca;

  • Deve construir interesse em seus produtos;

  • Soar de forma atrativa;

  • Ter uma pronúncia fácil e simples;

  • Passar a ideia de um nome de domínio único e memorável.

Para escolher o nome da empresa é preciso muito mais do que criatividade, deve-se pensar na estratégia como um todo para evitar tomar uma decisão equivocada. O empreendedor precisa entender que esse nome é o que identifica o seu serviço ou produto dentro do mercado, sendo ele o principal responsável diferenciar seu negócio dos demais concorrentes.

Para ajudar você a escolher o melhor nome para sua empresa, separamos algumas dicas. Confira!

6 dicas para escolher o nome da sua empresa

1. Crie uma lista com as principais informações do seu negócio

Antes de começar a pensar qual será o nome da sua empresa, é muito importante reunir as principais informações do seu negócio. Para que isso, seja possível você deve ter esses itens bem definidos:

  • Quem é o seu público-alvo;

  • Principais características e perfil do seu público;

  • Produtos e serviços oferecidos;

  • Quem são e quais os nomes dos concorrentes;

  • Diferenciais do seu negócio;

  • Onde pretende chegar e qual o objetivo do seu negócio.

2. Realize um Brainstorm

Após finalizar e obter todas essas respostas, é hora de começar o seu Brandstorm e pensar e ter ideias de nome para o seu empreendimento. Essa técnica é utilizada para desenvolver novas ideias e estimular a criatividade das pessoas envolvidas no processo de criação de nome.

Para que o Brainstorm flua de forma objetivo e simples, deve-se adotar alguns procedimentos essenciais:

  • Coloque no papel todas as ideias de nomes;

  • Deixe toda equipe expor a sua opinião;

  • Torne o ambiente descontraído e confortável durante a reunião.

3. Opte por um nome simples e evite associações inapropriadas

A princípio o ideal é escolher nomes simples e curtos, descartando aqueles mais complexos e que dificultam  e geram confusão em seu público. Claro, que é preciso se diferenciar dos concorrentes e escolher algo que esteja relacionado ao segmento, relevantes e fáceis de memorizar.  Além disso, deve-se realizar uma seleção durante a escolha do nome para evitar associações inapropriadas.

É fundamental se atentar se o nome tem alguma ambiguidade ou até mesmo uma conotação negativa. Isso pode prejudicar extremamente a sua marca, fazendo com que o seu negócio perca toda a credibilidade antes mesmo de iniciar no mercado.

4. Fique atento a pronúncia do nome escolhido

Outro item muito importante e a ser levado em consideração é a pronúncia do nome escolhido, ela precisa ser fácil para não prejudicar a imagem e a formação da identidade do seu negócio no mercado. Escolher nomes muito difíceis, além disso podem causar um desconforto no seu público, por não saber se está pronunciando corretamente o nome da marca.

5. Use a criatividade

Ser criativo na hora de escolher o nome da sua empresa é fundamental para se diferenciar de seus concorrentes. Para que isso seja possível, é preciso soltar a imaginação e criar um nome totalmente inovador e que chame a atenção dos consumidores. Isso fará com que você crie uma identidade única e exclusiva para o seu negócio.

6 Verifique a disponibilidade do nome escolhido

Esse é outro último item é um dos mais importantes após a escolha do nome, é preciso verificar se o nome e o domínio para o site escolhido está disponível. Por isso, sempre tenha mais de uma opção na manga, para evitar desapontamento caso ele já esteja em uso por outra empresa.

Pesquisa o nome no registro INPI (Instituto Nacional de Propriedade Intelectual), órgão responsável pela regularização do registro de marcas e patentes no mercado e nas plataformas de domínio, como o Registro.Br para verificar a disponibilidade. Caso o nome esteja disponível, registra o nome e o domínio o quanto antes para evitar plágio ou cópia da marca.

#ElaéSocial: Manuela Lopes - Blog Simplichique

3C550FB4-874C-4A76-AF1F-97EC31AE4FB8.JPG

Conheça um pouco mais da Manuela Lopes, a arquiteta que está por trás do blog Simplichique.

1.       Quais seus 3 perfis favoritos no Instagram e por quê? 

@abeautifulmess, @hipaholic e @embrajulie. São 3 perfis que possuem feeds bem coloridos e organizados, que me inspiram não apenas a trabalhar no meu próprio perfil, mas também a estimular minha criatividade.

2.       Como você começou o blog/perfil e o que a motivou a começar? 

Criei o blog no final de 2014 para tentar desmistificar o papel elitista do arquiteto, mostrando que é possível decorar sem ter que gastar uma fortuna. Deu tão certo que passei a trabalhar com ele, o que me levou a usar as redes sociais para divulgar esse trabalho. Hoje, meu Instagram é a ferramenta que me permite maior interação com meu público.

3.       Como você construiu sua comunidade atual nas mídias sociais? 

À medida em que eu ia publicando nas redes e divulgando meu trabalho aos poucos, mais e mais pessoas que se identificavam com o que eu postava começaram não apenas a me seguir, mas a interagir comigo e me abordar para tirar dúvidas. Foi tudo orgânico, mas sempre feito de maneira bem leiga. Passei a investir, então, em cursos sobre o assunto - incluindo o workshop sobre mídias sociais da PR Digital -  que me nortearam bastante e me ajudam, até hoje, a trazer excelentes resultados de crescimento da minha audiência.

4.       O que você espera para o Simplichique? 

Que ele se torne uma marca, meu legado. Que as pessoas o associem a decoração prática e descomplicada, afinal, o simples pode ser chique!

5.       Qual sua forma favorita de engajar sua audiência? 

Procuro sempre responder a todos os comentários que recebo, sempre de maneira individual e personalizada; eu não enxergo os perfis nas redes como meros arrobas, mas como pessoas. Então, gosto de dar atenção a todo mundo como se estivesse falando com elas pessoalmente. Sempre que posso, faço lives no Instagram e toda semana, faço transmissões ao vivo no meu canal no YouTube. Isso tem me gerado bastante engajamento nessas redes, e é sempre uma delícia conversar com o público em tempo real. Eu realmente me divirto!

6.       Conforme sua comunidade cresceu, veio alguma dificuldade com esse crescimento? Se sim, qual/quais? 

Sim. Tenho muita dificuldade em gerir tudo praticamente sozinha, porque além da dedicação ao blog e ao canal no YouTube, eu também trabalho como arquiteta e (ainda) não tenho uma grande equipe trabalhando para mim. Minha equipe hoje é meu sócio e produtor, que cuida da parte técnica no Youtube.

7.       Há 5 anos você esperava estar fazendo o que faz hoje? E como as mídias sociais contribuíram para o Simplichique crescer? 

Não esperava de jeito nenhum! Se o Simplichique chegou hoje onde está, boa parte desse processo foi graças à facilidade que as redes sociais permitem em disseminar conteúdo. Quem quer trabalhar na internet hoje, não pode ficar de fora das redes sociais porque corre o risco de não conseguir se aproximar do seu público de maneira eficaz, afinal de contas, é nelas que as pessoas estão - e sem público, é praticamente impossível trabalhar com produção de conteúdo. 

8.       Quais são os apps que não podem faltar no seu celular? 

Não vivo mais sem o Canva, o Bitly e o Google Drive. Todos eles são essenciais para agilizar meu trabalho quando não estou no escritório.