Guia básico para usar o Pinterest para seu negócio

blueworkhome(31).jpg

Lançado em 2010, o Pinterest só começou a ganhar força nos últimos anos, ultrapassando os 70 milhões de inscritos, e se tornou uma das melhores estratégias para levar tráfego para seu blog/site atualmente!

Segundo uma pesquisa realizada pela própria plataforma, metade dos usuários que utilizam o Pinterest concretizam suas compras após ver um pin impulsionado. Além disso, 67% dessas pessoas dizem ter conhecido uma determinada marca por meio do canal.

Uma boa estratégia no Pinterest não só aumenta os acessos do seu site como direciona tráfego para suas outras mídias sociais. Por isso, resolvemos criar esse guia básico para você usar o Pinterest como uma ferramenta para o seu negócio.

Guia básico para usar o Pinterest para o seu negócio

Antes de mais nada vamos entender como o Pinterest funciona.

O Pinterest nada mais é que um mural de inspiração. Os usuários compartilham imagens que podem ser pinadas, ou seja, salvas em diferentes pastas/boards.

Ele é ótimo para organizar ideias e inspirações dentro de um único local, ao invés de ficar baixando referências e lotando o seu computador de imagens. Imagine um quadro de cortiça ou de fotos, em que você coloca suas inspirações. Essa é a ideia que o criador da plataforma Ben Silbermann quis passar com o Pinterest.

Mas vamos ao que interessa. Como usar o Pinterest em seu negócio? Confira um guia básico e bem objetivo.

Crie um perfil de negócios

O primeiro passo, com certeza, é criar uma conta empresarial, afinal ela será muito mais vantajosa que um perfil pessoal. Ao criar essa conta, o seu perfil automaticamente se tornará público, permitindo que pessoas de todo o mundo interajam, conheçam sua marca e vejam as imagens postadas por você.

Para criar sua conta é bem simples, pasta seguir o passo a passo e colocar todas as informações necessárias. Após a verificação que o seu site é realmente confiável, seu perfil estará disponível para que você consiga alcançar os potenciais clientes para o seu negócio.

Adicione o Pin it em seu site

 O botão pin it é uma forma de fazer com que os visitantes do seu site salvem suas fotos e ainda sejam migrados para os seus painéis no Pinterest. Assim você conseguirá divulgar a sua marca para outros diversos membros desse canal, uma vez que ao pinar um conteúdo ele é divulgado automaticamente para todas as pessoas que o seguem na rede.

Para facilitar a configuração e a instalação do botão em seu site, o Pinterest disponibiliza instruções básicas para fazer e ajuda-lo nesse processo.

Acrescente links em suas imagens

Outra parte muito importante ao usar o Pinterest para o seu negócio, é adicionar em seus pins links que direcionem os usuários para seu site, blog, landing page ou redes sociais. Desta forma, você conseguirá gerar um número maior de tráfego em sua página e começar a ser conhecido pelos seus seguidores.

Mantenha o controle total do tráfego de referências e dos leads gerados por meio dessa rede social. Esses dados de ajudarão a entender melhor o quanto o Pinterest está sendo útil para o seu negócio em comparação aos outros canais que está utilizando.

Aposte nos recursos visuais 

Para chamar a atenção dos usuários para o seu negócio ao utilizar o Pinterest, é preciso antes de mais nada é usar e abusar dos recursos visuais, afinal esse é o principal objetivo dessa ferramenta.

É preciso entender que os usuários só interagem com imagens que realmente contenham uma boa produção e que sejam originais e criativas. Por isso, se o seu negócio possui recursos para criar esse tipo de imagem, não economize.

Crie em seu perfil painéis com títulos e imagens que consigam atrair o seu público-alvo e que consiga transmitir a qualidade e eficiência dos produtos e serviços disponibilizados pela sua marca.

Uma ótima ferramenta para criar templates para o Pinterest é o Canva.

Utilize o Rich Pins

O Rich Pins serve para disponibilizar aos usuários informações relevantes e eficazes sobre os pins que são interessantes para essas pessoas. O Pinterest oferece 5 tipos diferentes de rich pins que torna possível adicionar detalhes e informações específicas para seus pins:

1.       Pins de artigos: permite que seja incluído título, autor, descrição e link;

2.       Pins de produtos: permite que seja incluído preço, disponibilidades e informações onde comprar;

3.       Pins de receitas: permite a inclusão de ingredientes, tempo de cozimento e informações de como servir;

4.       Pins de filmes: incluem classificações, elenco e opiniões/críticas;

5.       Pins de lugares: permite que sejam inclusas morada, número de telefone e mapa.

Agora é só definir qual rich pin que incluir, para então adicionar as metatags necessárias ao seu site e validar seu rich pins.

Não esqueça de manter um relacionamento com seus seguidores

Agora é hora de manter um bom relacionamento com seus seguidores e sempre respondê-los quando necessário, para mostrar que está ativo e se preocupa com a opinião deles.

Não esqueça que são essas pessoas que divulgaram sobre o seu negócio, por isso resposta suas dúvidas, questionamentos e interaja com eles de forma educada e cordial.

Esperamos que você tenha gostado de nossas dicas para usar o Pinterest para divulgar seu site/blog. Então, o  que está esperando? Comece agora a pinar!

 

Cópia de pinterest.png

Como usar o Pinterest para levar tráfego para seu blog

pinterestmarketing.jpg

Pouco explorado pelas empresas, profissionais autônomos e empresários, o Pinterest vem crescendo aos poucos aqui no Brasil. Criada em 2010, a rede social conseguiu em 2015 atingir a marca de 100 milhões de usuários ativos por mês e com um crescimento anual de 80%.

Normalmente o Pinterest é utilizado pelas pessoas para pegar referências e dicas por meio de imagens de decoração, culinária e para planejar compras e viagens. Porém, o que poucos sabem é que o Pinterest pode ser o principal de meio de levar o tráfego de seu blog ou site.

Dentro do Pinterest você pode incluir suas próprias imagens como infográficos, fotos e tutoriais sobre os conteúdos disponibilizados em seu blog. Para que você consiga levar tráfego para sua página, separamos abaixo algumas dicas para ajuda-lo nesse processo.

6 dicas como usar o Pinterest para levar tráfego para seu blog

1. Invista em imagens otimizadas para SEO

Para que sua imagem se destaque na rede social, o ideal é que seja implementada uma pequena descrição para que as fotos sejam otimizadas. Use sempre uma linguagem natural e simples para descrever o seu conteúdo e para fazer suas pesquisas.

Outra dica muito importante é não esquecer de acrescentar palavras-chaves em suas descrições, pois só assim os usuários conseguiram te encontrar e serem direcionados ao seu blog.

2. Redirecione os seus usuários para o seu Blog

Um dos principais erros cometidos pelas empresas quanto a utilização do Pinterest é deixar de preencher o Source do pin com o endereço do seu blog para o redirecionamento do usuário para sua página.

Sem essa função você perderá todo o tráfego e as visitas que aquela função poderia trazer para o seu blog. Coloque sempre um lembrete para que na hora que for subir o conteúdo e a imagem você acrescente o pin para que o usuário redirecionado corretamente.  

3. Veja o que os seus seguidores têm a dizer sobre sua marca

O Pinterest disponibiliza uma função onde é possível descobrir quais são os conteúdos postado por você mais pinados pelos usuários. Assim, você saberá o que o público está falando sobre o seu blog e conseguirá fazer mudanças para engajar ainda mais sua página.

Esta, com certeza, é uma forma de ouvir seus usuários e assim conseguir entender quais são os assuntos que mais interessam o seu público-alvo.

4. Faça postagens regularmente

O ideal é postar imagens regularmente em sua conta empresarial, pois o algoritmo do Pinterest leva em conta se você está realmente ativo na rede social. De acordo com uma pesquisa realizada pela Quinty, os usuários do Pinterest fazem cerca de 18 pins por dia, o que torna fundamental colocar sua marca dentro dessa plataforma.

Tente passar diariamente cerca de 10 a 15 minutos desenvolvendo pins e interagindo com os outros usuários presentes do Pinterest, assim você conseguirá levar mais tráfego para seu blog.

4. Incorpore o botão Salvar no seu Blog

Se o seu objetivo é levar tráfego até sua página, o melhor a ser feito é estimular o compartilhamento de seus conteúdos e fotos dentro da rede social. Por isso, é bastante interessante adicionar o botão Salvar em seu Pinterest.

Esse botão ficará do lado esquerdo nas imagens do seu blog e funcionará como um marketing boca a boca. Com certeza, essa é a melhor forma de saber se o seu público está gostando ou não do conteúdo publicado por você.

6. Siga pessoas e marcas influentes no mercado

Para criar maior interação e tráfego, é essencial seguir pessoas e marcas influentes no mercado, e compartilhar os seus conteúdos publicados. Assim, você conseguirá atrair um número maior de usuários interessados no que você está postando em seu Pinterest.

A plataforma possui uma função onde te mostra algumas sugestões de pessoas e marcas semelhantes à sua para você seguir. Uma dica importante é ter uma interação maior com os perfis que você segue para que eles também compartilhem os conteúdos do seu blog.

Dica Importante: Não esqueça de incluir o Pinterest Analytics em sua estratégia, pois essa ferramenta é extremamente importante para você saber se a linha que está seguindo está ou não dando certo. Além disso, ele te dará métricas do alcance e do crescimento da sua página, para que assim você consiga fazer as melhorias necessárias em seu blog e disponibilizar para seus usuários conteúdos relevantes.

Para você que deseja migrar sua conta pessoal para uma conta empresarial, basta acessar o link e clicar em “Convert Now”.

E você, já utiliza o Pinterest para sua marca? Comente abaixo o que acha dessa rede social.

Utilize o Pinterest para aumentar suas vendas

Pinterest para aumentar suas vendasPinterest já mostrou ser muito mais do que uma ferramenta de compartilhamento de imagens. Conhecida por suas famosas wish lists, tem atraído um grande número de seguidores com potencial comercial. Por isso, listei aqui como você pode utilizá-lo para aumentar as suas vendas e o seu marketing digital:

1. Escolha o melhor ângulo: A boa utilização começa pelo site de sua empresa. Atente para as imagens postadas nele. Fotos criativas e de alta qualidade além de atrair usuários motivam o compartilhamento;

2. Lembre-se sempre que marca não é uma pessoa, você deve criar uma página para ela e não um perfil;

3. Explore conteúdos diferenciados: Tente enxergar além do próprio umbigo. Seu perfil não deve conter apenas imagens e murais relativos à sua marca. Siga e compartilhe outros perfis populares de estilo semelhante;

4. Ilustre vantagens: Além de fotografias tradicionais, produza infográficos sobre sua marca. Que tal compartilhar estatísticas de uso dos serviços que você oferece? Você também pode criar gráficos listando vantagens sobre o uso de seu produto;

5. Melhore seu ranqueamento: Para que seu perfil seja facilmente encontrado em sites de buscas, ou na própria pesquisa do Pinterest, é essencial que você cadastre palavras-chave em cada postagem. Estas devem ser totalmente relativas ao seu conteúdo. Além disso, uma boa descrição também complementa a experiência e ajuda na procura do usuário;

6. E por último, atente-se para a ferramenta de métricas disponibilizada pelo Pinterest. Desta maneira, você verifica o número de acessos à sua página, o que vem dando certo, e o que deve ser modificado.

Ficou com alguma dúvida? Então deixe seu comentário!

Tendências de Mídias Sociais para 2013

As tendências de Mídias Sociais para 20132012 foi um ano excelente para o mercado de Mídias Sociais. Os usuários, além de estarem cada vez mais presentes no Facebook, se renderam às redes de imagens como Instagram e Pinterest. E as empresas puderam perceber seu público utilizando  mais esses canais sociais, além de utilizá-los como forma de comunicação.

O ano também foi marcado pelos virais de pessoas desconhecidas se tornando web celebridades como a Luiza do Canadá, o trio do Para Nossa Alegria, Nissim Ourfali e muitos outros. Enfim, não temos mais como negar o quanto as mídias sociais estão presentes no dia a dia de usuários e empresas. Contudo, o que esperar para 2013? O que irá mudar? O que pode vir de novidade? O perfil do público poderá mudar? Ninguém melhor para responder isso do que os profissionais que estão envolvidos diariamente com as principais mídias sociais.

Confira a opinião de alguns profissionais da Big Bang sobre o que poderá ser tendência nas mídias sociais em 2013:

"Para mim 2013 será o ano das redes sociais de imagem. Instagram, Pinterest e outras redes multimídias deverão crescer cada vez mais neste ano. Por conta da imensa quantidade de conteúdo que é compartilhado nas redes sociais, criar conteúdo relevante e envolvente, principalmente visual, vai ser essencial para buscar o engajamento do usuário. Não vai mais adiantar colocar qualquer tipo de conteúdo nos canais sociais  e as marcas vão começar a usar cada vez mais as mídias sociais para produzirem e compartilharem belas fotos ou vídeos. Também acredito no crescimento do e-commerce por meio das mídias sociais. O Facebook deve melhorar cada vez mais o formato para vendas online e esse movimento de social ecommerce deve ir para outras redes."

Bibiana Riedhorst – Diretora Executiva

"Acredito que o impacto das mídias sociais ainda é grande e só tende a aumentar. A grande aposta será no conteúdo feito em imagens e que gerem, além do engajamento, uma maior identificação com o impactado. Da mesma forma, as redes sociais que continuam crescendo e outras que despontaram no mercado serão as apostas nesse meio como o Facebook e o Google+. O Youtube também possui um grande impacto pois deixou de ser apenas um canal de veiculação de vídeos para se tornar um meio onde influenciadores e formadores de opinião têm se expressado e isso se torna uma excelente ferramenta para empresas que desejam fortalecer a sua imagem e atrair novos públicos. O e-commerce tem sido uma das gratas surpresas e há espaço no Brasil para seu crescimento e com a ajuda das redes sociais e das plataformas para mobiles e smartphones, poderemos testemunhar um avanço no mundo dos negócios".

Bruno Arena – Assistente de Mídias Sociais

"O caminho é a convergência cada vez maior. Esse será um ano em que redes específicas como o LinkedIn e  Instagram serão cada vez mais consistentes, por serem redes de finalidades específicas. A imagem ainda terá bastante força junto aos conteúdos. Já os vídeo ainda sofrem dois problemas; a baixa qualidade de internet móvel que temos no Brasil e o tempo de exposição que o espectador precisa para absorver o conteúdo. Para o profissional de mídias sociais as mudanças dos palcos serão constantes. Hoje estamos nos envolvendo cada vez mais com o mobile. Eu acredito que a adequação para esse meio seja obrigatória para o conteúdo. Não há mais porque fazer um conteúdo sem pensar em todas as plataformas que ele vai transitar. A criatividade é o ponto chave. Não será diferente dos anos anteriores, mas como sempre precisamos ter ideias cada vez melhores e estudar o velho e o atual para criar o novo, há sempre essa necessidade nesse setor, a renovação quase que diária das ideias.

Se eu pudesse apostar em algo revolucionário seria a transformação do Facebook, dando a possibilidade de comprar algo pela rede. Essa mudança pode transformar todo o panorama do e-commerce e vir a dividir cada vez mais a preferência do consumidor sobre marcas e formas de compra".

Cassio Martinez – Assistente de Conteúdo

"Concordando com a Bibiana, acredito que as imagens terão ainda mais força esse ano. Imagens mais elaboradas, de fácil entendimento e que se auto explicam, sem depender, necessariamente, de um texto explicativo. O compartilhamento dessas será o objetivo, as pessoas precisarão se identificar e querer compartilhar o que elas representam. As fotos dinâmicas, como no Instagram, também serão uma ótima forma de divulgação. As pessoas gostam de ver o que acontece. E acredito que o Pinterest será utilizado com foco mais profissional, onde as pessoas/empresas postarão tendências de diversos segmentos e com fotos mais profissionais. Também acho que as campanhas online terão ferramentas novas e serão ainda mais focadas num nicho específico, o que trará um retorno mais positivo para os clientes.

Também apostaria no crescimento do acesso às mídias sociais através de dispositivos móveis, já que cada vez mais as pessoas permanecem conectadas por mais tempo em seus smartphones e tablets (tanto que a Tim deu acesso gratuito ao Facebook para quem é usuário de internet via modem). Por isso o dinamismo é importante, a troca rápida de informações, a praticidade, a objetividade".

Filipe Arantes – Webdesigner

"Acredito que 2013 será o ano da profissionalização das Mídias Sociais, as empresas percebendo os canais como essenciais e profissionais mais especializados e já com uma boa experiência no setor. Acredito que o Facebook continuará crescendo, mas talvez com um pouco menos de intensidade, como foi em 2012. A rede já enxergou seu potencial como ferramenta de publicidade e acredito que a tendência seja investir cada vez mais nisso, mais formatos de anúncios e a concorrência para “aparecer” no feed do usuário cada vez mais acirrada, obrigando os profissionais a investirem em conteúdo relevante e exclusivo. Acredito também que esse ano será forte para as redes de imagens como Pinterest e Instagram, essa primeira ainda um pouco mais exclusiva, mas crescendo, porém o Instagram se tornando mais popular e utilizado pelos mais variados públicos e pelas marcas também. Ainda aposto em um crescimento do Google+, mas sem apresentar riscos para o Facebook por enquanto.

Acho que o Twitter tende a voltar um pouco à suas origens, ou seja, apesar de diminuir o número de usuários, o pessoal que entrou para postar qualquer coisa, empresas que apostaram apenas em ofertas irão sair e ficarão apenas os usuários mais relevantes, que realmente utilizam a rede como fonte de informações. Também poderemos prestar um pouco mais de atenção no Linked in se posicionando como plataforma essencial pra negócios e carreira e nas novas redes surgindo como o Branch, por exemplo".

Laís Maciel – Gerente de Planejamento e Conteúdo

"Acredito que em 2013 a importância das redes sociais ficará ainda mais notável, muitas empresas deixarão de encará-las como um modo de divulgação e relacionamento independente, e vão começar a integrar algumas de suas estratégias online com suas estratégias offline, prática essa que já se iniciou e já está cheia de exemplos por aí. O mercado de mídias sociais também crescerá bastante, e junto a isso a competividade de profissionais e marcas que visam presença na web resultará em ótimos cases e ideias brilhantes.

Além disso, as marcas e empresas começarão a investir em novas redes sociais que ainda foram pouco exploradas, principalmente aquelas que oferecem ferramentas que permitam o uso de vídeos e imagens, vão explorar cada vez mais o mundo mobile, seja através de aplicativos ou programas inovadores, e investirão cada vez mais nos formadores de opinião, já que uma das principais características das redes sociais são a propagação de informação".

Mariane Sanefugi – Assistente de Atendimento e Coordenação

E para vocês, quais serão as tendências para as Mídias Sociais em 2013?

Pinterest para empresas

Pinterest_WeddingBoard.jpg

Pinterest para negóciosCriado em 2010, o Pinterest é uma rede social baseada no compartilhamento de imagens. As fotos publicadas no site são agrupadas em murais temáticos (“boards”), listados na página inicial de cada perfil. Os usuários da rede social podem optar entre seguir um perfil completo ou acompanhar apenas as postagens de um mural específico, além de curtir, comentar ou compartilhar (“repin”) as imagens, salvando suas favoritas em seus próprios perfis e disseminando esse conteúdo pela web.

Apesar de apresentar números modestos diante de outras redes sociais mais populares, como Twitter e Facebook, o crescimento rápido do Pinterest faz dele uma aposta interessante, em especial para aqueles que têm o público feminino como alvo de seus negócios. Segundo uma pesquisa da comScore, divulgada em  junho de 2012, o Brasil tem o maior número de usuários na América Latina (27,8%), que ficam em média 9 minutos no site. As mulheres, em especial, são maioria, liderando em visitas únicas (57,2%), número de perfis (62,5%) e tempo gasto (65,2%).

E como a sua empresa pode aproveitar o Pinterest para movimentar seus negócios?

Algumas marcas têm gerado verdadeiros cases, criando jogos que desafiam os usuários a localizar imagens específicas em seus sites oficiais, por exemplo, mas não precisa ser tão complexo. Mesmo pequenas empresas podem se beneficiar da rede social para divulgar seus produtos e serviços, criando portfólios on-line.

A verdade é que boa parte dos usuários busca por inspiração no Pinterest, seja para decorar a casa, organizar a festa de casamento, planejar uma viagem dos sonhos ou preparar novas receitas. Crie murais específicos que mostrem como sua empresa pode ajudar a despertar novas ideias e, principalmente, concretizar esses planos. Apesar das compras não poderem ser efetuadas diretamente na rede social, todas as imagens são salvas com o link original de onde foram tiradas. Dessa forma, você pode redirecioná-las para o seu site ou loja virtual, onde poderá fazer a oferta ou oferecer meios de contato para potenciais consumidores. É possível também mostrar aos seus seguidores conteúdos que inspiram o seu negócio e que estejam relacionados à missão, à visão e aos valores da sua empresa.

Se você ainda tem dúvidas se deve ou não aderir a essa rede social, entre em contato com a Big Bang. Nossa equipe poderá ajudá-lo a traçar a melhor estratégia para a sua marca se destacar no Pinterest e em outras mídias sociais.

Tem alguma dúvida sobre como usar o Pinterest em seus negócios? Deixe seu comentário!